Conhecendo Web Services

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (5)  (0)

Os Web Services permitem a integração entre sistemas e aplicações. Assim novas aplicações podem interagir com as já existentes e os sistemas serão compatíveis com diferentes plataformas.

Neste artigo falaremos sobre Web Services. Sabemos que grandes empresas, como Microsoft e IBM, estão fazendo um alto investimento nesta tecnologia, isto certamente indica para nós programadores que devemos estar ciente sobre o assunto.

Introdução aos Web Services

Os Web Services permitem a integração entre sistemas e compatibilidade de aplicações. Assim novas aplicações podem interagir eficientemente com aquelas que já existem e que sistemas desenvolvidos em plataformas diferentes sejam compatíveis.

Os Web Services usam os protocolos padrões, como HTTP, XML, e SOAP (Simple Object Access). Salientamos que o SOAP está sendo aceito cada vez mais como o padrão básico para troca de informações utilizando a internet.

Com a utilização destes protocolos e pela publicação de Web Services na internet, qualquer aplicativo utilizando os mesmos padrões poderá trocar informações, ou então qualquer ambiente operacional que se comunique por meio deles. Observamos assim como a interoperabilidade é bastante forte em Web Services.

Umas das grandes vantagens dos Web Services é que não precisa-se saber nada sobre a plataforma que o está disponibilizando, ou qual a linguagem de programação que ele foi escrito.

Porém existe um requisito para usar Web Services que é saber como enviar e receber mensagens nos protocolos utilizados por ele.

Exemplificando uma exceção

Para termos uma primeira idéia de como podemos tratar uma possível exceção, exemplificamos uma das exceções mais comuns que ocorrem.

Utilizando Web Services

A criação de Web Services é simples, o que precisamos é criar o nosso serviço e então salvar com a extenção .asmx onde existe uma classe que recebe os serviços requisitados, trata-se da classe WebServicesHandlerFactory encontrada em System.Web.services.

O grande responsável pela exposição das regras de utilização do Web Service é o SDL (Services Description Language). Ele proporciona uma interface em XML para descrever funcionalidades do Web Service, além de parâmetros esperado por ele ou então o seu retorno de informações.

Os Web Services assim entendem e descrevem com a utilização do XML no SDL, permitindo que qualquer aplicativo na internet que chame o serviço por meio de seu contrato, e conhecendo os seus métodos, possa obter um retorno esperado da informação.

Criando Web Services

Para entendermos melhor como funcionam os Web Services, vamos criar um Web Service utilizando C# e depois publicaremos este Web Service na internet.

O nosso exemplo será bem simples, ele obterá dois números como parâmetro e fará uma soma, retornando seu resultado em XML. Para publicar o Web Service você terá que ter algum site disponível e fazer o teste.

<%@ WebService language=”C#” class=”Soma” %>

using System.Xml.Serialization;

using System.Web.Services;

using System.Diagnostics;

class Soma {

         [WebMethod()]

         public int Somar(int x, int y) {

            return x+y;

         }

}

Listagem 01. Criando um Web Service

Após isso publique o Web Service em algum site e acesse o link do site com nome_do_web_service.asmx e repare na primeira tela contendo informações sobre o serviço que publicamos. Após isso clique no link somar e passe os parâmetros corretos pra a utilização do Web Service corretamente.

Segurança com Web Services

Todos sabemos que quase todos, senão todos, programadores se preocupam com questões de segurança. Mas os Web Services são muito seguros, pois suas configurações são feitas por meio da utilização de protocolos muito seguros, como http, SSL3, e principalmente pela utilização de criptografia, como já fazem bastante na internet, principalmente em site de vendas e que usam formas de pagamento que exigem muita segurança.

Conclusão

No artigo de hoje você aprendeu ou revisou conceitos sobre Web Services, que tem a sua devida importância hoje sendo utilizado por grandes empresas que tem investido fortemente em Web Services.

Depois deste pontapé inicial sobre Web Services você poderá se aprofundar mais ainda, não deixe de procurar sobre o assunto. Se for da necessidade dos programadores atenderem a pedidos para aprofundamento neste quesito, pois ainda tem bastante a se falar sobre o assunto, por isso não deixe de pesquisar mais.

Continuem enviando suas sugestões de artigos, sempre tenho salientado que isso é importante para sabermos o que os leitores querem se aprofundar, ou então aprender determinados pontos do C Sharp. Agradeço novamente aos visitantes pelos pedidos e até a próxima.

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?