ORM : Object Relational Mapper

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (8)  (1)

ORM ou mapeador objeto relaciona, é um tipo de ferramenta muito utilizada hoje em dia, com o propósito de unir o mundo orietado a objetos e o mundo relacional.

ORM (Object Relational Mapper) é uma técnica de mapeamento objeto relacional que permite fazer uma relação dos objetos com os dados que os mesmos representam. Ultimamente tem sido muito utilizada e vem crescendo bastante nos últimos anos.

Este crescimento tem se dado principalmente pelo fato de muitos desenvolvedores não se sentirem a vontade em escrever código SQL e pela produtividade que esta técnica nos proporciona. Existem ótimos ORM´s como Hibernate, NHibernate, Entity Framework e etc.

ORM

Figura 1. ORM

Tudo começa como mostrado na Figura 1. Existem dois mundos: o relacional e o orientado a objetos.

No mundo relacional prevalecem princípios matemáticos com a finalidade de armazenar e gerenciar corretamente os dados, de forma segura e se trabalha com a linguagem SQL que é utilizada para dizer o banco de dados “O QUE?” fazer e não como fazer.

Já no mundo orientado a objetos trabalhamos com classes e métodos, ou seja, trabalhamos fundamentados na engenharia de software e seus princípios que nos dizem “COMO” fazer. O ORM é justamente, a ponte entre estes dois mundos, ou seja, é ele quem vai permitir que você armazene os seus objetos no banco de dados.

Para isto precisamos fazer um mapeamento dos seus objetos para as tabelas do banco de dados.

Como o ORM trabalha

Figura 2. Como o ORM trabalha

A Figura 2 nos traz uma ideia de como o ORM trabalha. Ele faz o mapeamento da sua classe para o banco de dados e cada ORM tem suas particularidades para gerar o SQL referente a inserção do objeto que corresponde a uma tabela no banco de dados e realizar a operação. Utilizando um ORM, também se ganha produtividade, pois deixa-se de escrever os comando SQL para deixar que o próprio ORM, faça isto por você.

Bom pessoal, chegamos ao fim deste nosso artigo. Espero ter ajudado e contribuído de alguma forma para o crescimento profissional de cada leitor. Um abraço e até a próxima.

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?