Delphi morreu?

07/03/2013

14

Pessoal, há tempos eu não vejo ninguém falar que o Delphi está morrendo, será que realmente este 'POVO' entendeu que o Delphi nunca morrerá?

O que vc's acham? Ou eu sou tão apaixonado assim por Delphi que não vejo que ele está morrendo?

Só sei o seguinte, quanto mais pessoas pensarem que o Delphi está morrendo, mais dinheiro vamos ganhar com consultoria, afinal vai todo mundo pra java ou .net.... rsrsrs


Um abraço!

Responder

Post mais votado

19/02/2016

Tem muito turista por aqui, que tem o trabalho de se cadastrar no site, apenas para posar de sabe-tudo !
Responder

Mais Posts

07/03/2013

Marcio

Sim, é verdade, todos acertaram, o delphi morreu,
agora ele está no 'paraiso'!!! está em boa parte das
empresas e até hoje é uma linguagem que está fortemente
no mercado e não é a toa...
Na última empresa que trabalhei há uns 5 meses atrás está
usando delphi 5 numa boa...

é isso ai...


falow!
Responder
vi o delphi 7 na faculdade na epoca existia as "novas linguagens" eu pensei, futuramente programador delphi será artigo de luxo, hehehehe

acho dificil o delphi morrer
Responder

07/03/2013

Joel Rodrigues

Ótimo texto o do Marcio. Perfeito.
O Delphi não está morto, nem morrerá. Nem acho que o Delphi irá se comparar, por exemplo, a COBOL. Se irá, não será tão cedo.
Se o Delphi tivesse morrido, por que teríamos o XE3 lançado recentemente? Não seria um investimento perdido?
"Ave Delphi" =)
Responder
É isso ai galera o Delphi jamais vai morrer...
amo tudo que o delphi me proporciona...
Desenvolvendo em XE-3, fantástico!
Responder
pensando em voltar a estudar delphi...hehehehe
Responder
Galera, vlw o Feedback de todos... é engraçado, esta semana mesmo, 4 clientes me ligaram pedindo ajuda. "Wesley, meu programador me largou, será que tem como você me ajudar?" . "Wesley a empresa que cuidava do meu sistema não tem mais pessoal de Delphi, será que tem como ajudar".

Enfim, muito estão indo, poucos estão vindo, mas quem realmente enxerga o potencial do Delphi, dificilmente irá largá-lo 100%!

Forte abraço

Responder

18/03/2013

William

Posso citar vários estados onde o Delphi praticamente domina, entre eles Rio de Janeiro, Santa Catarina (muito forte) e Rio Grande do Sul, mas em São Paulo mais precisamente na região de Sorocaba é muito mas muito fraco mesmo.

Sou apaixonando por Delphi, mas tive que migrar de linguagem por causa da falta de mercado ak. Já desenvolvi vários sistemas em Delphi mas não para São Paulo só para fora do estado.

Em resumo, não acho q o delphi morreu ou caminhe para isso até pq a embarcadeiro vem fazendo um excelente trabalho, mas dependendo da região fica complicado trabalhar com ele.
Responder

18/03/2013

Joel Rodrigues

"A primeira vez a gente nunca esquece". Comecei a estudar programação em Delphi, em aplicações console. Achei ridículo estar estudando aquilo, mas logo me identifiquei e vi o que eu queria fazer profissionalmente: programar. Legal foi que eu comecei com Delphi 2006 e meu primeiro estágio foi com Delphi 7, mesmo assim, achei o 7 espetacular, incrível. Coisa de "menino novo", mas hoje vejo como a ferramenta já evoluiu e vem evoluindo. O Delphi, ou melhor, o RAD Studio está tentando retomar o seu espaço e cabe aos programadores "das antigas" ajudarem nesse processo.
Em breve estarei até tentando uma certificação de Delphi Developer.
Como disse o Wesley, quem acha que o Delphi está morto, continue pensando assim, pois aqueles que o veem vivo vão estar lucrando mais e mais.
Abraço a todos.
Responder
Estou começando no Delphi agora a pouco tempo.
Acho que é uma das melhores formas de programação. E com os Depoimentos acima só me ajuda a me manter mais firme no desenvolvimento.

Abraços a todos Delphimaniacos. rsrsrs
Responder

18/03/2013

Douglas

Eu, continuo ganhando dinheiro com Delphi.
E ainda tem muito pano para manga com ele, pois muita gente
Está abandonando e acaba faltando pessoas para dar suporte.
Responder

19/03/2013

Samuel Silva

Não é fácil falar sobre linguagens, cada um defende seu ponto de vista eu devendo o Delphi. A preocupação que os seus idealizadores e desenvolvedores tem em manter a compatibilidade, não de tudo, mas de quase tudo desde as primeiras versões é algo importante. A Embarcadero chegou e deu up, uma acelerada na adequação do Delphi ao cenário atual. Fato é que antes era complicado você ter um cliente rodando conectado através de um servidor e um banco de dados na web, era lento quase ninguém tinha uma conexão com a internet boa e estável. Hoje a realidade é outra. Talvez tenha sido isso a debandada para outras linguagens, o delphi não conseguir um desempenho tão bom quanto outras linguagens para web. Lembramos que todas tem seus prós e contras. Por exemplo os browsers mudam todo hora e o que funciona bem para um não funciona para outro e no fim e aquela trabalheira danada. Os browsers não tem aquela usabilidade que um programa desktop tem. O Java é free não tem custo com licenças e tem muita mão de obra. Sempre vai ter os evangelizadores discutindo e ninguém vai chegar a um acordo. Acho que o Delphi tem futuro próspero. Tive experiência de trabalhar com um protótipo que já tinha o servidor de aplicação e banco rodando na amazon, com uma estabilidade boa e sem legs. Nossa comunidade é que deve-se valorizar um pouco mais e procurar se reciclar, por que programar não é simplesmente arrastar um botão para o form e sair codificando achando que está tudo certo, que se funcionou assim tanto tempo porque tem de mudar é o velho ditado "TIME QUE GANHA NÃO SE MEXE!". Programar RAD é um grande recurso que a Embarcadero nos proporciona, mas fazer um código bem feito depende de nós. Delphi não morreu, está mais vivo que nunca... hugs comunidade.
Responder

19/03/2013

José Jr

programo a algum tempo, desde do cobol, quando fui forçado a migrar para o clipper e posteriormente para o delphi, foi um pouco difícil vc estar bem em uma linguagem e por limitações tem que migrar para outra linguagem, do jeito que as coisas estão indo temos que ter aplicativos que trabalhem na web, acredito que o delphi esta acompanhado ao mudanças, mais o tempo é quem vai dizer.
Responder
Pessoal concordo com os colegas, o Delphi não morreu, nem morrerá tão cedo, ele vai continuar evoluindo. Uso Delphi desde sua versão 3, antes usei outras linguagens em ambiente MS-DOS, até hoje uso Delphi, estudo outras linguagens por exigências do mercado, mas Delphi é uma paixão, não tem como largar.
Responder
O Delphi pode não ter morrido, mas acho que a galera das antigas daqui se foi....

Cadê Massuda? Cadê Aroldo? Cadê Nildo? Cadê Motta? Cadê Beppe? São tantos.

P.s.: Esse tópico ta em local "estranho" pra mim. Deveria estar aqui "Assuntos de TI em Geral (off-topic)" ou aqui "Botequim do Debug (assuntos não-TI, off-topic)" ou ninguém mais frequenta essas salas?
Responder
O Delphi pode não ter morrido, mas acho que a galera das antigas daqui se foi....

Cadê Massuda? Cadê Aroldo? Cadê Nildo? Cadê Motta? Cadê Beppe? São tantos.

P.s.: Esse tópico ta em local "estranho" pra mim. Deveria estar aqui "Assuntos de TI em Geral (off-topic)" ou aqui "Botequim do Debug (assuntos não-TI, off-topic)" ou ninguém mais frequenta essas salas?


Realmente a galera das antigas sumiu a um bom tempo do fórum.

Zoom
Aroldo Zanela
Massuda
Afarias
Vinicius2K
Adriano Santos
Nildo
Gandalf.nho
Beepe
Dopi Daniel
Marco Salles (ainda vem por aqui)
oTTo
emerson.en (Aparece as vezes)
RJun
Cabelo
Martins (eu)
e outros... A turma que sempre mandava muito bem, pessoal do fórum antigo. Mas nesse novo fórum tem muita gente boa, muitas mentes brilhantes.

Responder
×
+1 DevUP
Acesso diário, +1 DevUP
Parabéns, você está investindo na sua carreira