Série da semana: Primeiros passos no React

Veja mais

Iniciante na programação

01/12/2015

1

Pessoal, boa tarde.
Preciso de uma ajuda de pessoas já na área para que possam me direcionar ao melhor caminho.
Trabalho na área de suporte e redes há mais de 12 anos e infelizmente fui um dos que "deixaram o barco passar" e acabei ficando ultrapassado. Por causa disso sofro para conseguir melhores salários além da área ser muito prostituída e me sinto desmotivado principalmente pelo pouco caso que as empresas dão para esse profissional, e dos próprios usuários que nos tratam como lixo quando td está funcionando e como Deus quando dá alguma coisa errada.

Porém quero "virar o jogo" e entrar numa área que entendo como mais "rentável" e "empregável", que é a área de programação. Muito por insistência da minha mulher, que conseguiu me despertar desse transe e correr atrás do tempo perdido (o que seriam de nós sem elas... rs).

Gosto da área, pelos resultados que ela dá, sabe aquela coisa que nasce e que foi você o responsável por aquilo, como se fosse um filho que vc participa da concepção até a criação e o seu desenvolvimento natural? Vejo essa área mais dessa forma e isso me instiga, me deixa curioso em aprender e me tornar um profissional de respeito. E decidi que neste ano que se inicia eu vou me tornar um desenvolvedor, resta saber em q.

Depois dessa introdução, o que eu precisava da ajuda dos colegas era em qual vertente da programação devo seguir. Eu tenho algumas preferências e particularmente paixões: dispositivos móveis. Gosto tb do mundo da internet, penso em ter blog para disseminação de conteúdo, essas coisas. A questão é a seguinte, será que vale especializar-se nessa área ou tentar algo mais abrangente, como um desenvolvedor web, front end ou back end, desenvolvedor java, .net, sinceramente não sei ainda e tenho muitas dúvidas, pois não sei nada sobre essas áreas, tais como tecnologias empregadas, oportunidades, rentabilidade entre elas, facilidade de aprendizado para um iniciante, etc.

A minha intenção seria em trabalho por conta, até mesmo para ter um portifólio e depois procurar emprego na área, mesmo pq já estou empregado, porém sei que posso ir mais longe, mas já tenho uma certa idade avançada (37 anos) e minha tacada teria que ser certeira! Tenho pouco tempo, minha dedicação seria plena, já vi alguns cursos do devmedia que podem me dar uma base e agradeço toda as opiniões e ajudas que os nobres colegas possam me passar.
Responder

Posts

Olá Rodrigo, seja bem vindo ao forum! Muito interessante o que escreveu, mas queria fazer uma pergunta antes, trabalha como suporte e possui conhecimento em redes, correto? Possui certificações? Não vejo essa área como totalmente prostituida, acredito que toda a T.I possui problemas.

Mas vamos ao que interessa, para seguir para programação, é de fundamental importancia conhecer/estudar: lógica de programação, modelagem de dados, banco de dados e etc, isso é uma base, a partir desses pontos, se quiser conhecer programação para web, estudar html e css, e linguagem de programação para web: PHP e Java.
Responder
Olá Marcelo, boa tarde.
Obrigado pela resposta.

Então trabalho mais com suporte. Conheço redes, um pouco de Windows Server, mas só tenho certificação em desktop do Windows XP, por isso disse que deixei o barco passar.
Eu estou pensando, em vez de buscar mais especializações na minha área, pq não usar o investimento que irei fazer e tentar uma área nova, como te disse, rentável e que abrisse uma porta para uma especie de trabalho complementar primeiramente para adquirir portifólio e experiência e depois dedicação full-time para a área, afinal de contas dizem que falta profissionais qualificados.

Muito obrigado pelo que escreveu, já tenho uma ideia do que devo estudar, inclusive tem um curso aqui mesmo para iniciantes que devo fazer. Mas o que eu queria saber mesmo até pra dar uma tacada certeira, dessas área que mencionei (e se souber outras), qual vocês acham que é melhor seguir, de acordo com o que eu postei (rentabilidade, oportunidades, tempo médio de estudo, etc).

São tantas vertentes que fica difícil seguir um caminho, penso numa coisa pra começar a trabalhar já, mas isso só quem entende e tem vivência de mercado pra me dizer, o que não é o meu caso.
Responder

01/12/2015

Marcos P

Rodrigo,

Entendo, perfeitamente, teu momento e lhe digo algo ( para iniciar ) : não existe milagre !

Não quero lhe desiludir, mas a área de desenvolvimento pode ser tão, ou mais, "massacrante" que a sua atual área, de suporte.

Tenha certeza: assim como existem profissionais que migram de suporte para desenvolvimento, o caminho inverso também é verdadeiro ( e exatamente na mesma proporção ).

Te digo isso, pois percebo a importância da decisão que você está prestes a tomar e o quanto isso pode afetar sua vida !

Nesse momento, acredito que você deva abaixar um pouco seu nível de ansiedade e expectativa... pois o começo não será fácil.

Mas, pela sua idade e vivência, acredito que você tenha maturidade suportar essa transição !

Uma vez tomada a decisão de mudar de área, os pontos que eu me atrevo a comentar são :

> As duas áreas que você se identifica ( dispositivos móveis e internet ), são amplas e suficientemente complexas para lhe ocupar ( tomará ) por anos !
> O desenvolvimento profissional nessas áreas virá naturalmente, acredite... inclusive a questão de tecnologia e mercado, serão "clareadas" a medida que o processo avançar.
> A curva de aprendizado é assustadora no começo, por isso, não tenha pressa !
> Estude, estude, estude e quando estiver cansado de estudar, estude mais um pouco...
> Procure cursos básicos e com enfoque conceitual, pois uma boa base conceitual é a fundação para você evoluir em diferentes tecnologias.
> Foque em conceitos de negócio e lógica de programação. Essas questões não são triviais e serão adquiridas e lapidadas durante toda sua nova caminhada.
> Rentabilidade, é impossível de mensurar nesse momento... depende de muitas variáveis, algumas impossíveis de estimar nesse início !
> Outra palavra que me chamou a atenção no seu texto é "trabalho". Desapegue do modelo de trabalho formal que você está acostumado.
> Seja flexível... pois existem muitas oportunidades e "serviço" para quem tem sangue-frio suficiente para acreditar em si mesmo e botar a cara ( ou outra parte do corpo... ) na janela !
> Quanto ao fato de você ter "pouco tempo"... não exagere ! Você tem uma certa idade, mas muita coisa pela frente ainda... inclusive para se reciclar na própria área que tem atuado nesses últimos anos.
> Depois de estudar tudo que você puder, na área que você escolher, vem o segundo desafio : como aplicar o conhecimento obtido ?
> Nessa fase, adivinhe... tenha calma de novo, pois não será fácil !
> Prospecte seu mercado local. Se ele existir e for alinhado com seu perfil, fica mais fácil conseguir projetos.
> Se seu mercado local for restrito, ou não existir, foque na internet como canal de divulgação de seus serviços, para isso você vai precisar de um portfólio.
> Dois ou três projetos "redondinhos" que você possa apresentar, para quem tiver interesse em contratar teus serviços, de modo a avaliar o grau da qualidade do que você pode entregar.
> Mas como terei os projetos, senão tenho clientes ?
> Essa pergunta é trivial de ser respondida : desenvolva soluções por conta própria ( ou dizendo em outras palavras... invista seu tempo nisso ! ).
> Pode ser qualquer coisa que você julgue relevante na realidade que você está inserido ( por exemplo : se sua cidade for pequena, porque não desenvolver uma solução local de automação de vendas para os comerciantes que eventualmente você já conhece ). Algo sem compromisso, mas que tenha, ao máximo possível, a possibilidade de ser usado na realidade e gerar uma boa impressão naqueles que podem, de verdade, de contratar.

Isso é o que me vem a cabeça em um primeiro momento... resumindo : você vai precisar de tempo e dedicação, sendo que administrar tudo isso na atual conjuntura que vivemos nesse nosso "amado" país, torna-se um belo de um desafio !

Estamos aqui para ajudar no que for possível e se tudo que eu escrevi não lhe dizer muita coisa, toque em frente...

Boa sorte nessa empreitada !
Responder
Caramba Marcão, que aula... rs
Muito obrigado por todas as dicas.
Com relação ao massacre, penso no seguinte, o que vale mais a pena, um massacre numa área que eu vou ficar dependendo de um emprego CLT (quando não é PJ ou os flex da vida) ou um com que eu possa ter meu próprio negócio, mesmo que seja pequeno? Entendo que o começo não será fácil, mas estou disposto a aceitar o desafio que sei que vai ser dureza e tenho apoio da família, e isso é o mais importante para mim.
Eu me identifiquei mais com desenvolvimento mobile e desenvolvimento web (sites para empresas, conheço algumas pessoas que trabalham por conta própria que podem servir como portifólio, meu irmão é um deles). Aliado a isso, uma idéia de ter um sisteminha para uso em lojas por exemplo tb é uma boa. Na verdade tenho algumas idéias que se encaixam perfeitamente num trabalho como free lancer ou até mesmo comercializando uma solução para pequenas lojas ou até mesmo pequenas empresas. Falando sobre isso, minha cabeça fervilha de idéias... rs.

Eu to com um pezinho no desenvovimento web, html, css, android, essas coisas. Desculpe posso estar falando besteira, mas sou leigo e o que eu conheço é oriundo do suporte... rs. Mas será que essa área vale a pena? Pois será meu projeto pessoal por alguns anos, ou melhor tentar algo com mais retorno no mercado, como java, c, php, etc...
Responder

01/12/2015

Marcos P

O que vale a pena... é o que dá dinheiro !
O que dá dinheiro... é o que é bem feito !
E o que é bem feito, normalmente, é aquilo que gostamos de fazer !

Não acredito que ninguém por aqui possa dizer o que é "melhor"... se preocupe em fazer bem feito, o resto acontece !
Responder
Beleza Marcos.
Obrigado a todos pelas respostas. Qualquer dúvida perturbo vocês de novo... rs.
Responder
Eu to com um pezinho no desenvovimento web, html, css, android, essas coisas. Desculpe posso estar falando besteira, mas sou leigo e o que eu conheço é oriundo do suporte... rs. Mas será que essa área vale a pena? Pois será meu projeto pessoal por alguns anos, ou melhor tentar algo com mais retorno no mercado, como java, c, php, etc...


Se dedique! E o sucesso será consequência.

Marcos P, sabias palavras! Concordo em gênero, numero e grau!
Responder

04/12/2015

Janaina Mendes

Já escreveram bastante no post(ótimas ajudas por sinal), o que posso te dizer, foque em alguma tecnologia.
Responder
Olá pessoal, boa tarde.
Decidi pelo desenvolvimento mobile, focando em Android primeiramente e depois expandindo para IOS e Windows phone.
Até mesmo pq percebi que é uma área em que há muita procura de profissionais.

Não sei se é a melhor forma de começar, mas pelo menos já mirei um horizonte e devo segui-lo. Só preciso saber os passos para tal.

Obrigado a todos (as) pelas dicas.
Responder

04/12/2015

Marcos P

Boa sorte Rodrigo !

Toda escolha tomada conscientemente é a escolha certa... vá em frente !!!
Responder