Série da semana: Primeiros passos no React

Veja mais

Qual banco de dados utilizar para trabalhar com multiplataformas?

21/02/2016

3

Bom galera, eu estou criando uma aplicação para gerenciamento financeiro pessoal meu, a ideia inicial era trabalhar com ele apenas no meu notbook, mas agora decidi que vou trabalhar com ele no navegador e também com um aplicativo para android, bom ainda não fiz nada igual e tava pensando em usar o SQL server express ou o MySql, mas ainda estou em dúvidas e não sei qual banco utilizar para isso.

Alguém pode me dar uma luz? me indicar um outro banco de dados ou me dizer se um desses dois suprirão minhas necessidades
Responder

Posts

21/02/2016

William

Cleyton alguns detalhe são necessários saber antes de opinar:

1 - Seu site vai rodar em servidor Apache ou IIS?

2 - Seu aplicativo vai ter banco de dados embarcado ou vai consumir dados via requisição AJAX do site?


Observação: Observe que a maioria dos servidores WEB roda em Apache, mas existem algumas hospedagens que oferecem SQL Server por um valor adicional.
Responder

21/02/2016

Raylan Zibel

PostgreSQL.
Responder

21/02/2016

Marcio Araujo

Se for algo simples como estou imaginando, o MySQL deve resolver.
Responder
Cleyton alguns detalhe são necessários saber antes de opinar:

1 - Seu site vai rodar em servidor Apache ou IIS?

2 - Seu aplicativo vai ter banco de dados embarcado ou vai consumir dados via requisição AJAX do site?


Observação: Observe que a maioria dos servidores WEB roda em Apache, mas existem algumas hospedagens que oferecem SQL Server por um valor adicional.

Então o site vai rodar em servidor apache.
Quanto ao aplicativo não sei exatamente como vou consumir o banco de dados.
Responder
Se for algo simples como estou imaginando, o MySQL deve resolver.

Bem, foi meu primeiro pensamento, mas estou com dificuldades em utilizar na versão 3.x do Python, já que quero utilizar Python pra criar minha aplicação.
Responder
Se for algo simples como estou imaginando, o MySQL deve resolver.

Bem, foi meu primeiro pensamento, mas estou com dificuldades em utilizar na versão 3.x do Python, já que quero utilizar Python pra criar minha aplicação.


Qual o problema em utilizar a versão 3.x?
A maioria das pessoas que vejo utilizando python acabam optando por postgres, mas é apenas por questão de gosto.
Responder
Se for algo simples como estou imaginando, o MySQL deve resolver.

Bem, foi meu primeiro pensamento, mas estou com dificuldades em utilizar na versão 3.x do Python, já que quero utilizar Python pra criar minha aplicação.


Qual o problema em utilizar a versão 3.x?
A maioria das pessoas que vejo utilizando python acabam optando por postgres, mas é apenas por questão de gosto.

O problema é que não encontrei o módulo python-mysqldb compatível com a versão 3.x, na página oficial tem apenas para a versão 2.x

no momento eu estou estudando a biblioteca PyMySQL para se comunicar com o MySql, ainda estudando ela.
Responder

22/02/2016

Marcio Araujo

Se for algo simples como estou imaginando, o MySQL deve resolver.

Bem, foi meu primeiro pensamento, mas estou com dificuldades em utilizar na versão 3.x do Python, já que quero utilizar Python pra criar minha aplicação.


Sei nada de Python, existe problema de comunicação?
Responder

22/02/2016

Joel Rodrigues

Neste caso, sugiro construir a aplicação em 3 partes:
- API REST: para prover os dados via web (através de HTTP);
- Web app: para consumir a API REST como front-end (pode ser só com AngularJS, por exemplo);
- App mobile: para consumir a API REST como front-end (pode ser híbrido ou nativo, à sua escolha).

Nesse formato, o banco não importa para seus front-ends, pois eles só se comunicarão com o serviço, que por sua vez acessará o banco. Aí sim, neste ponto, você deve considerar principalmente o que sua hospedagem irá suportar, pois qualquer SGBD atenderá praticamente da mesma forma.
Responder

22/02/2016

Marcio Araujo

Já fui bastante do conhecimento que possuo. Boa sorte.
Responder
Com relação ao mysql, no site do sqlAlchemy ele indica alguns drivers.

http://docs.sqlalchemy.org/en/improve_toc/dialects/mysql.html
Responder

23/02/2016

William

Neste caso, sugiro construir a aplicação em 3 partes:
- API REST: para prover os dados via web (através de HTTP);
- Web app: para consumir a API REST como front-end (pode ser só com AngularJS, por exemplo);
- App mobile: para consumir a API REST como front-end (pode ser híbrido ou nativo, à sua escolha).

Nesse formato, o banco não importa para seus front-ends, pois eles só se comunicarão com o serviço, que por sua vez acessará o banco. Aí sim, neste ponto, você deve considerar principalmente o que sua hospedagem irá suportar, pois qualquer SGBD atenderá praticamente da mesma forma.


Sempre gostei muito desse tipo de arquitetura que o Joel mencionou, existe uma ferramenta que ajuda muito na construção de APIs em PHP http://swagger.io/, deixa bem separada as camadas.
Responder