Por que eu devo ler este artigo:Este artigo apresenta soluções aplicadas pelas metodologias ágeis para o gerenciamento de projetos ágeis, apresentando as vantagens da utilização dessas soluções e os benefícios obtidos. Também será apresentada a ferramenta Kanbanize, para fazer a gestão das atividades em um projeto ágil. Este artigo é útil para mostrar como as metodologias ágeis e o Kanban são excelentes ferramentas de gestão para projetos ágeis, melhorando o acompanhamento das atividades realizadas, visualizando atividades que estão ocasionando atrasos e buscando soluções para resolver os impedimentos.

As metodologias ágeis rapidamente se popularizaram e passaram a ser amplamente utilizadas pelas equipes de desenvolvimento de software. O seu principal objetivo é acelerar o desenvolvimento do software, tendo como foco a melhoria contínua do processo, permitindo que sejam gerados benefícios como o aumento da comunicação e interação da equipe, melhor organização para alcançar as metas definidas, evitar falhas na elaboração, respostas rápidas às mudanças e aumento significativo da produtividade.

As metodologias ágeis baseiam-se em um conjunto de valores e princípios que são focados em garantir a satisfação do usuário, através de ciclos mais curtos de desenvolvimento, chamados de iterações, e da necessidade de fazer com que todos os envolvidos no processo estejam em constante interação. Dividir o ciclo de desenvolvimento em pequenas iterações garante que ao final de cada ciclo seja possível ter uma aplicação totalmente usável. Por sua vez, a comunicação constante e em tempo real dos envolvidos no projeto diminui os problemas de comunicação e entendimento, ao mesmo tempo em que diminui a necessidade de uma documentação formal e extensiva. A cada ciclo, novos requisitos são atendidos e novas funcionalidades são adicionadas ao software, garantindo que funcionalidades que não tenham nenhum valor ao sistema sejam implementadas.

A necessidade de reagir rapidamente às mudanças e o crescente uso das metodologias ágeis fez com que fossem adotados métodos ágeis de gestão dos projetos. A utilização do gerenciamento ágil para os projetos de software é indicada para projetos que requerem inovação e criatividade, ou que estejam sujeitos a constantes alterações de requisitos. Em muitas situações uma combinação do gerenciamento clássico com o gerenciamento ágil pode ser apropriada para alcançar os resultados de forma mais efetiva.

O gerenciamento ágil busca o desenvolvimento da visão do futuro e da capacidade de exploração, desfazendo-se da postura clássica de gerenciamento, alicerçada em planejamento prévio das ações e das atividades. Assim, o gerenciamento ágil de projetos assume o papel de resposta em âmbito gerencial à necessidade de redução de ciclos de desenvolvimento, implantação de novos produtos e serviços e a necessidade de adaptação a um ambiente de negócio mais dinâmico.

O gerenciamento ágil de projetos possui os seguintes valores:

• Respostas às mudanças são mais importantes do que o surgimento de um plano;

• Entregar produto está acima de entregar documentação;

• Priorizar a colaboração do cliente sobre a negociação de contratos;

• Indivíduos e ferramentas são mais importantes do que os processos e as ferramentas;

Implantar o gerenciamento ágil dos projetos não é uma tarefa fácil, devendo para isso haver uma mudança cultural da organização. A aplicação do gerenciamento ágil pode implicar na abstenção do gerente nas decisões da equipe, ao mesmo tempo em que os membros da equipe assumem uma maior responsabilidade sobre a tomada de decisões.

O gerenciamento ágil de projetos requer o uso de ferramentas que permitam visualizar de forma rápida todas as tarefas que estão sendo executadas, obtendo informações em tempo real. Dentre essas ferramentas está a metodologia Kanban, que será discutida a seguir.

O Kanban

O Kanban é uma metodologia de sinalização, para controle de fluxo de operação aplicada em indústrias. Na área da TI o Kanban acabou se tornando bastante útil, se constituindo numa ferramenta visual de gestão de fluxo de desenvolvimento.

O objetivo principal do Kanban é mostrar de forma visual onde se encontram os gargalos de tarefas complexas, filas, variabilidades e desperdício, ou seja, tudo o que impacta o desempenho da organização em termos de quantidade de trabalho, de valor entregue e tempo de ciclos de entregas. Uma vez que a organização tem o conhecimento de onde se encontram os gargalos que estão atrasando as suas tarefas, está tomará ciência de que o trabalho que está em andamento deve ser configurado de acordo com a sua capacidade de execução do trabalho e seus l ...

Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo