Por que eu devo ler este artigo:Este artigo é útil porque mostra quais são as dificuldades enfrentadas por quem possui algum tipo de deficiência visual e trabalha com banco de dados.

A partir da análise dos principais recursos de acessibilidade de ferramentas de administração de banco de dados comuns, nota-se que os recursos existentes são, no mínimo, insuficientes para se obter produtividade quando o profissional possui algum tipo limitação visual.

Com a discussão desse tópico, pode-se compreender os desafios encontrados por quem não enxerga os elementos da interface das ferramentas, evidenciando e incentivando a necessidade de implementação de recursos para que qualquer pessoa consiga utilizar softwares de desenvolvimento.

Os profissionais que trabalham com desenvolvimento estão acostumados a utilizar diversas ferramentas para conseguir realizar seu trabalho. A interação com esses recursos é realizada através de diversos elementos visuais da interface, incluindo botões, grids, menus, textos, campos e outros, que apresentam informações necessárias para a realização das tarefas envolvidas no processo de implementação do software.

Na maioria das vezes, os softwares são utilizados por desenvolvedores que conseguem enxergar todos os elementos visuais da interface. Contudo, cada vez mais portadores de necessidades especiais estão embarcando no mundo do desenvolvimento de software, programação e bancos de dados.

Dentro desse grupo, aqueles que possuem algum tipo de deficiência visual particularmente se deparam com diversos desafios no momento de interagir com as informações visuais necessárias para realizar suas tarefas diárias.

A partir desse cenário, este artigo discutirá a acessibilidade de algumas ferramentas comuns para lidar com banco de dados sob o ponto de vista de quem possui limitações na visão. Além disso, o artigo também comentará até que ponto softwares leitores de tela são úteis para fornecer informações a respeito dos elementos visuais das interfaces textuais e gráficas.

O foco deste artigo é apresentar o nível de acessibilidade de algumas ferramentas para quem trabalha com banco de dados.

A partir dessa análise é possível avaliar as opções existentes para que deficientes visuais realizem seu trabalho e indicar melhorias e alternativas para quem precisa completar tarefas durante o desenvolvimento de software sem conseguir enxergar os elementos visuais com os quais precisa interagir.

Acessibilidade para deficientes visuais

A utilização de computadores por deficientes visuais geralmente é feita por meio de diversas ferramentas de acessibilidade. Dentre as várias opções podemos citar lupas, leitores de tela e dispositivos externos. Os próximos parágrafos descrevem rapidamente essas opções.

Antes de descrever as ferramentas de acessibilidade, no entanto, é importante dizer que cada usuário portador de necessidade especial deve escolher a ferramenta que melhor se adapta à sua condição.

Essa adaptação inclui, muitas vezes, treinamento específico, ajuda de algum colega e também mudança na forma de realizar algumas tarefas e atividades. Portanto, não basta apenas utilizar uma ferramenta de acessibilidade porque ela existe: é preciso avaliar cuidadosamente se com ela é possível efetivamente realizar o trabalho que precisa ser feito considerando as limitações do usuário.

As lupas virtuais, por exemplo, são ferramentas que permitem a magnificação dos elementos da interface, ou seja, ele faz um zoom digital de algum elemento que está embaixo do cursor do mouse. Esse tipo de auxílio é muito importante para quem enxerga parcialmente e precisa de algum recurso para aumentar os elementos da tela.

Neste contexto, muitos portadores de necessidades especiais utilizam dispositivos externos que, quando acoplados a um computador, permitem um nível de interação adequado.

Por exemplo, dispositivos de geração de braille conseguem transformar o que está escrito na tela para a linguagem braille. Esses dispositivos empregam peças mecâ ...

Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo