Esse artigo faz parte da revista Clube Delphi Edição 79. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

>ntoStream, para serialização automática de objetos, em formato XML, de forma a criar um padrão que possibilite a abstração da implementação do processo de serialização e desserialização.

Esse componente somente serializa objetos descendentes da classe TPersistent. Os atributos que se deseja serializar devem estar declarados na seção published da classe, devido a uma limitação dos recursos de reflexão da própria linguagem. Além disso, ele exporta os itens das classes descendentes de TList. Toda classe que se deseja serializar deve estar registrada. Veremos como fazer isso no exemplo mais adiante.

Vantagens de utilização do ntoStream

Como primeiro motivo, podemos citar a facilidade de uso e ganho de produtividade, pois o desenvolvedor não precisa mais se preocupar com a implementação de rotinas específicas para cada uma de suas classes. Além disso, haverá uma padronização no formato em que o objeto é serializado, o que facilita a compreensão por qualquer membro da equipe, antigos ou novos.

O ntoStream possibilita também a redução de erros, pois ele se encarregará de serializar todos os seus objetos da mesma maneira. Garante a interoperabilidade entre aplicações, ou seja, um objeto criado por uma aplicação pode ser utilizado em outra (imagine esse uso em aplicações n Camadas, onde se tem um servidor de aplicação e um client conversando puramente via objetos. Lembre-se que quando utilizamos um ClientDataSet, estamos trabalhando de modo relacional, e não Orientado a Objetos).

Baixando e instalando o componente

Acesse o link www.ntier.com.br/wiki/index.php/NTo:Downloads. Baixe o arquivo NTierObjects.zip, salve-o e descompacte-o em uma pasta qualquer (sugerimos o nome “nTierObjects”). Para instalar, abra o arquivo NTierObjects.dpk que se encontra na pasta dpk/D7 ou dpk/D2006, de acordo com a versão do Delphi utilizada. Compile e instale o pacote. Adicione no path do Delphi o caminho para a pasta \dpk\D2006\dcu ou \dpk\D7\dcu e src.

Exemplo de utilização

Vamos criar um aplicativo para demonstrar a capacidade de serialização e desserialização do ntoStream. Lembre-se, o componente foi desenvolvido inicialmente para trabalhar com o Win32. Assim, crie um novo projeto no Delphi e adicione no formulário, um ntoStream que se encontra na aba NtierObjects. Crie uma nova unit e digite o código da Listagem 1.

 

Listagem 1. Descrição das classes Pessoa, Telefone e Telefones

unit PessoaImpl;

 

interface

 

uses

  SysUtils, Classes, ntoStreamImpl, ClassManagerImpl;

 

type

  TTipoTelefone = (ttCelular, ttFixo);

...

Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo