ição 6. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

wm06_capa.JPG

conjunto, são um ótimo ponto de partida para aqueles que estão começando a dar os passos inicias no desenvolvimento de soluções Java web e, um prato cheio para os desenvolvedores mais experientes: Tomcat, NetBeans e Java (mais especificamente, JSP - Java Server Pages). Para isto, será explicado como:

·       proceder a instalação e configuração do servidor Tomcat;

·       desenvolver uma aplicação web em Java utilizando o NetBeans, e;

·       implantar a aplicação construída no servidor Tomcat.

Instalando e configurando o Tomcat

O Tomcat é um servidor de aplicações Java para web, sendo parte da plataforma J2EE. Ele é desenvolvido como um projeto aberto e é liberado sobre a Apache Software License. É um servidor muito bem conceituado para as tecnologias Java Servlet e JSP.

Antes de darmos início à instalação do nosso servidor Tomcat, devemos definir o ambiente que montaremos e fazer o download dos arquivos necessários para sua configuração. Neste artigo, o ambiente considerado será:

·       Windows XP Service Pack 2;

·       JDK 1.5;

·       NetBeans 4.1;

·       Tomcat 5.5.9.

 

Considerando que já estejamos com o sistema operacional, NetBeans e JDK instalados, deve-se fazer o download do Tomcat 5.5.9 em http://mirrors.uol.com.br/pub/apache/jakarta/tomcat-5/v5.5.9/bin/jakarta-tomcat-5.5.9.exe.

A partir de agora iremos aprender como instalar e configurar o Tomcat para funcionar como servidor stand-alone (isto é, sem necessidade de outros servidores). Para isto, inicie o programa instalador (dando um duplo clique em jakarta-tomcat-5.5.9.exe). O assistente de instalação será iniciado e no diálogo de Boas-vindas, clique no botão Next (ver Figura 1).

 

Figura 1. Iniciando a instalação do Tomcat.

 

Na próxima tela, estando de acordo com os termos da licença do software, clique no botão "I Agree" para prosseguir.

Agora é hora de definir quais componentes serão considerados na instalação do Tomcat. Existem alguns tipos de instalação (Normal, Full, Miminum e Custom) (Figura 2). Escolhemos o tipo Full. Este, além do núcleo essencial (core) do Tomcat, traz consigo toda a documentação e, exemplos de Servlet e JSP. Um outro ponto que merece destaque nesta tela é a presença de uma opção para ativação do Tomcat como serviço toda vez que o Windows for iniciado (sub-opção service da opção Tomcat) (ler Nota 1). Selecionada a opção Full, clique no botão Next para dar prosseguimento à instalação.

 

Figura 2. Definindo os componentes para instalação do Tomcat.

 

Nota 1. Ativação do Tomcat

A instalação do Tomcat 5 sempre cria um serviço do Windows (NT/2000/XP/2003) para o Tomcat. Entretanto, na opção Normal o serviço é instalado com ativação manual. Se você preferir que o serviço do Tomcat seja ativado automaticamente sempre que o Windows for iniciado, basta expandir o componente "Tomcat" e selecionar o componente "Service". Ainda assim, o tipo de inicialização do serviço do Tomcat pode ser facilmente alterado entre Manual ou Automático a qualquer momento após a instalação. Isso pode ser feito de diferentes formas.

Primeiro, dê um clique com o botão direito no ícone de execução do Tomcat e selecione a opção Configure.... Será apresentada a janela da Figura 3. Perceba que o campo Startup Type está configurado para Automatic em decorrência da opção definida durante a instalação. Podemos alterar este campo para Manual ou Disabled. Ainda nesta tela, é possível também interromper, inicializar, pausar e reiniciar o serviço Tomcat.

Segundo, acesse a ferramenta de administração de serviços do Windows seguindo o caminho: Iniciar | Painel de Controle | Ferramentas Administrativas | Serviços. Lá encontraremos o serviço do Tomcat e também poderemos interrompê-lo, inicia-lo e reinicia-lo (ver Figura 4).

 

Figura 3. Configurando a ativação do Tomcat.

 

Figura 4. Configurando a ativação do Tomcat via administração de serviços do Windows.

 

Neste momento será confirmado o local de instalação do software. Defina o local e em seguida clique em "Next" para prosseguir.

Chegamos agora em um ponto interessante da instalação. Poderemos configurar (ver Figura 5):

·       A porta através da qual o Tomcat atenderá às requisições http;

·       O usuário e a senha para se ter acesso à administração do Tomcat.

 

Manteremos a porta padrão 8080 (ler Nota 2) e o usuário admin (ler Nota 3). A senha fica a sua escolha. ...

Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo