Automação de teste de software com QF-Test

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (1)  (0)

Este artigo apresenta como podemos proceder para iniciar a automação de testes de software com a ferramenta QF-Test. Serão identificadas questões que devem ser consideradas para evitarmos problemas no planejamento deste tipo de atividade.

Fique por dentro
Este artigo abordará diretrizes para iniciar automação de testes de software de uma aplicação com a ferramenta QF-Test, levantando questões que deverão ser consideradas para que o planejamento dos testes automáticos seja realizado. Quem não conhece o assunto, acha que automatizar trata-se somente de Record\Play, mas não é tão simples assim como se imagina. Os tópicos abordados são: escolha da ferramenta de teste, planejamento da automação, priorização da automação, utilização de procedures na automação, utilização de variáveis na automação, aplicação de recursos de modo geral do QF-Test na automação e por fim, o acompanhamento do andamento do projeto de automação. Este artigo será útil para quem pretende iniciar automação de testes de uma aplicação. Ele fornece uma base para que isso seja colocado em prática, para que analise todos os pontos necessários buscando informações para planejar e estruturar sua automação.

Sempre que pensamos em automação de testes de uma aplicação, o primeiro questionamento que surge é: qual a melhor ferramenta de automação a utilizar? Essa escolha deverá considerar os custos x benefícios que ela proporcionará para o produto. Existem diversas opções no mercado, open source e share, mas será que uma ferramenta free poderia atender todas minhas necessidades? É importante que se busque informações sobre elas, principalmente para identificar qual é a melhor opção que se adapta à plataforma do software que será automatizado.

A escolha da ferramenta seria o primeiro passo, no entanto, existem outras questões importantes que deverão ser avaliadas antes de colocarmos “a mão na massa”, ou seja, antes de começar de fato automatizar.

Algumas pessoas que não conhecem a fundo esse assunto podem ter a impressão que automação de teste de software se resume simplesmente em executar Record\Play. É preciso levar em consideração muitas questões relevantes para implantação da automação de um sistema, um item de muita relevância é a manutenibilidade, por exemplo. Quais padrões adotar para gravação dos testes de forma a facilitar compreensão do que o teste está fazendo quando for necessária alguma alteração devido à modificação de algum componente de uma tela, alteração de alguma funcionalidade ou até mesmo a quebra do teste quando executado devido à detecção de algum erro inserido no código?

Nesse artigo, essas questões serão comentadas sobre o que devemos avaliar antes de iniciar a automação dos testes de uma aplicação, nesse caso, utilizando a ferramenta QF-Test. Veremos a seguir alguns passos que podemos chamar de boas práticas a adotar-se em automação com QF-Test. Esta é uma ferramenta de automação de software para aplicações Java e web com uma interface gráfica (GUI).

Não entenda esses passos como necessariamente um script a ser seguido à risca. São diretrizes para ajudar no início de uma automação e quem sabe dar ideias para você que já utiliza repensar em algumas questões já implementadas. Ressalta-se que o conceito pode ser aplicado para outras ferramentas, porém é preciso salientar que é possível que nem todos os recursos que serão comentados existam nelas.

para automação de teste de software

1) Escolha da ferramenta para automação

Estudar, pesquisar e analisar informações sobre as ferramentas disponíveis no mercado é de extrem" [...]

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Suporte ao aluno - Deixe a sua dúvida.