Do que se trata o artigo:

Este artigo tem por objetivo fazer uma comparação entre as IDEs NetBeans e Eclipse. A comparação será feita com os principais recursos oferecidos por cada uma delas. A finalidade, portanto, é mostrar ao usuário qual das duas ferramentas se encaixa melhor em seu ambiente, em seu modo de trabalho, e qual delas trará uma melhor produtividade para o desenvolvimento, tendo em vista que muitas vezes a ferramenta que é boa para o desenvolvimento de um projeto pode não ser tão boa assim para outro. Após essa comparação, o usuário terá critérios para escolher qual das IDEs é a mais adequada analisando as diferenças fundamentais entre as duas.

Em que situação o tema é útil:

Para auxiliar desenvolvedores que estejam em dúvida sobre qual IDE utilizar para o desenvolvimento de seu projeto, subsidiando a tomada de decisão com base em uma comparação entre os principais recursos do NetBeans e do Eclipse.

Comparando as IDEs NetBeans e Eclipse:

A IDE é uma ferramenta que reúne recursos para que o desenvolvimento de software fique mais ágil e fácil, possibilitando assim maior produtividade ao desenvolvedor. Duas das IDEs mais conhecidas e utilizadas para o desenvolvimento de aplicações Java são o Eclipse e o NetBeans. Para conhecer uma IDE a fundo leva-se algum tempo, e os desenvolvedores não possuem o hábito de trocar a ferramenta selecionada de maneira frequente e sem ganhos mensuráveis. Sendo assim, este artigo apresenta uma introdução às duas IDEs, expondo as principais características de cada uma, realizando uma comparação entre os principais recursos e propondo uma análise sobre o que cada uma delas tem a oferecer de melhor ao desenvolvedor.
Autores: Everton Coimbra de Araújo e Gabrielle Karine Canalle

Na área de desenvolvimento de software, muitos programadores (principalmente aqueles que iniciam) possuem certo grau de indecisão sobre qual IDE utilizar. A IDE (Integrated Development Environment ou Ambiente Integrado de Desenvolvimento) é um software que reúne ferramentas e recursos que auxiliam a agilizar e facilitar o processo de desenvolvimento. Atualmente, as duas IDEs mais conhecidas e utilizadas para o desenvolvimento de software em Java são o Eclipse e o NetBeans, sendo ótimas opções aos desenvolvedores, que muitas vezes se deparam com a dúvida de qual escolher. Estes dois ambientes possuem código aberto e são gratuitos, podendo ser utilizados para o desenvolvimento de aplicações em outras linguagens, além de Java, podendo também serem executados em diversas plataformas, além do Windows.

Portanto, este artigo busca apresentar ao leitor algumas das vantagens e desvantagens de cada IDE, subsidiando uma análise de qual delas atende melhor as necessidades para cada tipo de projeto. Isto é, ele como objetivo auxiliar na escolha de uma ferramenta que possua mais vantagens para seu projeto, visando, com a escolha da IDE correta, trazer produtividade ao desenvolvimento de software.

Um histórico sobre o Eclipse e o NetBeans

A trajetória do Eclipse teve início em novembro de 2001, quando a IBM fundou o Projeto Eclipse visando criar uma espécie de ferramenta universal, uma IDE aberta e extensível. Nesse mesmo ano, a IBM lançou a primeira versão do Eclipse como open source. Em janeiro de 2004, o Eclipse Consortium, um consórcio não oficial de 50 empresas, organizado também em 2001, fundou a Eclipse Foundation, uma organização sem fins lucrativos que conduz e desenvolve, desde 2004, o Eclipse e produtos relacionados. Com a criação deste consórcio, em junho de 2004, a primeira versão oficial do Eclipse (3.0) foi lançada, e desde então, no final de junho de cada ano, novas versões dos projetos da plataforma Eclipse são apresentadas.

O Eclipse é uma IDE desenvolvida em Java e possibilita integrações com frameworks e plug-ins. Estas integrações podem subsidiar a construção, implantação e gerenciamento de software em todo seu ciclo de vida. O Eclipse também se destaca por possuir características arquiteturais diferenciadas, tendo como exemplo disso o uso do SWT ( ...

Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo