Configurar rede Linux via Terminal (linha de comando)

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (6)  (0)

Como configurar uma rede Linux usando o Terminal (linha de comando)

Olá! Hoje vamos aprender como configurar uma rede Linux via terminal, ou seja, usando linha de comando.

Acesse o terminal: Aplicativos - Acessórios - Terminal

Digite como na imagem abaixo:

Como configurar rede Linux via Terminal

Irá abrir um arquivo de configurações como na imagem, basta apagá-lo e digitá-lo conforme sua necessidade ficando assim:

#####################################################
auto lo
iface lo inet loopback
##NÃO ALTERE AS LINHAS ACIMA - Esses são os endereços de loopback do seu PC

auto eth0
allow-hotplug eth0 
iface eth0 inet dhcp

auto eth1
allow-hotplug eth1
iface eth1 inet static
    address 10.42.43.1
    netmask 255.255.255.0
    network 10.42.43.0
    broadcast 10.42.43.255
#####################################################

Deste modo a primeira placa de rede vai receber o endereço Ip via Servidor DHCP e a segunda vai ficar com Ip estático. Caso queira colocar Ip estático nas duas placas de rede basta deixá-lo assim:

#####################################################
auto lo
iface lo inet loopback
##NÃO ALTERE AS LINHAS ACIMA - Esses são os endereços de loopback do seu PC

auto eth0
allow-hotplug eth0 
iface eth0 inet static
    address 192.168.100.1
    netmask 255.255.255.0
    network 192.168.100.0
    broadcast 192.168.100.255

auto eth1
allow-hotplug eth1
iface eth1 inet static
    address 10.42.43.1
    netmask 255.255.255.0
    network 10.42.43.0
    broadcast 10.42.43.255
####################################################
  • auto eth0: serve para dizer que quando reiniciarmos a rede com o comando /etc/init.d/networking restart, essa interface também será reiniciada.
  • allow-hotplug: reinicia a rede quando o cabo Lan for conectado.
  • iface eth0 inet static : diz que a placa de rede terá um endereço Ip estático.
  • iface eth0 inet dhcp: diz que a placa de rede receberá um endereço Ip via servidor DHCP.

Lembrando que eth0 é a primeira placa de rede com fio, eth1 a segunda placa de rede com fio e wlan0 a primeira placa wireless caso tenha alguma instalada.

Obs1: O arquivo abaixo é ditado automaticamente caso você receba o endereço do servidor DNS por DHCP. Para configurar o nosso servidor DNS edite o seguinte arquivo com o comado:

$sudo gedit /etc/resolv.conf

Ficando o arquivo desta forma:

####################################################
# Generated by NetworkManager
# DNS 1
nameserver 200.204.0.10
#DNS 2
nameserver 200.204.0.138
####################################################

Obs2: O arquivo /etc/network/interfaces diz as configurações gerais de cada interface de rede. Já o arquivo /etc/resolv.conf, diz qual será o nosso servidor DNS. Após editar o arquivo com as suas configurações, salve-o e depois feche. No Terminal reinicie as placas de rede para que as novas configurações entrem em vigor usando o comando:

$sudo /etc/init.d/networking restart

Como configurar rede Linux via Terminal

Para conferir  digite:

$ifconfig

Como configurar rede Linux via Terminal

Verifique no terminal se as configurações estão realmente corretas.

Finalizado o processo!

Obs3: Quando você troca uma placa de rede o Linux poderá automaticamente renomeá-la para (ethX), fazendo com que sua conexão continue sem funcionar, isso acontece porque o Linux identifica a placa de rede pelo seu endereço MAC (que é único). Para alterar o nome da placa de rede basta alterar o seguinte arquivo com o comando:

$sudo gedit /etc/udev/rules.d/70-persistent-net.rules

Obs4: No comando acima onde está o número 70 pode mudar conforme a distribuição Linux. O seguinte arquivo será aberto, bastando ir em NAME e alterar o nome da placa e em seguida salvar.

####################################################
# This file maintains persistent names for network interfaces.
# See udev(7) for syntax.
#
# Entries are automatically added by the 75-persistent-net-generator.rules
# file; however you are also free to add your own entries.

# PCI device 0x13f0:0x0200 (sundance)
SUBSYSTEM=="net", ACTION=="add", DRIVERS=="?*", ATTR{address}=="00:06:4f:4b:8e:1f", ATTR{dev_id}=="0x0", ATTR{type}=="1", KERNEL=="eth*", NAME="eth0"

# PCI device 0x1106:0x3065 (via-rhine)
SUBSYSTEM=="net", ACTION=="add", DRIVERS=="?*", ATTR{address}=="00:11:d8:af:4d:e9", ATTR{dev_id}=="0x0", ATTR{type}=="1", KERNEL=="eth*", NAME="eth1"

# PCI device 0x10ec:0x8185 (rtl8180)
SUBSYSTEM=="net", ACTION=="add", DRIVERS=="?*", ATTR{address}=="00:18:e7:1c:2f:a6", ATTR{dev_id}=="0x0", ATTR{type}=="1", KERNEL=="wlan*", NAME="wlan0"
####################################################

Isso aí pessoal no próximo artigo vou ensinar como compartilhar a conexão de internet através do Terminal. Abraços.

Aprenda ainda mais

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Suporte ao aluno - Deixe a sua dúvida.