[lead]De que se trata o artigo:

Este artigo descreve o projeto de um banco de dados e consultas em SQL para um sistema de controle de estoques para uma loja de informática, apresentando um roteiro de modelagem conceitual usando diagramas UML e em seguida consultas a serem realizadas na linguagem SQL.

Para que serve:

Auxiliaria projetistas de banco de dados que possuem a necessidade de projetar bancos de dados para sistemas de informação usando a linguagem UML e realizar consultas usando a linguagem SQL.

Em que situação o tema é útil:

Banco de dados é um elemento essencial em qualquer sistema orientado a informações. Dessa forma, seu projeto se torna uma atividade essencial para atingir qualidade e sucesso na aplicação a ser desenvolvida. Da mesma forma, suas consultas é que possibilitarão a recuperação dos dados que estão nele contido, e com isso, elas precisam ser construídas de forma estruturada. [/lead]

A construção de sistemas de informação é algo cada vez mais comum, e podemos até dizer que um tanto quanto “velha”, em virtudes das novas tecnologias que surgem a cada momento, possibilitando cada vez mais soluções inovadoras para atender às nossas necessidades como pessoas ou empresas. Apesar dessa necessidade já ser rotineira, percebe-se que as atividades de modelagem continuam sempre com uma importância destacável no contexto do desenvolvimento desses sistemas, pois permitem entendermos o problema antes de construí-lo, minimizando o risco de más interpretações.

Como padrão para a modelagem de sistemas de informação, a UML tem se tornado uma ferramenta cada vez mais difundida em empresas de desenvolvimento de software devido à sua simplicidade para viabilizar a modelagem de tais aplicações, e pelo conjunto de diagramas que nos provê um leque extenso de opções para usarmos de acordo com a nossa necessidade.

Quando passamos da fase de modelagem e chegamos à atividade de construção do banco de dados, percebemos que ao longo dos anos isso se tornou cada vez mais simplificado em virtude das diversas ferramentas que possibilitam a construção de bancos de dados usando interfaces gráficas. No entanto, apesar da ajuda provida pelas ferramentas, um DBA que se preze ainda mantém o orgulho em dominar a linguagem mais tradicional para realizar consultas em banco de dados (a linguagem SQL), extraindo “leite de pedras” quando o assunto é buscar informações espalhadas pelas diversas tabelas que podem compor nosso banco de dados.

Neste artigo, trataremos desses dois tópicos que são essenciais no ciclo de desenvolvimento de um sistema de informação: a sua modelagem inicial (conceitual e lógica) e a realização de consultas em tabelas de banco de dados. O objetivo com o artigo é auxiliarmos na construção de um sistema para uma loja de informática chamada ACDN Info. Para isso, usaremos os diagramas de casos de uso e de classes da UML na fase de modelagem da aplicação, e para realizar as consultas desejadas voltaremos a criar consultas em linguagem SQL sem qualquer apoio ferramental. Espero que vocês aproveitem o que virá pela frente.

[subtitulo]Estudo de Caso da Loja de Informática ACDN [/subtitulo]

O objetivo de nosso estudo de caso é desenvolver um banco de dados para automatizar as funções de compra e venda de produtos de uma loja de informática, que chamaremos de ACDN Info.

A ACDN Info possui como diferencial disponibilizar uma grande variedade de produtos de informática e com um preço sempre abaixo do mercado, o que é possibilitado pelo bom relacionamento com os diversos fornecedores de produto com quem interage. Um facilitador é o grande número de vendedores que trabalham na empresa, sempre incentivados pela direção da ACDN Info. Como contrapartida, a restrição para que esta efetue vendas para clientes é que o pagamento seja realizado sempre via dinheiro, não possibilitando transações com cartões de crédito ou cheque.

Dentre as várias funções a serem almejadas para o novo sistema computacional a ser desenvolvido, podem ser citadas:

• Controle dos vendedores que trabalham na empresa, incluindo seu desempenho com as vendas.

• Controle dos produtos vendidos pela empresa, incluindo a manutenção do estoque a fim de evitar a ausência de produtos importantes.

• Controle dos fornecedores que trabalham com a empresa, incluindo a participação mensal de cada fornecedor.

• Controle das vendas realizadas diariamente.

Algumas consultas que desejam ser realizadas com os dados armazenados no sistema a ser desenvolvido desejam saber:

• Quais foram os 5 produtos mais vendidos no mês. Essa informação é importante para manter sempre estes produtos em estoque e prover alguma estratégia para incrementar ainda mais suas vendas e de outros produtos relacionados.

...
Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo