Por que eu devo ler este artigo:Este tema é útil para analisar o que fazer e o que não fazer ao ser um Product Owner, visando sua produtividade e responsabilidade durante todo o projeto. Muitas vezes esse papel é novo para a pessoa que o está assumindo, o que acarreta em dificuldades no seu dia a dia.

O Scrum é um conjunto disperso de diretrizes que regem o processo de desenvolvimento de um projeto, desde a fase de concepção até a sua conclusão. Esse framework tem por objetivo determinar um processo de desenvolvimento iterativo e incremental, além de ser uma metodologia disciplinada que possibilita o desenvolvimento controlado do sistema. Esta metodologia proporciona ainda uma melhor capacidade de adaptação e uma maior produtividade dos recursos.

No Scrum, destaca-se o papel doProduct Owner, o qual tem atraído muito interesse e controvérsias. Algumas pessoas acreditam que se esteja reformulando o Gerente de Projetos tradicional; outras acham que é um líder dentro da equipe ou que ele pode assumir o papel de Gerente de Projetos; outras pessoas dizem ainda que é um papel de ajudante, não tendo responsabilidades sobre o projeto.

O co-fundador do Scrum, Ken Schwaber, escreveu a seguinte afirmação acerca do Product Owner no Guia Scrum: “O Product Owner é a única pessoa responsável pela gestão do Product Backlog, permitindo estar visível para todos, e visa garantir a importância da equipe” (Edição de Maio de 2009, p. 5). Esta definição parece bastante inofensiva, até se considerar suas implicações. Ela exige que o Product Owner ajude a identificar e descrever os requisitos e garanta que o Product Backlog esteja pronto para a próxima reunião de planejamento da Sprint. Isso também significa que o Product Owner tem que se envolver no planejamento e mapeamento dos requisitos do produto, decidindo o que irá compor a release, fornecendo feedback para a equipe, além de gerenciar clientes, usuários e outras partes interessadas.

As diferentes responsabilidades fazem do Product Owner um papel desafiador e que compartilha algumas tarefas tradicionalmente atribuídas a um profissional de marketing, Gerente de Produto ou Gerente de Projeto. Mas não se engane, por mais tentador que seja, não se deve comparar o Product Owner aos papéis tradicionais. O Product Owner é um papel novo, que tem toda a autoridade perante o projeto, sendo ele o responsável pelo seu sucesso ou fracasso. Tem-se uma dependência da natureza e do tamanho do projeto, da fase do ciclo de vida em que o projeto se encontra, entre outros fatores, ou seja, é completamente mutável. Por exemplo, um Product Owner responsável por um novo projeto constituído de software e hardware deverá ter competências diferentes de alguém que esteja liderando o esforço para melhorar uma aplicação web. De modo semelhante, um Product Owner que trabalha em um projeto Scrum relativamente grande, requer habilidades diferentes das de um Product Owner que colabora com uma equipe de pequeno porte.

...
Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo