De que se trata o artigo

O artigo fará um overview sobre a ferramenta voltada à modelagem de dados da Embarcadero, ER/Studio Data Architect. Da mesma forma, frisa que ela é apenas um dos integrantes do ER/Studio XE2, que é uma solução contendo outras ferramentas voltadas para áreas como modelagem de Softwares e processos de negócios. Tudo isso, com a intenção única de poder prover ao desenvolvedor opções de trabalho para áreas complementares à programação em si. O benefício neste caso em específico fica por conta do fato do produto apresentado ser da mesma fabricante da IDE de desenvolvimento utilizada no dia-a-dia, o Delphi, o que pode facilitar na busca por materiais oficiais ou mesmo em sua aquisição.

Em que situação o tema é útil

O ER/Studio Data Architect torna-se útil a todo profissional envolvido com desenvolvimento de Software que, em sua rotina de trabalho, tenha que manipular bases de dados. A fim de se manter um controle sobre mudanças estruturais e de negócio, o profissional poderá então tirar proveito do ambiente proporcionado pela ferramenta, que é toda baseada em modelos (lógicos e físicos). Por consequência, é estabelecida uma centralização e reaproveitamento de ativos de dados, o que favorece ao desaparecimento de possíveis redundâncias. Em outros casos, consegue-se ainda manter um único modelo lógico que servirá como base para a geração de modelos físicos de bancos de dados diversos.

ER/Studio Data Architect

Diante da realidade no cenário atual da área de desenvolvimento de Software, é possível se afirmar que, especificamente o profissional Delphi, não lida tão somente com o seu IDE de programação em seu cotidiano. Comumente ele se vê também direcionado a outros afazeres tais como levantamento de requisitos, atendimento ao cliente e gerenciamento do banco de dados. Sendo assim, almejando evitar possíveis transtornos e, acima de tudo, tentando agilizar ao máximo tais trabalhos, é interessante tomar conhecimento de técnicas e/ou ferramentas que possam vir a contribuir de alguma forma. Em se tratando especificamente da área banco de dados, vale ressaltar que a mesma fabricante do Delphi possui uma gama extensa de produtos específicos no assunto. Dessa forma, o presente artigo tem o objetivo de fazer a apresentação de um destes, o ER/Studio Data Architect, mostrando um pouco de suas principais características e mencionando sempre sua empregabilidade em exemplos de situações reais.

O ER Studio XE2 é a solução da Embarcadero para se trabalhar com arquitetura e modelagem de aplicações, processos e banco de dados. Ele caracteriza uma família de produtos, sendo composto basicamente pelas ferramentas ER/Studio Data Architect, ER/Studio Business Architect e ER/Studio Software Architect, ER/Studio Portal e ER/Studio Repository, que apesar de independentes, se integram devidamente. Fruto desta integração é o poder de combinar toda a parte de dados, processos de negócios e Design de Software num único contexto, o que irá facilitar a compreensão e a forma de projetar sistemas.

Fazendo um rápido apanhado geral sobre cada uma destas ferramentas, fica nítida a forma com que a funcionalidade de cada uma complementa a outra. Por exemplo, o ER/Studio Data Architect possui um ambiente voltado para o trabalho com modelagem de dados. Ao mesmo tempo em que as informações de metadados destes modelos poderão ser então visualizadas através de outra ferramenta, o ER/Studio Portal (ou simplesmente Portal), que é toda baseada em navegador, funcionando como uma espécie de portal colaborativo. Para a parte de modelagem de negócios e seus processos o produto envolvido é o ER/Studio Business Architect. Enquanto isso, o ER/Studio Software Architect é uma ferramenta para a modelagem de aplicativos orientados a objetos com suporte a UML. Por fim, para gerenciar tudo isso se apresenta o ER/Studio Repository (ou somente Repository), que é um aplicativo de controle de versão que funcionará de repositório principalmente para a parte de modelagem (de dados e de negócio).

A fim de evitar possíveis confusões, vale ressaltar já de início que o ER/Studio em si sofreu algumas mudanças em sua nomenclatura com o passar do tempo. Isto porque, anteriormente, o termo ER/Studio era designado à ferramenta ER/Studio Data Architect, sendo que na versão XE2 ela representa uma família de produtos por completo. Da mesma forma, o que hoje é conhecido como ER/Studio Business Architect, no passado era nomeado EA/Studio.

Modelagem de dados

A modelagem de dados pode ser considerada a primeira etapa em projetos de Softwares que tenham envolvimento com banco de dados. Isto porque, é através dela que se obtém um modelo consistente e que exponha as entidades envolvidas, bem como seus relacionamentos, que juntos irão representar as especificações do negócio propriamente dito. Além disso, uma modelagem de dados bem delineada ajuda na organização e no entendimento das informações (dados), o que acaba por reduzir a complexidade de determinado projeto. Por se tratar de uma parte importante do escopo de um sistema de informação, a modelagem de dados é subdividida em três modelos: modelo conceitual, modelo lógico e modelo físico. Cada qual se distingue mediante a perspectiva que visa atender, indo do nível mais abstrato ao mais específico.

...
Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo