Estrutura de Decisão em C/C++

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (4)  (0)

Nesse artigo estarei abordando sobre a Estrutura de Decisão e sua Aplicação em C e C++.

Estruturas de decisão são utilizado em C/C++ para a verifica um comando e efetuar decisão do mesmo. Esse tipo de Estrutura é utilizada também em linguagens de programações modernas.

Declaração IF

If é uma estrutura de definição que tem o objetivo de testar se a condição passado é verdadeira, caso seja ele entra dentro do bloco de IF, e dentro do bloco de IF caso não seja ele entra dentro do bloco de ELSE onde a decisão é satisfatória.

Sintaxe

if (condição)
{
	Comandos;
} 
else
{
	Comandos;
}

Nessa sintaxe acima mostramos o IF e o ELSE, onde caso a condição seja verdadeira será executado o bloco de comando dentro do IF, caso o contrário executará o ELSE, sendo que o comando ELSE é opcional.

Lembrando também que nunca executará o comando IF e ELSE juntos, devido o que acabei de falar acima.

Exemplo

#include
#include

float main()
{
 int n1, n2, media=0;
 
 printf("Digite a Nota 1: ");
 scanf("%d", &n1);
 
 printf("Digite a Nota 2: ");
 scanf("%d", &n2);
 
 media = (n1 + n2)/2;
 
 if (media >= 6)
 {
     printf("Aluno Aprovado");
 }
 else 
 {
     printf("Aluno Reprovado");
 }

getch();

Declaração SWITCH

SWITCH é uma declaração de múltipla escolha, diferente do if que caso tenha uma lista de escolha a ser montada não fica elegante e dependendo a extensão do programa fica difícil a manutenção.

Sintaxe

Switch (variável)
{
	Case constante1:
	Comandos;
	Break;

Case constante2:
	Comandos;
	Break;

Case constante3:
	Comandos;
	Break;

default
	comandos;
}

Variável: responsável pelo controle de escolhas.

Constante: toda lista de escolha existe numerações para escolhas, no caso são chamadas de constantes.

Break: Comando em C que para a execução do programa gerando um termino.

Default: é executado caso nenhuma constante seja encontrada, não é obrigatório o uso desse comando.

Exemplo

#include
#include

int main()
{
 int opcao, valor;
 
 printf("Converter: \n");
 printf("1: Decimal para Hexadecimal.\n");
 printf("2: Hexadecimal para Decimal.\n");
 printf("\nInforme sua Opcao.\n");
 scanf("%d", &opcao);
 
 switch(opcao)
 {
      case 1:
           printf("\nInforme o valor em decimal: ");
           scanf("%d", &valor);
           printf("%d em hexadecimal e: %x", valor, valor);             
           break;
           
      case 2:
           printf("\nInforme o valor em hexadecimal: ");
           scanf("%x", &valor);
           printf("%x em decimal e: %d", valor, valor);             
           break;
      
      default:
              printf("\nOpcoes invalidas. tente outra vez.");
 } 

getch();
}

Chego ao final do artigo.

Como podem ver a mesma forma que utilizamos no C utilizamos em outras linguagens e as definições são as mesmas, lembrando eu sempre quando for utilizar uma estrutura decisão tem que ser analisado antes, pois caso seja múltipla escolha optem sempre pelo case, por ser mais fácil e também por deixar a programação mais limpa.

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?