Ferramentas de Gestão de Projetos: Redmine vs Visual Studio Team System

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (2)  (0)

Este artigo compara as ferramentas de apoio à gestão de projetos Redmine e Visual Studio Team System. Para a comparação, serão consideradas suas características e os pontos fortes e fracos de cada uma.

Fique por dentro
A gerência de projetos é bastante apoiada pelo uso de ferramentas CASE que auxiliam no planejamento, visualização e acompanhamento das informações do projeto. No entanto, a escolha da ferramenta deve ser feita de forma cuidadosa para atender as reais necessidades da equipe do projeto. Este artigo apresenta uma análise comparativa sobre duas ferramentas que auxiliam no gerenciamento de projetos de software: Redmine e Visual Studio Team System. São abordadas neste trabalho as características de cada ferramenta, bem como seus pontos fortes e fracos, levantando a abrangência nos principais requisitos necessários para auxiliar a gestão de um projeto de software.
Autores: Michel Felipe, Monique Luiza, Amon Veiga, Igor Novais, Carlos Ricardo

A gerência de projeto é uma área que vem sendo bastante cobrada para apoiar o desenvolvimento de produtos com qualidade. A tarefa de gerenciar um projeto é complexa, pois envolve acompanhamento de atividades de diferentes grupos, liderança, verificação de desvios, metas, etc. O gestor deve estar preocupado com a satisfação do cliente, com a motivação da equipe e com o sucesso do projeto.

Com projetos grandes e de gestão mais complexa, a eficácia e a eficiência são cobradas em todas as etapas de desenvolvimento do projeto. Acompanhar o andamento e tomar decisões é uma tarefa difícil e que deve ser imediatista para não implicar em falhas do projeto. Para auxiliar o trabalho de gestão, existem ferramentas CASE direcionadas a prover serviços para melhorar o acompanhamento e visualização das informações do projeto, além de acompanhamento das atividades, horas trabalhadas pelos recursos, estimativa, cumprimento e desvio de prazo, entre outros.

Essas ferramentas CASE (Computer-Aided Software Engineering) servem para apoiar as diversas atividades da engenharia de software como modelagem, gerenciamento, desenvolvimento, testes e algumas auxiliam também a gestão de projetos. A escolha da ferramenta que será usada pela equipe do projeto ou adotada pela empresa deve ser feita de forma cuidadosa para atender as necessidades da equipe. Dependendo da ferramenta, sua aquisição pode onerar o projeto e os benefícios podem não ser compensatórios caso seja mal escolhida.

Neste artigo são descritas com mais detalhes duas ferramentas de apoio à gerência. São elas: Redmine e Visual Studio Team System. Essas duas ferramentas foram escolhidas por terem objetivos parecidos, as duas dão apoio à gestão de projetos possuindo particularidades determinantes para escolha de qual deve ser utilizada em um projeto. Neste artigo iremos descrever boa parte das características dessas ferramentas levantando os pontos positivos e negativos de cada uma.

Visão geral das ferramentas

Redmine

O Redmine é uma ferramenta livre de código aberto, escrito utilizando Ruby on Rails e disponibilizado sob licença GPL. Fornece serviços de apoio a gestão de projetos, pode ser configurado para rodar em várias plataformas e suporta diversos bancos de dados. Suas funcionalidades mais importantes incluem:

○ Suporte a múltiplos projetos permitindo o gerenciamento destes simultaneamente;

○ Controle de acesso baseado em papéis flexíveis;

○ Sistema de rastreamento de falhas flexível;

○ Gráfico de Gantt e calendário do projeto, auxiliando na representação visual dos projetos e seus deadlines (prazos de entrega);

○ Gerenciamento de arquivo, documentos e notícias;

○ Notificações de e-mail e feed;

○ Wiki e fóruns por projeto, úteis para a documentação do projeto;

○ Acompanhamento de tempo;

○ Campos personalizados para questões, entrada de tempo, projetos e usuários;

○ Integração com sistemas de versionamento (SVN, CVS, Git, Mercurial, Bazaar e Darcs), úteis para o acompanhamento da evolução dos artefatos do projeto;

○ Criação de tarefa via e-mail;

○ Suporte para autenticação LDAP;

○ Suporte a registro autônomo de usuário;

○ Suporte a multi-linguagem;

○ Suporte a múltiplas bases de dados.

Através do recurso de planejamento, pode-se obter uma visão das atividades com a quantidade de dias para a finalização, percentual de término do projeto, a quantidade de tarefas concluídas e abertas com seus percentuais e as tarefas relacionadas. Cada projeto no redmine pode conter um repositório de dados, onde todos os documentos são versionados, podendo visualizar cada alteração realizada pelos usuários e com isso pode-se acompanhar a evolução dos artefatos do projeto. A versão do Redmine avaliada neste trabalho foi a 1.2.2.

Visual Studio Team System (versão 2010)

O Team Foundation Server (TFS) é uma solução que auxilia a gestão do ciclo de desenvolvimento de uma aplicação (ALM). Apesar da Microsoft, fabricante desta solução, ter simplificado os nomes das versões, esse é o nome que abordaremos para esta solução de ALM.

A atual política de segurança da Microsoft é que todos os dados do projeto como textos, arquivos de documentos, arquivos de código, sites sejam armazenados no banco de dados Microsoft SQL Server, ou seja, todo o sistema do TFS é armazenado no SQL Server e publicado utilizando o " [...]

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?