Artigo do tipo Teórico
Recursos especiais neste artigo:
Conteúdo sobre boas práticas .
Ferramentas de suporte ao Teste de Software
Apresentar algumas ferramentas de suporte ao teste de software que possibilitam organização e controle das atividades de teste. Classificadas através de diferentes tipos, essas aplicações podem auxiliar em todas as etapas do Processo de Teste.

Em que situação o tema é útil
Visando uma maior agilidade nas atividades do Processo de Teste, a utilização de ferramentas de suporte ao teste pode contribuir para consideráveis ganhos de tempo, produtividade, confiabilidade e principalmente qualidade em cada uma das etapas do ciclo de vida do teste.

Ao longo dos anos, à medida que o teste vem ganhando mais espaço no mercado, diversas ferramentas têm surgido visando à melhoria no gerenciamento e na execução das atividades voltadas para o Teste de Software.

A utilização de ferramentas é um importante aliado para avaliar se o software está exposto a vulnerabilidades. Independente da função, o objetivo gira em torno da simplificação das atividades, controle, e, principalmente, garantia da qualidade em cada uma das etapas de um Processo de Teste. Outro fator relevante é que elas permitem, sobretudo, minimizar os riscos, inconformidades e uma série de falhas que podem ser detectadas durante a execução dos testes.

Além de simplificar as atividades, a adoção dessas ferramentas pode aumentar consideravelmente o número de defeitos encontrados, e, consequentemente, agilizar os testes, aprimorando a qualidade das aplicações. Elas também podem levar a melhorias na confiabilidade do software, tornando os testes mais eficazes e produtivos.

Com base nesse contexto, ao longo deste artigo serão apresentadas algumas ferramentas de diferentes características e classificações voltadas para fornecer um amplo suporte ao teste de software.

Classificação das ferramentas

As ferramentas são classificadas de acordo com as atividades de teste que elas suportam. Seja para o gerenciamento ou para execução de um teste, elas são categorizadas de acordo com os tipos de teste que executam.

Os tipos de teste, alguns deles demonstrados na Tabela 1, possuem diferentes funções, e cada um deles visa avaliar uma determinada característica do software. Um fator interessante é que há ferramentas de suporte que contemplam praticamente todos os tipos de teste existentes.

abrir imagem em nova janela

Tabela 1. Tipos de Teste de Software.

Hoje em dia, algumas ferramentas suportam várias atividades, como gestão dos testes, automação e controle dos defeitos, enquanto outras suportam apenas uma. Mesmo assim, apresentá-las intitulando uma ou outra como “a melhor” não é possível. Esse título vai depender de uma série de fatores como, por exemplo, investimento disponível, aplicabilidade, tipo de software a ser testado, tamanho da equipe e expectativa de retorno. Em função disso, é interessante analisar as opções disponíveis para que seja possível definir qual se enquadra melhor às suas expectativas.

Neste contexto, ao longo desse artigo serão apresentadas diferentes classificações de ferramentas de suporte ao teste, todas com um propósito único: garantir a qualidade do software.

Ferramentas de gerenciamento de testes

A gestão de testes possui um papel fundamental dentro de um Processo de Teste, afinal, é responsável pelo planejamento e controle de todas as atividades.

As ferramentas de gerenciamento podem ser utilizadas em todas as etapas do ciclo de vida do teste e têm como grande vantagem a centralização de todas as informações relacionadas à evolução dos testes realizados no software.

Geralmente elas não têm apenas uma função, podendo apresentar distintas aplicabilidades, como priorização dos testes, cronograma de atividades, registro dos resultados, rastreamento do progresso e gerenciamento dos incidentes dos testes.

O objetivo dessas ferramentas está voltado para o controle dos testes, sejam eles manuais ou automáticos. Elas permitem que informações sejam coletadas e acompanhadas, possibilitando uma visão mais ampla para a tomada de decisão, fornecendo artefatos de acordo com os interesses e expectativas.

...
Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo