Por que eu devo ler este artigo:Este artigo apresenta as operações de entrada de dados, usando os métodos da classe Scanner, e saída, através dos métodos da classe System. Esta matéria é importante para todo desenvolvedor Java que precisa obter dados do usuário por meio do teclado e exibir mensagens na tela. Realizar a leitura de dados do usuário e exibir as informações geradas para o mesmo é um requisito comum a qualquer aplicativo Java. Por isso este tema é indispensável a todo desenvolvedor. Neste artigo analisaremos, através de conceitos e exemplos, como realizar a leitura de dados do usuário e como exibir informações para o mesmo. Para isso, conheceremos os recursos das classes Scanner e System, respectivamente.

Um problema pode ser definido como uma pergunta (ou situação) de caráter geral a ser respondida (ou resolvida). Já a lógica se refere à técnica ou à forma de ordenar as ações que representam a resolução de um problema.

Para resolver um problema no computador é necessário analisá-lo visando descrever uma sequência lógica de passos executáveis que permitam que o problema possa ser resolvido de maneira automática e repetitiva. Esta sequência de passos é chamada de algoritmo, quando os passos são descritos em linguagem natural, e programa, quando eles são implementados utilizando símbolos ou convenções de uma linguagem de programação.

Basicamente, todo programa de computador usado na solução de um problema executa algum tipo processamento de dados, que geralmente é desenvolvido em três etapas:

  1. entrada de dados pelo usuário através do teclado;
  2. processamento realizado através de cálculos; e
  3. saídas de informações na tela do computador.

Em resumo, o processamento de dados ocorre quando um conjunto de dados de entrada é transformado através do processamento de algoritmos (ou programas) em um conjunto de informações de saída. A Figura 1 apresenta as etapas do processamento de dados.

 Etapas do processamento de dados
Figura 1. Etapas do processamento de dados

A entrada refere-se aos dados que são colhidos do mundo real e o processamento corresponde a uma série finita de operações que são realizadas sobre estes dados para transformá-los em informações úteis na saída.

Entrada de Dados

Um processo é uma sequência finita ordenada de passos que transforma uma determinada matéria prima. Quando a matéria prima usada no processo é abstrata, isto é, se apresenta na forma de valores e quantidades, então denomina-se de processamento de dados. Quando o processamento é realizado por um computador, a entrada refere-se aos dados obtidos na forma bruta, que são colhidos do mundo real através de um dispositivo de entrada, como por exemplo, o teclado.

Classe Scanner

Em linguagens de programação estruturada, como C e Pascal, a entrada de dados usando o teclado é realizada utilizando subprogramas desenvolvidos para esta finalidade. Em C, por exemplo, tem-se a função scanf() e em Pascal, o procedimento readln().

Na linguagem Java, a partir do Java 1.5 ou Java 5.0, o pacote de classes java.util disponibilizou a classe Scanner, que implementa operações de entrada de dados pelo teclado.

A classe Scanner possui vários métodos que possibilitam a entrada de dados de diferentes tipos, entre eles destacam-se:

  • String next() - retorna uma cadeia de caracteres simples, ou seja, que não usa o caractere espaço em branco;
  • double nextDouble() - retorna um número em notação de ponto flutuante normalizada em precisão dupla de 64 bits (usado para receber valores reais ou monetários);
  • boolean hasNextDouble() - retorna true se o próximo dado de entrada pode ser interpretado como um valor double;
  • int nextInt() - retorna um número inteiro de 32 bits;
  • boolean hasNextInt() - retorna true se o próximo dado de entrada pode ser interpretado como um valor int;
  • String nextLine() - retorna uma cadeia de caracteres, por exemplo: “DevMedia - Canal Java”;
  • long nextLong() - retorna um número inteiro de 64 bits.

Para utilizar a classe Scanner em uma aplicação Java deve-se proceder da seguinte maneira:

  1. Importar o pacote java.util:
    import java.util.Scanner; 
  2. Instanciar e criar um objeto Scanner usando o dispositivo padrão de entrada (System.in):
    Scanner ler = new Scanner(System.in); 
  3. Utilizar os métodos da classe Scanner adequados aos tipos das variáveis envolvidas. Os exemplos de entradas de dados serão demonstrados usando as seguintes variáveis:
    ...

    Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
    • 473 Cursos
    • 10K Artigos
    • 100 DevCasts
    • 30 Projetos
    • 80 Guias
    Tenha acesso completo