Por que eu devo ler este artigo:Data/hora fazem parte da nossa rotina e naturalmente estão presentes nos códigos que escrevemos. Por essa razão, é imprescindível para o programador saber lidar com esses elementos, sendo dominar o objeto Date o primeiro passo para isso em JavaScript.

JavaScript Date

JavaScript permite trabalhar com data/hora nativamente através do objeto Date.

JavaScript Date na prática

var hoje = Date.now();

var nascimento = new Date('1989-03-19 00:00:00');

var independencia = new Date('September 7, 1822 00:00:00');

var umDia = 1000*60*60*24;
var diasDesdeIndependencia = (hoje - independencia) / umDia;

var umAno = 1000*60*60*24*365;
var anosDesdeIndependencia = (hoje - independencia) / umAno

Como funciona o objeto Date

Date armazena a quantidade de milissegundos desde o início do Unix Epoch (1 de janeiro de 1970 00:00:00 UTC). Por essa razão é possível criar e apresentar data/hora em formato numérico em JavaScript usando um inteiro longo para representá-las. As diversas formas possíveis de se escrever uma data/hora são normatizadas pela RFC 2822 e ISO 8601.

Sintaxe

Existem muitas formas de se instanciar Date:

  • new Date();

    Parâmetro

    Nenhum.

  • new Date(milissegundos);

    Parâmetro

    milissegundos é um valor inteiro que representa a soma dos milissegundos desde 1 de janeiro, 1970, 00:00:00 UTC.

  • new Date(data);

    Parâmetro

    data é um texto representando uma data no formato específico, conhecido como Timestamp. Para saber as formas possíveis consulte o documento IETF-compliant RFC 2822 timestamps. O formato mais usado é YYYY-MM-DDTHH:mm:ss:sssZ.

  • new Date(ano, mês [, dia [, hora [, minutos
        [, segundos [, milissegundos]]]]]);

    Parâmetro

    • ano é um valor inteiro que representa um ano. Note que 0 corresponde a 1900 e 99 a 1999.
    • mês é um valor inteiro que representa o mês. 0 corresponde a janeiro e 11 a dezembro.
    • (opcional) dia é um valor inteiro que representa um dia. O valor padrão é 1.
    • (opcional) hora é um valor inteiro que representa uma hora do dia. O valor padrão é 0 (meia noite).
    • (opcional) minutos é um valor inteiro que representa o minuto. O valor padrão é 0.
    • (opcional) segundos é um valor inteiro que representa um segundo. O valor padrão é 0.
    • (opcional) milissegundos é um valor inteiro que representa um milissegundo. O valor padrão é 0.

Dica

Caso o seu código dependa muito da criação e manipulação de data/hora considere utilizar a biblioteca moment, que é como grandes aplicações lidam com os problemas decorrentes desse cenário.

Faça o download da biblioteca moment aqui.

Exemplos de Date

Exemplo 1

No código abaixo usamos o objeto Date para obter um timestamp:

new Date()
> Thu Oct 10 2019 18:39:13 GMT-0300 (Horário Padrão de Brasília)

Quando nenhum parâmetro for fornecido para o construtor de Date, o resultado será um objeto representando a data/hora atual no fuso horário local.

Também podemos utilizar a seguinte forma para obter a data/hora atual:

Date.now()
> 1570743994427

Nesse caso, o inteiro retornado pelo método now() corresponde ao timestamp em milissegundos.

Exemplo 2

Para obter a data atual primeiro criamos uma instância de Date e então invocamos os seus métodos.

const data = new Date();
data.getDate();
> 10
data.getFullYear();
> 2019

A contagem dos dias se inicia em 1.

Três métodos de Date podem não ser óbvios. O primeiro deles é getDay(), que não retorna o dia do mês, mas sim o dia da semana.

data.getDay();
> 4

No caso acima o resultado foi 4, correspondendo a quinta-feira, porque a contagem inicia em 0.

O segundo método é getMonth(), que pode ser visto abaixo e retorna o mês atual, mas a contagem inicia em 0:

data.getMonth();
> 9

No caso acima o mês é outubro.

O terceiro método é getYear() que retorna a soma dos anos desde 1900.

data.getYear();
> 119

No caso acima o resultado foi 119, porque o ano é 2019 (2019 - 1900 é igual a 119).

Exemplo 3

Detectar uma data inválida em JavaScript requer duas verificações: primeiro constatamos se o objeto é uma instância de Date e depois se o seu valor não é um número.

const data = new Date(‘Thu’)
data instanceof Date && !isNaN(data)
>  false

A data é inválida porque quando passamos um texto para o construtor da classe Date, se espera que ele esteja num formato específico, o que não é o caso. Na linha seguinte fazemos as duas verificações citadas anteriormente e, dado que a data é inválida, o resultado é false.

Exemplo 4

Podemos usar as funções setter de Date para manipular a data criada quando a classe foi instanciada. No exemplo a seguir adicionamos três dias a uma data qualquer:

const data = new Date() data.setDate(data.getDate() + 3)
data.getDate()
>  13

No caso acima o dia inicial era 10 e após a soma se tornou 13. Caso a data fosse 31/8, após somar um dia ela se tornaria 1/9.

Exemplo 5

Comparar duas datas é muito simples, basta usar o operador de comparação estrita (===) e o método getTime(), que retorna o número de milissegundos desde 1900:

const data1 = new Date(2019, 0, 1)
const data2 = new Date(2019, 0, 1)
data1.getTime() === data2.getTime()
> true

Nesse caso as datas são iguais.

O motivo de não usarmos expressões como data1 == data2 ou data1 === data2 é devido ao fato de a comparação de objetos levar em conta o endereço de memória onde eles estão armazenados e não os valores das suas propriedades.

Exemplo 6

Calcular a diferença entre duas datas pode ser feito de diferentes formas. Em dias, o código poderia ser esse:

const data1 = new Date(2019, 0, 1)
const data2 = new Date(2019, 0, 2)
const umDia = 1000*60*60*24
(data2 - data1) / umDia
> 1

As datas são 1 e 2 de janeiro e a diferença entre elas é 1.

Para calcular em horas poderíamos fazer dessa forma:

const data1 = new Date(2019, 0, 1)
const data2 = new Date(2019, 0, 2)
const umaHora = 1000*60*60
(data2 - data1) / umHora
> 24

Podemos subtrair duas datas, porque em operações matemáticas instâncias de Date serão convertidas em inteiros, dada a invocação do método valueOf(), que nesse caso é equivalente a getTime().

Exemplo 7

Caso a data/hora esteja escrita com uma máscara, algo muito comum na programação web, podemos obter a quantidade de milissegundos dessa representação para atribuir esse número ao construtor de Date, criando assim um objeto válido.

var milissegundos = Date.parse(“2019/01/13”);
var data = new Date(milissegundos);

O método parse() converte a representação em texto de uma data/hora em milissegundos, retornando um inteiro com esse valor, o qual pode ser usado em um dos construtores de Date. Isso será necessário principalmente porque o formato de data/hora que estamos acostumados a usar no Brasil não é compatível com aquele recebido no construtor de Date.

Compatibilidade entre navegadores

O objeto Date é suportado por todos os browsers indicados na Tabela 1.

Date Chrome Firefox IE Edge Safari Opera

Sim

Sim

Sim

Sim

Sim

Sim

Tabela 1. Browsers que suportam Date

Mais sobre JavaScript

Confira também