Por que eu devo ler este artigo:Kotlin é uma linguagem que foi apresentada ao mundo ao ser adotada pela Google para o sistema operacional Android e, posteriormente, pela Pivotal para o Spring. Logo em suas primeiras versões ela mostrou estar à altura das necessidades de grandes aplicações, oferecendo uma sintaxe concisa e com diversos recursos. Hoje estudaremos aqueles relacionados às funções.

Uma função representa uma pequena rotina dentro de um programa.

Ponto de entrada

O ponto de entrada de uma aplicação Kotlin é a função main. Abaixo, no Código 1, vemos um exemplo de como escrevê-la.

fun main(args: Array<String>) {
  println("Olá mundo")
}
Código 1. Declaração da função main

Apesar de simples, esse código revela muito da sintaxe do Kotlin e vamos destacar alguns detalhes:

  1. Devemos usar a palavra-chave fun sempre que precisarmos de uma função ou método de classe.
  2. O nome de uma variável é declarado antes do seu tipo de dado.
  3. É permitida a declaração de funções em nível de arquivo, sem que elas precisem estar dentro de uma classe.

Ao executar esse código a função println exibirá na tela o texto Olá mundo.

Parâmetros

Kotlin usa uma notação para parâmetros chamada pascal notation, que possui a sintaxe nome : tipo. A função main descrita no Código 1 possui apenas um parâmetro, cujo nome é ar ...

Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo