Do que se trata o artigo:

Nesse artigo abordaremos aspectos de monitoramento de ativos de redes utilizando as principais ferramentas open source. Perceberemos que estas ferramentas são ricas em recursos, possuindo diferentes abordagens que garantem o total controle da infraestrutura de redes.

Em que situação o tema útil:

Esse artigo é interessante para todas as empresas que utilizam infraestrutura de TI. Com o conteúdo aqui exposto consegue-se garantir que a infraestrutura de redes esteja funcional. Veremos que através das abordagens apresentadas neste artigo o administrador poderá controlar o crescimento da utilização da infraestrutura e prever seu crescimento antes da ocorrência de problemas.

Resumo DevMan:

Neste artigo discutiremos o monitoramento de ativos de redes utilizando o protocolo SNMP e abordaremos alguns aspectos em servidores Linux como, por exemplo, instalar módulos através do CPAN e gerenciar pacotes RPM. Explicaremos como funciona o monitoramento de uma infraestrutura de redes e demonstraremos algumas configurações. Para isso, utilizaremos pacotes do Linux para simular os equipamentos de rede e criaremos o monitoramento baseado em Nagios.

Em uma infraestrutura de TI, a função dos equipamentos de rede é imprescindível para o correto funcionamento dos outros componentes. Se a comunicação de rede não estiver funcionando corretamente, os serviços podem se comportar de maneira inesperada e com certeza gerarão problemas.

Neste artigo abordaremos como monitorar os equipamentos de rede de forma abrangente para que o administrador possa agir antes do problema acontecer.

Para monitorar equipamentos de rede podemos fazer uso de recursos disponíveis nos próprios equipamentos. Mas para que você consiga monitorar o equipamento é preciso que o mesmo tenha suporte ao protocolo SNMP (Simple Network Management Protocol). Atualmente, a grande maioria dos equipamentos já possui esta funcionalidade. No entanto, é importante citar que a grande maioria dos equipamentos não possui as configurações necessárias para o monitoramento definidas como padrão, então consulte o administrador de rede ou veja no manual do equipamento como habilitar tais configurações.

O SNMP é um protocolo exclusivo para gerenciar ativos de rede. Ele é quem gerencia as informações do equipamento, ou seja, o protocolo é responsável pela coleta e disponibilização dos valores. Com o protocolo SNMP você pode ler e gravar informações. Porém, para fins de monitoramento, utiliza-se apenas o recurso de leitura das informações, pois quem coleta e grava os valores é o próprio sistema do equipamento. Neste artigo, utilizaremos a versão 3 do protocolo SNMP, que exige autenticação por usuário e senha. Portanto, certifique-se que exista um usuário específico para o monitoramento e apenas com permissão de leitura.

Para que o protocolo saiba o que coletar e onde ele deve gravar cada valor, disponibiliza-se a MIB (Management Information Base). Esta base de dados fornecerá vários identificadores de objetos (OID) que nos dirão a quem pertence aquele valor. Por exemplo: o identificador de objeto 1.3.6.1.4.1.789.1.2.1.4 se refere ao valor de CPU idle (ociosa) de alguns switches Cisco. Certifique-se que esta base de informações foi carregada no equipamento que se quer monitorar. Como cada equipamento possui sua própria MIB, deve vir junto com o equipamento ou estar disponível no site do fabricante.

A MIB de estatísticas de utilização da rede é a mais comum entre todos os ativos de rede. Ela é organizada através de índices chamados ifIndex. Durante o monitoramento, cada porta do seu ativo de rede receberá um ID sequencial para que você consiga localizar a informação de cada porta separadamente.

A forma ativa de monitoramento do SNMP é feita através de requisições que podem ser GetRequest, GetNextRequest ou GetBulkRequest ...

Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo