Por que eu devo ler este artigo:Este artigo abordará a teoria e em seguida a prática de uma contagem estimada e uma contagem detalhada de ponto de função. Os grupos de funcionalidades utilizados estão associados a cenários que envolvem geração de relatórios, cadastro, alteração, consulta e exclusão de registros. A análise de pontos de função é uma abordagem conhecida mundialmente para estimar o tamanho do sistema que será desenvolvido. Ela é muito útil para determinar o custo e o prazo para o desenvolvimento de melhorias ou de um novo sistema. É muito utilizada nas licitações para desenvolvimento dos softwares realizadas pelas empresas públicas, mistas ou privadas, pois é ela que vai determinar o tamanho de cada software, informação que é determinante para saber o custo e o prazo para o seu desenvolvimento.

A Análise de Ponto de Função é atualmente um instrumento utilizado por profissionais da área de sistemas e em empresas de todos os portes e segmentos da economia brasileira. Inicialmente o foco principal de sua aplicação era em estimativas. Continua sendo uma ferramenta importante nessa área, mas também tem sido aplicada cada vez com mais sucesso como unidade de medição de contratos de desenvolvimento de software e como ferramenta na gerência de projetos.

O International Function Point Users Group – IFPUG foi criado em 1986 e é o responsável pela a atualização das Regras de Contagem de Pontos de Função, que foram definidas por Allan Albrecht em 1979. Estas regras estão descritas na Counting Practices Manual – CPM, atualmente na versão 4.3.1, publicada em 2010 pelo IFPUG.

Os principais objetivos do IFPUG são:

· Prover uma descrição clara e detalhada da contagem de pontos de função;

· Garantir que as contagens sejam consistentes com as práticas de contagem dos afiliados do IFPUG;

· Fornecer um guia para permitir a contagem de pontos de função a partir dos entregáveis das metodologias e técnicas mais conhecidas e prover um entendimento comum para permitir que os fornecedores de ferramentas forneçam suporte automatizado para a contagem de pontos de função.

As empresas podem usar esta técnica de medição, tanto para novos quanto para melhorias de softwares já existentes, afim de: dar suporte à análise de qualidade e produtividade, estimar o custo e recursos requeridos para o desenvolvimento, melhoria e manutenção do software, fornecer um fator de normalização para a comparação de software, determinar o tamanho de um pacote de aplicação adquirido (por meio do dimensionamento funcional de todas as funções incluídas no mesmo) e ajudar os usuários a determinar o benefício provido por um pacote de aplicação para a sua organização (por meio do dimensionamento funcional das funções que correspondam especificamente aos seus requisitos).

A contagem de pontos de função possui os seguintes objetivos a serem cumpridos:

· Medição de funcionalidade de sistemas de acordo com a perspectiva do usuário;

· Comparação da produtividade entre ambientes de desenvolvimento;

· Criação de uma unidade padrão de medida de software;

· Melhoria de estimativas de projetos de desenvolvimento de sistemas.

Com os objetivos sendo cumpridos, obteremos vantagens como transparência para o usuário final, estimativas de tempo, recursos e custos desde o início do ciclo de desenvolvimento, mesmo sem ter todas as informações necessárias sobre o sistema, e melhoria na qualidade dos contratos de terceirização.

Por fim, temos também que a contagem de pontos de função disponibiliza os seguintes indicadores para análise:

· Indicador de qualidade dos projetos;

· Indicador de produtividade entre ambientes de programação;

· Indicador de produtividade entre equipes de desenvolvimento;

· Indicador de custo entre projetos;

· Indicador de custo por fase de desenvolvimento.

Contagem Indicativa de Ponto de Função

Neste tipo de contagem conseguimos obter um valor indicativo da quantidade de pontos de função do sistema proposto sem ...

Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo