Por que eu devo ler este artigo:Desenvolver softwares é uma atividade complexa. Para agilizar as tarefas relacionadas ao desenvolvimento, várias ferramentas e frameworks que geram código automaticamente passaram a existir, a esses mecanismos dá-se o nome de ferramentas de desenvolvimento ágil ou RAD (Rapid Application Development).

Veremos como estas ferramentas podem ser úteis para programadores, analistas de sistemas, e qualquer interessado na área. Buscando maior produtividade no desenvolvimento de software, as ferramentas podem ser aplicadas em diversas atividades, seja em projetos pequenos ou de grande porte.
Autores: Emanuel Dantas Filho, Geam Carlos de Araújo Filgueira, Jannayna Domingues Barros Filgueira e Karlos Thadeu Matias Vital de Oliveira

Para ganhar agilidade e qualidade no desenvolvimento de seus projetos de software, as empresas adotam boas práticas, técnicas e processos regidos pela engenharia de software.

Durante o desenvolvimento de um software, existem atividades rotineiras como, por exemplo: a criação das entidades principais, as classes de persistência dessas entidades (DAOs – Data Access Object) contendo todo o CRUD (Create, Read, Update, Delete) e as classes de interfaces gráficas e fachadas dessas entidades, além de todas as configurações (muitas vezes genéricas) do framework de persistência e conexões externas com o SGBD (Sistema Gerenciador de Banco de Dados).

Essas tarefas consomem muito tempo, tempo esse que a equipe de desenvolvimento poderia estar usando com as atividades mais complexas e particulares do projeto.

Para agilizar essas tarefas, várias ferramentas e frameworks que geram código automaticamente passaram a existir. A esses mecanismos dá-se o nome de ferramentas de desenvolvimento ágil ou RAD (Rapid Application Development). A proposta desse artigo é elencar as tecnologias mais utilizadas na comunidade de desenvolvimento, fazer uma análise individual, e um comparativo entre as mesmas.

Uma decisão importante, portanto, consiste em escolher a ferramenta adequada a ser utilizada pela equipe. É esperado que algumas ferramentas se encaixem melhor em determinados cenários, para determinadas arquiteturas e/ou linguagens de programação.

Antes de escolher as ferramentas RAD a serem analisados neste artigo, vamos primeiro verificar quais linguagens de programação são mais utilizadas. Observe a Tabela 1.

...

Maio de 2013

Maio de 2012

Mudança de posição

Linguagem de programação

Percentuais Maio de 2013

Diferença

Maio de 2012

Status

1

1

C

18.729%

+1.38%

A

2

2

Java

Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo