Por que eu devo ler este artigo:A descrição da arquitetura de um software é fundamental para diversas atividades de seu ciclo de vida, incluindo o projeto detalhado, a implementação e a evolução. É comum que desenvolvedores apresentem dificuldades em entender quais elementos devem ser descritos nos documentos de arquitetura, e mesmo em como descrever os diversos elementos, padrões, decisões, visões, termos e componentes que compõem sua arquitetura. Assim, um padrão a ser seguido facilita essa importante atividade da engenharia de software. Neste artigo, o objetivo é apresentar a norma ISO/IEC/IEEE 42010, que trata de um padrão a ser utilizado para a descrição de arquitetura de sistemas.

ISO (International Organization for Standardization) e IEC (International Electrotechnical Commission) são organizações especializadas em padronização em diversas áreas do conhecimento no mundo. A IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers Standards) documenta e desenvolve padrões juntamente com sociedades da IEEE, entre elas a IEEE Computer Society, que trata sobre avanços em teoria, prática e aplicação de processamento de informação e computação.

A norma ISO/IEC/IEEE 42010 foi definida pelo Joint Technical Committee ISO/IEC JTC em cooperação com o comitê de Engenharia de Sistemas da Sociedade de Computação da IEEE (IEEE Computer Society). Essa norma pode ser usada para estabelecer uma prática coerente para projetar descrições arquiteturais no contexto do ciclo de vida e dos processos de desenvolvimento e manutenção. A norma ISO/IEC/IEEE 42010 do ano de 2011 cancela e substitui a ISO/IEC 42010 do ano de 2007. Essa, por sua vez, é uma evolução da IEEE 1471-2000.

Princípios de arquitetura de software

A crescente complexidade das aplicações torna cada vez maior o desafio de desenvolvê-las e mantê-las, por isso ter uma arquitetura bem definida e entendida pelos interessados no software é de fundamental importância. Seu uso facilita a comunicação interna da equipe de desenvolvimento sobre como o software será estruturado considerando questões como componentes utilizados, interfaces necessárias entre outros.

Para isso, a arquitetura deve ser cuidadosamente descrita de forma que o conhecimento sobre sua definição seja compartilhado por toda a equipe de desenvolvimento. Devido à importância do tema, uma norma específica, a ISO/IEC/IEEE 42010:2011, foi estabelecida com o objetivo de criar, analisar e descrever arquiteturas de software.

Termos e definições

Primeiramente, a norma estabelece definições para diversos termos. Apenas os termos mais importantes para o entendimento deste artigo são descritos (brevemente) nessa subseção.

Segundo a norma:

  • A arquitetura de software são os conceitos fundamentais de um sistema, incluindo seus elementos, relacionamentos e os princípios para seu projeto e evolução;
  • Arquitetar é o processo de definir, documentar, manter e evoluir a arquitetura durante o ciclo de vida de um software.
  • Uma descriç ...

    Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
    • 473 Cursos
    • 10K Artigos
    • 100 DevCasts
    • 30 Projetos
    • 80 Guias
    Tenha acesso completo