Guia de Linguagem

Banco de Dados para Programadores


Neste guia você encontrará os principais conteúdos que você precisa estudar, como desenvolvedor, para trabalhar com bancos de dados.

Modelagem

Em muitos sistemas a modelagem do banco de dados é um dos primeiros passos realizados no processo de desenvolvimento. E para que o software tenha sucesso, uma boa modelagem é fundamental, pois ela visa refletir a realidade que o sistema se propõe a atender.

Como desenvolvedor, muitas vezes você precisará realizar a modelagem de novos sistemas, ou ainda de novas funcionalidades para projetos existentes. No curso abaixo você conhecerá os conceitos e técnicas empregadas nessa tarefa:

Em seguida, veja nos links a seguir alguns exemplos práticos de modelagem, encontrados em sistemas reais e com os quais você pode se deparar:

Ainda no contexto da modelagem, um dos conceitos fundamentais é a normalização, processo que visa reduzir a redundância de dados e para isso propõe normalmente a criação de várias tabelas e relacionamentos entre elas. Conheça esse tema no DevCast abaixo:

Há também situações específicas em que se torna viável e necessário empregar uma técnica que vai de encontro à normalização: a desnormalização de bancos de dados. Como o nome sugere, aqui desfazemos alguns passos propostos na normalização, o que acaba gerando redundância de dados. Porém isso é feito normalmente com o objetivo de obter melhor desempenho ao simplificar consultas. Nos DevCasts a seguir você conhecerá esse conceito:

Para entender mais sobre modelagem de dados, desde seus primeiros passos com bancos pequenos até a modelagem para bancos Big Data, acesse:

Linguagem SQL

SQL (Structured Query Language) é a linguagem padrão de manipulação de bancos de dados relacionais. Ela conta com comandos para efetuar consultas, criação e alteração de tabelas, colunas, etc.

Além dos recursos padrão da linguagem, cada SGBD pode implementar uma versão própria com funcionalidades adicionais. Exemplos disso são a T-SQL do SQL Server e a PL/SQL do Oracle.

Para o desenvolvedor, conhecer a linguagem SQL é de extrema importância, pois com frequência será necessário consultar e modificar bancos de dados relacionais. Nos conteúdos a seguir você encontra uma introdução ao assunto, com a apresentação dos principais recursos da SQL padrão:

Para entender mais sobre a linguagem de consulta estruturada SQL, acesse:

Principais SGBDs

No seu dia a dia como programador você pode precisar lidar com diferentes SGBDs relacionais (Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados). Apesar de todos eles tomarem como base a linguagem SQL padrão (chamada de padrão ANSI), cada um possui diferentes ferramentas de administração e pode também implementar variações do SQL. Para lhe ajudar nesse primeiro contato com essas soluções de bancos de dados, listamos a seguir conteúdos sobre os principais SGBDs relacionais da atualidade:

SQL Server

Desenvolvido e mantido pela Microsoft, o SQL Server está há bastante tempo entre os SGBDs relacionais mais usados no mercado.

MySQL

O MySQL é amplamente adotado tanto para pequenas aplicações quanto para aquelas com grandes volumes de dados. Atualmente esse SGBD é mantido pela Oracle e está disponível em versões gratuitas e pagas.

PostgreSQL

O PostgreSQL é uma opção gratuita e de código aberto que recebe colaborações frequentes da comunidade técnica em sua evolução.

Oracle

O SGBD Oracle é o principal produto da empresa que leva seu nome (Oracle Corporation), a qual também é atualmente a mantenedora do Java e do MySQL, entre outras tecnologias. Ele é também tido como uma das soluções mais robustas de armazenamento de dados relacionais, muito adotado por aplicações de larga escala.

NoSQL

NoSQL é um paradigma que define bancos de dados não relacionais, ou seja, bancos que armazenam as informações de maneira diferente das tabelas, colunas e linhas com as quais estamos acostumados. Ao invés disso, esses bancos usam modelos variados, tais como grafos, chave-valor e documentos.

Esse tipo de SGBD vem ganhando cada vez mais espaço no mercado e seu conhecimento atualmente pode ser considerado um diferencial para o desenvolvedor em diversas situações.

Para compreender melhor esse conceito, consulte os links abaixo:

Para entender mais sobre bancos de dados NoSQL, principalmente sobre o MongoDB, que é um dos mais utilizados na atualidade, acesse:

DevCasts sobre bancos de dados

Nesta seção reunimos os últimos DevCasts que gravamos tratando de assuntos relacionados a bancos de dados. Nos vídeos abaixo você poderá ver diversas discussões sobre técnicas, boas práticas e vários assuntos bastante úteis para seu dia a dia como desenvolvedor:

Ah, aqui na DevMedia nós usamos o SQL Server. Nos DevCasts abaixo nós compartilhamos um pouco da nossa experiência com esse SGBD:

Mais sobre bancos de dados

Além dos cursos e exemplos sugeridos nesse guia, a DevMedia publica com frequência novos conteúdos sobre bancos de dados, os quais você pode conferir nos Guias de Consulta abaixo:

Você também pode conferir todo o conteúdo de banco de dados clicando aqui.

Ficou com alguma dúvida?