Por que eu devo ler este artigo:Este artigo tem como objetivo mostrar ao leitor que é possível a junção dos modelos de gerenciamento de projetos ágil e tradicional. Serão apresentados conceitos básicos do Guia PMBOK e do Scrum e também uma visão de como os dois funcionam juntos. O propósito do artigo não é apresentar o passo a passo de como fazer a junção do Scrum e do Guia PMBOK, mas sim mostrar ao leitor que essa possibilidade existe apresentando de forma macro os pontos do projeto onde essa junção pode acontecer. Essa discussão é útil em um cenário no qual buscamos, cada vez mais, aliar práticas ágeis a formas de trabalho já amplamente utilizadas pela comunidade de desenvolvimento de software.

Nos dias de hoje, existe uma gama enorme de processos, metodologias e frameworks de gerenciamento de projetos para serem utilizados e, com tantas opções disponíveis à mão, fica difícil decidir qual utilizar, qual melhor se adapta ao tipo de projeto a ser desenvolvido, qual atende à realidade da empresa e das pessoas.

Para auxiliar nessa decisão, existe o conceito de modelo híbrido. O termo híbrido se refere a juntar duas ou mais opções, o que em gerenciamento de projetos significa unir duas ou mais metodologias ou dois ou mais frameworks existentes no mercado para se realizar o gerenciamento de um projeto. Essa junção só provê ganhos, pois serão retiradas de cada uma das opções disponíveis as partes que melhor se adequam à realidade do projeto a fim de que esse possa ser gerenciado da melhor maneira possível.

Neste artigo o modelo híbrido será descrito através da junção do Guia PMBOK de boas práticas de gerenciamento de projetos com o Scrum, contudo é possível criar um modelo híbrido com qualquer outra metodologia, processo ou framework existente no mercado.

A divisão do artigo será feita da seguinte forma: uma introdução às boas práticas descritas no Guia PMBOK, uma introdução ao framework Scrum e então a descrição do modelo híbrido resultante da união do guia e do framework. A introdução, como o próprio nome diz, ao Guia PMBOK e ao Scrum será superficial, e é pré-requisito que o leitor tenha conhecimento sobre esses dois assuntos.

O Guia PMBOK de boas práticas de gerenciamento de projetos

O Guia PMBOK se descreve como um fornecedor de diretrizes e apresenta o ciclo de vida de gerenciamento de projetos e seus respectivos processos. Nesse guia são relatadas todas as áreas que requerem atenção no desenvolvimento de um projeto e são sugeridas formas de como gerenciá-las. Contudo, o guia não indica que todos os processos devem ser executados para todos os projetos, e sim que a maioria dos processos podem ser aplicados na maioria dos projetos. Portando, o Guia PMBOK não é uma metodologia: ele não indica como o trabalho deve ser executado, mas sugere o trabalho a ser executado.

Nesse guia são descritos cinco grupos de processos, que contêm 47 processos distribuídos em 10 áreas de conhecimento.

Os grupos de processos são:

  • Iniciação: processos que definem um novo projeto ou uma nova fase de um projeto com o objetivo principal de obter a autorização formal desse p ...

    Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
    • 473 Cursos
    • 10K Artigos
    • 100 DevCasts
    • 30 Projetos
    • 80 Guias
    Tenha acesso completo