De que se trata o artigo

O Scrum é uma metodologia ágil para apoiar o gerenciamento de projetos baseada em ciclos curtos e incrementais. Esse artigo tem como finalidade mostrar uma visão geral da metodologia Scrum, sua aplicação no dia a dia e ferramentas de apoio ao gerenciamento de projetos que a utilizam.


Em que situação o tema é útil

Se a forma de trabalho do projeto hoje não está dando muito certo e precisa-se de mais agilidade, maior adaptabilidade às mudanças nos requisitos sem diminuir produtividade, maior engajamento da equipe, mais proximidade e transparência com o patrocinador do projeto, focando sempre no que é mais importante para ele e ainda podendo utilizar outras metodologias, conhecer melhor um conjunto de boas práticas agrupadas na metodologia Scrum poderá ser útil no sentido de resolver ou amenizar esses problemas.

Uma visão prática e ferramentas de apoio ao uso do Scrum

O Scrum refere-se a um conjunto de boas práticas, derivadas do manifesto ágil, que têm como finalidade auxiliar o gerenciamento de projetos e, como foco principal, a entrega de um produto ou parte dele sempre com o maior valor possível para o cliente. O Scrum faz uso de sprints, backlog, tem papéis bem definidos para os stakeholders e as ferramentas de apoio permitem a extração de informações muito importantes para o acompanhamento dos projetos.

Autores: Micael Coutinho, Adriano Souza, Franklin Correia e Rodrigo Oliveira Spínola

O Scrum é um framework de alta produtividade derivado do manifesto ágil e, como toda metodologia de desenvolvimento ágil, seu foco é atender as necessidades do cliente através de entregas sucessivas e antecipadas de software com valor agregado, mantendo sempre os valores pontuados pelo manifesto ágil:

• Indivíduos e iterações mais que processos e ferramentas;

• Software em funcionamento mais que documentação abrangente;

• Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos;

• Responder a mudanças mais que seguir um plano.

Porém, como qualquer metodologia para desenvolvimento, precisa ser mensurável e produtiva para ser viável. Veremos neste artigo diferentes formas de mensurar um desenvolvimento baseado na metodologia do Scrum e algumas ferramentas de apoio.

Para entender um pouco mais sobre o funcionamento do Scrum, iremos listar alguns pontos e descrevê-los resumidamente nas próximas seções:

• Pilares;

• Envolvidos (Time Scrum);

• Time-boxes;

• Artefatos.

Pilares

A base do Scrum foi herdada do manifesto ágil e, devido a isto, foram estabelecidos alguns pilares a fim de tornar o desenvolvimento mais organizado e performático, já que uma metodologia precisa se tornar eficiente e efetiva para ser viável. Os três pilares são responsáveis por sustentar qualquer implementação de controle de processos empíricos e nortear o time e os envolvidos conceitualmente para que a metodologia de trabalho seja mantida independente dos relacionamentos interpessoais e dos ruídos externos. Todos os pilares são altamente ligados por um mesmo ideal, o desenvolvimento de forma rápida, assertiva e significante.

Pilar Transparência

No Scrum os ruídos externos, diferente de outras metodologias, são aproveitados no próprio desenvolvimento, já que o cliente não é visto apenas como um contrato a ser seguido, mas como um parceiro.

Os envolvidos no processo de desenvolvimento compram a ideia do cliente formando um time homogêneo onde a transparência de ambas as partes é fundamental para garantir a motivação dos profissionais envolvidos e a satisfação do cliente que investiu mais que dinheiro no processo, mas também a confiança na empresa prestadora do serviço.

O conceito de transparência não prevalece apenas na relação cliente x empresa, é fundamental também nas relações interpessoais dos envolvidos no processo de desenvolvimento, pois o desenvolvimento é visto como uma instância única não destingindo pessoas dentro de um time. Se o processo foi concluído corretamente, o time foi vitorioso, caso contrário não é analisado quem fracassou. Ao invés disso, o time inteiro sofre o peso da derrota.

...

Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo