No artigo anterior, fiz uma introdução a Sistemas de Controle de Versão e agora irei dar uma breve introdução ao sistema Git e ensinar a usá-lo!

O que o é Git

O Git é um sistema de controle de versão desenvolvido por, nada mais, nada menos, que Linus Torvalds, conhecido por ser o criador do Linux. Foi inicialmente usado para a o desenvolvimento do kernel do Linux e hoje é uma das ferramentas SVC mais famosas e usadas.

Ele funciona como um repositório principal, permitindo as estações de trabalho centralizarem o controle das versões de seu projeto nele. Se quiser mais informações sobre como os sistemas de controle de versão funcionam, consulte meu outro artigo.

Primeiramente, vamos criar uma conta no Git! Acesse o link: https://github.com/ e clique no botão “Plans, Price e Signup”. O Git possui planos gratuitos e pagos, dependendo da sua necessidade, portanto escolha o plano desejado e em seguida, faça seu cadastro.

Criando uma conta no GitHub
Figura 1: Criando uma conta no GitHub

Pronto, agora você já tem uma conta do Git.

Instalando o software e obtendo a SSH Key

Para começar a usar o Git, precisamos instalar o seu aplicativo, que pode ser encontrado no link: http://code.google.com/p/msysgit/downloads/list. Baixe a versão mais recente e instale. Deixe as opções padrão que já vêm com o instalador.

A SSH Key é usada para manter uma conexão segura entre o Git e a área de trabalho. Portanto, vamos obtê-la. Para isso, vá no menu iniciar, abra o menu de todos os programas, procure a pasta do Git e inicie o GitBash.

Iniciando o GitBash a partir do menu Iniciar
Figura 2: Iniciando o GitBash a partir do menu Iniciar

Agora, com o prompt de comando do Git aberto, vamos criar nossa SSH Key.

Digite no prompt: $ ssh-keygen -t rsa -C seuemail@seuprovedor.com

Aperte Enter para criar o diretório e as chaves na sua pasta de usuário e entre com a senha para sua SSH Key. (Não necessariamente a mesma da sua conta). Pronto, sua SSH Key foi gerada!

Criando a SSH Key a partir do Gitbash
Figura 3: Criando a SSH Key a partir do Gitbash

Agora vamos adicioná-la ao GitHub. No site, clique em “Account Settings” (Um ícone com ferramentas na parte superior do site).

Configurações da conta no site
Figura 4: Configurações da conta no site

Clique na aba SSH Keys.

Menu SSH Keys
Figura 5: Menu SSH Keys

Agora vá até a pasta onde está sua SSH Key, abra o arquivo id_rsa.pub com o bloco de notas ou outro editor de texto e copie o conteúdo.

Conteúdo do arquivo com a SSH Key gerada
Figura 6: Conteúdo do arquivo com a SSH Key gerada

Clique em AddSSH(1), Preencha um titulo (opcional) e cole sua chave (2) e clique em addkey(3).

Informando a SSH Key no site
Figura 7:Informando a SSH Key no site

Confirme a senha.

Confirmando a senha
Figura 8:Confirmando a senha

Digite no prompt do GitBash:$ssh -T git@github.com mailto:git@github.com

Irá aparecer uma mensagem:“The authenticityof host ‘github.com (207.97.227.239)’ can’tbeestablished.”E outras informações, digite yes e senha do SSH Key. A conexão estará autenticada!

Se por acaso você já tem um SSH Key, digite cd ~/.ssh no bash para confirmar, caso não apareça nenhuma mensagem de erro, digite no prompt:

Listagem 1: Comandos a serem executados no Bash


$ ls

$ mkdirkey_backup

$ cpid_rsa* key_backup

$ rmid_rsa*

Na primeira linha, irá listar todos os arquivos do diretório. A segunda linha significa que irá criar um novo diretório, chamado key_backup. A terceira linha copia as suas SSH Keys para o key_backup e, por último,as remove. Caso queira restaurá-las, acesse o diretório de backup e volte-as para o diretório principal. A pasta .ssh fica dentro do diretório do seu usuário (C:\Usuarios\Seu_usuario\.ssh).

Criando repositórios

Para criar um repositório, basta clicar no ícone na barra superior, “Create a new Repo”.

Digite um nome e descrição, escolha a visibilidade do seu projeto (projetos privados não estão disponíveis em contas grátis) e a linguagem utilizada, no nosso caso o Java.

Criando um novo repositório
Figura 9: Criando um novo repositório

Clique em criar e pronto!

Adicionando arquivos ao repositório

Para este tutorial, estou usando o NetBeans em inglês. Caso não saiba como mudar o idioma e queira fazer isso, vá ao atalho dele na área de trabalho e adicione --localeen_US no fim do parâmetro de Destino. (ex: "C:\Program Files\NetBeans 7.1.2\bin\netbeans.exe" --locale en_US --laf Nimbus).

Nos menus do NetBeans, clique em Team, escolha a aba Git e depois clique em Clone.

Em Repository URL, escolha a opção HTTPS:\\, mas antes, volte ao seu navegador e copie o URL HTTPS que permite leitura e escrita do seu projeto.

Definindo o repositório do projeto
Figura 10: Definindo o repositório do projeto

Agora volte ao Netbeans e cole a URL em Repository URL, coloque seu usuário e senha e clique em next.

Definindo usuário e senha para acessar o repositório
Figura 11: Definindo usuário e senha para acessar o repositório

Escolha o ramo que deseja clonar. (Inicialmente o padrão é o master).

Clonando os ramos do projeto
Figura 12: Clonando os “ramos” do projeto

Escolha a pasta do seu projeto e clique em Finish.

Definindo a pasta do projeto
Figura 13: Definindo a pasta do projeto

Alterando e atualizando os projetos

Agora é fácil, sempre que você precisar enviar uma atualização, clique no seu projeto, depois clique em Git e Add. Depois repita o processo, mas clique em Commit. Coloque um comentário e clique em Finish. Essas funções irão atualizar seu repositório local.

Atualizando o projeto
Figura 14: Atualizando o projeto

Para alterar o repositório remoto, faça o add e o commit, depois vá emremote, e clique em Push (empurrar). Selecione o repositório e o ramo, autentique sua conexão e pronto.

Alterando o repositório remoto
Figura 15: Alterando o repositório remoto

Para receber alterações do repositório remoto, faça o mesmo, mas clique em Git, depois em remote e em pull (puxar), escolha o repositório e o ramo e pronto!

Gostou? Compartilhe com seus amigos e deixe seu comentário.

Links Úteis

Saiba mais sobre Git ;)

  • O que é Git?:
    Neste curso você aprenderá o que é o Git, ferramenta para controle de versão mais utilizada por desenvolvedores de software.
  • Controle de versões distribuído com Git:
    Nesta palestra faremos uma introdução ao sistema de controle de versão distribuído conhecido como Git.
  • Guia de Git:
    Controlar as diferentes versões dos artefatos criados ao longo da implementação de um projeto de software é uma tarefa base para assegurar a qualidade e evitar conflitos entre as mudanças realizadas, principalmente em sistemas que requerem um time de desenvolvimento.