o-spacerun: yes">

capnet43.jpg

Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

.NET 3.0

WPF

Windows Presentation Foundation

 

Este artigo discute

Este artigo usa as seguintes tecnologias

O que é Windows Presentation Foundation;

XAML;

Property Elements e Property Triggers;

Expression Blend e Silverlight.

WPF, .NET 3.0, Visual Studio 2005, C#, XML.

 

A indústria do cinema dá constantemente à indústria de tecnologia dicas de como as pessoas esperam que seus computadores funcionem. Em qualquer cena em que um personagem interage com um aplicativo, esse faz todo o possível para auxiliar seu usuário, sempre de forma eficiente, e com um visual sem comparativo nos aplicativos com os quais interagimos no mundo real.

Quem não se lembra do filme Assédio Sexual, onde Michael Douglas abria seus e-mails após um envelope tridimensional exibir uma mensagem recém chegada, ou mais recentemente Minority Report, onde Tom Cruise toca telas e arrasta com os dedos janelas tridimensionais que estão exibindo vídeos e outras informações.

Os sistemas operacionais têm, de certo modo, buscado alcançar essa visão. Mas essa afirmação não vale quando falamos de aplicativos corporativos ou comerciais em geral, e sem dúvida não vale quando falamos de aplicativos Web.

Mas vai passar a valer. O .NET Framework 3.0, através do Windows Presentation Foundation (ou somente WPF) vem preencher esse espaço, habilitando o desenvolvedor a realizar mais com menos. Construído com .NET, uma tecnologia que já havia demonstrado seu valor na construção de aplicativos de rápido desenvolvimento, performáticas, escaláveis e de baixo custo (entre diversas outras qualidades), o WPF traz à tona a preocupação da Microsoft em atender esse anseio comum em todos nós: um aplicativo que traga uma experiência de uso mais intensa, bonita e agradável, mantendo as qualidades de um aplicativo produtivo, eficiente e prático, que atende as necessidades a que se propôs, mas de forma mais elegante.

Ainda que se leve em conta o fato de que o hardware somente agora está alcançando o nível necessário para a entrega de experiências quase cinemáticas, há de se considerar, na realidade, que tudo o que o WPF realiza era possível de ser feito antes dele, mas não com a produtividade trazida por ele.

Antes do aparecimento do WPF, qualquer software que se dispusesse a possuir um visual mais agradável teria um grande custo adicionado ao seu projeto. Diante disso, o WPF não é revolucionário no que entrega, mas no fato de habilitar qualquer desenvolvedor a realizar essa entrega em pouco tempo, com qualidade e altíssima produtividade.

Esse artigo vai focar nos pontos básicos dessa tecnologia, que é composta de dezenas de componentes e é bastante complexa. Ela é tida como uma tecnologia com uma curva levemente demorada de aprendizado, mas uma vez dominada, torna-se fácil de trabalhar e manipular.

Ferramentas, o que eu preciso?

Já existem ferramentas para trabalhar com WPF, mas muitas ainda estão sendo desenvolvidas ou aprimoradas. As ferramentas que permitem o início do contato com o desenvolvimento com WPF são as seguintes, na ordem em que deve ser instaladas:

.NET Framework 3.0;

Windows Software Development Kit for Windows Vista;

Visual Studio 2005 extensions for .NET Framework 3.0 (WCF & WPF), November 2006 CTP;

Expression Blend.

Assume-se que o Visual Studio 2005 já está instalado (pode ser a versão Express). Os três primeiros itens são gratuitos e você os encontra através do seguinte endereço: msdn2.microsoft.com/en-us/windowsvista/aa904955.aspx.

O Expression Blend tem um foco maior no design gráfico e é opcional para o acompanhamento deste artigo. Está disponível para trial no seguinte endereço: www.microsoft.com/expression.

Não é necessário instalar o .NET Framework no Windows Vista, ele já vem instalado. O SDK do Windows Vista roda tanto no XP quanto no Vista e traz diversos exemplos de código e ferramentas, entre elas uma que utilizaremos bastante, o XAMLPad.

O que é WPF?

O WPF é parte do .NET Framework 3.0 e é constituído por um conjunto de classes. A Figura 1 mostra claramente onde o WPF se encaixa no Framework, e também mostra que o .NET Framework se apóia totalmente no conhecido .NET Framework 2.0 para realizar suas ações.

 

Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo