Atenção: esse artigo tem um vídeo complementar. Clique e assista!

De que se trata o artigo

Este artigo apresenta as principais rotinas para manipulação de textos do tipo String utilizando o C#, tarefas do dia a dia como criar, formatar, substituir, copiar, verificar tamanho e conteúdo nulo, remover caracteres etc.

Para que serve

Conhecer como manipular strings é essencial para que o desenvolvedor possa criar aplicações em uma determinada linguagem, com C# não é diferente, desde uma simples apresentação de texto na tela a até inclusão ou remoção de valores dentro da string, essas tarefas fazem parte do dia a dia do desenvolvedor.

Em que situação o tema é útil

Para manipular strings evitando recriar métodos que já existam, o desenvolvedor precisa conhecer o que a plataforma de desenvolvimento pode oferecer, pois assim saberá como lidar com a manipulação de textos da melhor forma e aproveitando os recursos existentes.

Strings

O desenvolvedor, durante a criação de aplicativos em qualquer linguagem de programação, lida com algumas tarefas consideradas básicas e essenciais, uma delas é a manipulação de textos. A linguagem C# juntamente com o framework .net possui diversos recursos que visam prover suporte a essas tarefas, veremos no artigo como utilizar alguns desses recursos.

A plataforma .net da Microsoft atualmente é uma das mais poderosas tecnologias para o desenvolvimento de aplicações, podendo criar aplicativos para diversas finalidades. O framework é maduro e com tecnologia capaz de proporcionar ao desenvolvedor a possibilidade de aplicar as melhores práticas de desenvolvimento do mercado.

Desde o início do Framework .net e do Visual C#, diversos recursos dessas tecnologias foram disponibilizadas para a manipulação de strings, a cada nova versão, novos recursos são adicionados e melhorias são implementadas visando uma melhor performance e a inclusão de suporte a tecnologias mais recentes. Tudo isso faz da plataforma .net uma das principais tecnologias na área de desenvolvimento de software. Juntamente com o Framework .net e do Visual C#, diversas ferramentas de apoio ou tecnologias compatíveis foram se integrando a plataforma. Um destaque em relação aos recursos e produtividade é o Visual Studio, o IDE da Microsoft para a criação de softwares é parte fundamental do sucesso da plataforma, ele cresce rapidamente acompanhando o que existe de mais novo no mundo de desenvolvimento de aplicativos.

Atualmente a versão do Framework .net é a 4.0, o Visual Studio está na versão 2010 e possui diversas divisões, tendo uma versão gratuita chamada Express que é ideal para o desenvolvedor iniciante na plataforma, esta versão é compatível com os exemplos deste artigo.

A manipulação de textos é uma tarefa comum em uma aplicação. Ao desenvolver um software, em determinado momento pode ser necessário conhecer mais a fundo como manipular strings. Por mais básica que a tarefa possa parecer, ela tem muitos detalhes e o desenvolvedor que está começando com a sua jornada de aprendizado em uma linguagem, precisa conhecer como realizar a manipulação de textos em uma aplicação.

Em C# uma string é uma coleção de caracteres, derivada da classe System.String. Quando utilizamos um objeto do tipo String, nós estamos utilizando um objeto imutável, ou seja, ele não sofre alterações. Por exemplo, vamos supor que tenhamos uma variável chamada nome, do tipo string e que contém o valor "alexandre". Se utilizarmos o método ToUpper() da string, com o objetivo de transformar o conteúdo da variável em maiúsculo, o objeto string não é alterado, na realidade, é criado um novo e passado como retorno. O objeto original fica imutável, sendo assim, nenhuma operação com este objeto poderá modificá-lo.

Outra classe da plataforma .net oferece a possibilidade de mudar o objeto, a classe StringBuilder. As operações que incidem sobre esse objeto modificam o elemento originalmente criado, como ele não cria um novo retorno, esse tipo de classe é mais utilizada em operações onde uma string será incrementada em etapas, como por exemplo, a criação de uma string dentro de um loop. Conforme o sistema percorre o loop, a string é criada através do StringBuilder, consumindo menos memória e aumentando a performance.

...
Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo