msdn18_capa.gif

Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

 

Explorando o Visual Studio .NET 2003 (Parte I)

por André Furtado

Este artigo discute

Este artigo usa as seguintes tecnologias:

·          Diferenças entre versões do VS.NET 2003

·          Cuidados de instalação

·          Projetos e Soluções

·          Suporte a edição e compilação

·          Referências entre projetos

Visual C#,  Visual Studio .NET

 

Download:

 

Chapéu

VS.NET 2003

 

 

O Visual Studio .NET 2003 não é apenas mais uma IDE (Integrated Development Environment) para o desenvolvimento de aplicações. Se você consultar a definição da própria Microsoft para a Plataforma .NET, verá que o VS.NET é um dos principais pilares da tecnologia, permitindo concretizar produtivamente as vantagens dos conceitos de programação multi-linguagem, código gerenciado, Web services, acesso desconectado a dados e tantos outros que compõem a plataforma. Dominar o VS.NET, portanto, significa conhecer o melhor caminho para aplicar .NET ao desenvolvimento, instalação e manutenção de aplicações para a plataforma Windows, Web e dispositivos móveis.

Este tutorial, dividido em duas partes, foca naqueles que têm pouca ou nenhuma experiência com o VS.NET. Os usuários veteranos, entretanto, também encontrarão muitas dicas úteis para melhorar ainda mais sua produtividade e domínio da ferramenta. Utilizarei a linguagem C# para os exemplos, mas ressalto a facilidade de conversão dos mesmos para Visual Basic .NET.

 

Que Versão do VS.NET 2003 Devo Escolher?

Existem quatro diferentes versões do VS.NET 2003:

·         Visual Studio .NET 2003 Enterprise Architect;

·         Visual Studio .NET 2003 Enterprise Developer;

·         Visual Studio .NET 2003 Professional;

·         Visual Studio .NET 2003 Academic.

 

Estas versões são diferenciadas pelo pacote de softwares que acompanha a IDE e por funcionalidades para o desenvolvimento de aplicações em um contexto corporativo. Escolher que versão do VS.NET 2003 se adequa melhor para você ou sua empresa depende de suas necessidades.

Algumas funcionalidades são compartilhadas por todas as versões, como o suporte a diferentes linguagens de programação (Visual Basic .NET, Visual C# .NET, Visual C++ .NET e Visual J# .NET), suporte a desenvolvimento para diferentes plataformas-alvo (Windows, Web e dispositivos móveis), suporte ao desenvolvimento ágil para camadas de dados e integração com servidores, entre outras.

Além de apresentar todas as funcionalidades da versão Professional, a versão Academic contém a ferramenta Assignment Manager, para a facilitação de atividades executadas por professores e alunos. A versão Enterprise Developer, por sua vez, combina todas as funcionalidades da versão Professional com funcionalidades para o desenvolvimento em times, numa escala organizacional, como ferramentas de teste para aplicações Web, templates organizacionais de projetos, provedor de dados .NET para bancos Oracle e versões completas de servidores (Windows Server 2003, SQL Server 2000, etc.) para desenvolvimento e testes, entre outras.

A versão Enterprise Architect, por fim, combina todas as funcionalidades da versão Enterprise Developer com funcionalidades destinadas a arquitetos de software e desenvolvedores avançados, como o Microsoft Visio para a modelagem do banco de dados e da arquitetura da aplicação, o BizTalk Server para a orquestração de processos de negócio e a criação de ajuda customizada na IDE, entre outras.

Cuidados de Instalação

Apesar de ser possível desenvolver aplicações no VS.NET 2003 para sistemas operacionais como o Windows98, Windows Me (Millennium Edition) e Windows 95, a ferramenta só pode ser instalada em máquinas Windows 2000 (Professional ou Server), Windows XP (Home, Professional, Media Center ou Tablet PC Edition) e Windows Server 2003.

Ao contrário do que se poderia imaginar, não é necessária uma configuração de hardware muito poderosa para a instalação e execução o VS.NET 2003. A partir de um Pentium II de 450MHz, com 160MB de RAM já é possível. Obviamente, a satisfação na experiência de uso do VS.NET é diretamente proporcional à capacidade da máquina. ...

Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo