msdn20_capa.JPG

Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

 

Rede ou peixe?

por Mauro Sant’Anna

Outro dia eu estava assistindo uma apresentação sobre um novo produto de software e uma das apregoadas vantagens é que o produto “utilizava a tecnologia mais moderna existente” (estava até escrito com todas as letras em um slide). Vantagem? Como isto em si pode ser uma vantagem? Uma tecnologia nova é por definição pouco provada, instável e de futuro duvidoso. Não é algo que você deva estar lá muito ansioso para comprar, por si só, muito pelo contrário. A princípio é muito mais seguro e eficiente usar coisas que comprovadamente funcionam, ou seja, tecnologias antigas. Pode até ser que a novidade traga algum recurso intrínseco que não exista em outras tecnologias e você até aceite correr o risco de usar a nova tecnologia para obter este novo recurso. Por exemplo, usar uma rede local sem fio Wi-Fi é pior que uma rede local de 100MBits com fio sob muitos aspectos. A rede sem fio é mais lenta, menos confiável, menos segura e ainda exige uma placa especial que muitos computadores não têm. No entanto, se você desejar verificar seu e-mail sentado em um saguão de aeroporto, a rede Wi-Fi é uma boa opção, pois não existem portas ethernet nos assentos de nenhum aeroporto que eu conheça. Você aceita os problemas do Wi-Fi para poder ler o seu e-mail. Mas se a sua mesa no escritório tiver uma porta ethernet, ela provavelmente é uma melhor escolha. Trocar uma rede com fio por uma sem fio só porque a rede sem fio é uma tecnologia mais moderna é uma tremenda burrice. ...

Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo