As interfaces gráficas do usuário (GUI – Graphic User Interface) são bastante populares no uso de softwares em geral, e os programadores devem estar aptos a trabalhar com a criação de interfaces, já que torna o uso mais fácil além de aumentar a produtividade.

Para quem trabalha com desenvolvimento em Python, existem diversos frameworks e ferramentas que permitem a criação interfaces gráficas.

A seguir podemos ver alguns frameworks gráficos que permitem desenvolver interfaces em Python:

Saiba mais Confira Curso de Python

  • WxWidgets;
  • Tkinter;
  • Kivy;
  • PyGTK;
  • PySide;
  • QT.

Estes frameworks listados são apenas alguns que podem ser usados para criar interfaces em Python. Ao longo deste artigo você verá como criar interfaces usando a biblioteca Tkinter.

O que é Tkinter?

Tkinter é uma biblioteca da linguagem Python que acompanha a instalação padrão e permite desenvolver interfaces gráficas. Isso significa que qualquer computador que tenha o interpretador Python instalado é capaz de criar interfaces gráficas usando o Tkinter, com exceção de algumas distribuições Linux, exigindo que seja feita o download do módulo separadamente

Por que usar Tkinter?

Um dos motivos de estarmos usando o Tkinter como exemplo é a sua facilidade de uso e recursos disponíveis. Outra vantagem é que é nativo da linguagem Python, tudo o que precisamos fazer é importá-lo no momento do uso, ou seja, estará sempre disponível.

Instalação e primeiro uso do Tkinter

Para que você possa trabalhar com Tkinter, é necessário que tenha pelo menos algum conhecimento em Python, então, não abordaremos a instalação padrão do interpretador e seus recursos.

A instalação padrão do Python acompanha além do interpretador, um ambiente de desenvolvimento, o IDLE, que está incluso no pacote Python na maioria das versões, com exceção de algumas distribuições Linux.

Na Figura 1 vemos o ambiente de desenvolvimento incluso no pacote Python, que por sinal, foi feito com o próprio Tkinter.

IDLE Python
Figura 1. IDLE Python

Durante todos os exemplos do artigo estaremos usando o IDLE na versão 3.5 do Python.

O Tkinter já vem por padrão na maioria das instalações Python, então tudo que temos que fazer é importar a biblioteca.

Para importar todo o conteúdo do módulo usamos o seguinte comando:

From Tkinter import *

Conceitos de GUI (Graphic User Interface)

Uma GUI aborda muitos conceitos, dos quais os mais comuns são:

  • Container – É uma analogia a um container físico e tem como objetivo organizar e guardar objetos. Da mesma forma este conceito serve para um container em interface. Nesse caso, os objetos que estamos armazenando são os widgets;
  • Widget – É um componente qualquer na tela, que pode ser um botão, um ícone, uma caixa de texto, etc.;
  • Event Handler – São tratadores de eventos. Por exemplo, ao clicarmos em um botão para executar uma ação, uma rotina é executada. Essa rotina é chamada de event handler;
  • Event Loop – O event loop verifica constantemente se outro evento foi acionado. Caso a hipótese seja verdadeira, ele irá executar a rotina correspondente.

Montando a interface

Vamos começar a montar a interface. Começaremos a escrever nosso primeiro código usando a Listagem 1.

Listagem 1. Início da interface - Criando frame top level.

  class Application:
      def __init__(self, master=None):
          pass
  root = Tk()
  Application(root)
  root.mainloop()

Vamos entender o código: primeiro importamos todos os componentes do módulo Tkinter. Logo após, criamos uma classe chamada Application, que no momento ainda não possui nenhuma informação. É nela que criaremos os controles que serão exibidos na tela.

Depois instanciamos a classe TK() através da variável root, que foi criada no final do código. Essa classe permite que os widgets possam ser utilizados na aplicação.

Em Application(root) passamos a variável root como parâmetro do método construtor da classe Application. E para finalizar, chamamos o método root.mainloop() para exibirmos a tela. Sem o event loop, a interface não será exibida.

O código foi salvo em um arquivo .py (extensão Python) e depois executado. O resultado obtido é o mesmo da Figura 2.

Primeiro contato com a GUI
Figura 2. Primeiro contato com a GUI

Adicionando Widgets e montando a interface

Para poder trabalhar com widgets é necessário entender o conceito de container, que é uma estrutura onde os widgets são colocados. Por questão de organização e para sua correta criação, definimos os containeres, e dentro de cada container, um ou mais widgets que o compõe.

Com a Figura 3 entenderemos melhor os conceitos de container e widget.

Containeres e widgets
Figura 3. Containeres e widgets

Sempre que um container for criado dentro de outro, devemos, no momento de sua criação, definir qual é o container pai. A mesma questão de hierarquia serve para a criação de widgets, devendo ser definido na sua criação qual o container pai, ou seja, em que container ele será incluído.

Logo após definirmos a hierarquia de containeres e widgets, podemos posicionar os elementos na tela, indicando a posição em que o elemento irá aparecer.

O módulo Tkinter oferece três formas de trabalharmos com geometria e posicionamento:

  1. Pack;
  2. Grid;
  3. Place.

Neste artigo abordaremos o gerenciador de posicionamento Pack. Caso um widget não seja aplicado a nenhum gerenciador geométrico, ele continua existindo, mas invisível ao usuário.

Vamos criar nosso primeiro widget, como uma caixa de texto dentro do container principal, como mostra a Listagem 2.

Listagem 2. Adicionando o primeiro widget à interface.

  1   from tkinter import *
  2   class Application:
  3   def __init__(self, master=None):
 4          self.widget1 = Frame(master)
 5          self.widget1.pack()
 6          self.msg = Label(self.widget1, text="Primeiro widget")
 7          self.msg.pack ()
  8   root = Tk()
 9   Application(root)
 10  root.mainloop()

O código resultará na interface da Figura 4.

Criando o primeiro widget
Figura 4. Criando o primeiro widget

Comparando com a primeira figura, quando não tínhamos definido nenhum widget, a tela diminuiu de tamanho. Isso aconteceu porque como não tinha nenhum conteúdo definido e a tela assumiu o tamanho padrão, mas a partir do momento que definimos um widget dentro da janela top-level (principal), a mesma assumiu o tamanho deste widget.

Veja na linha 4 do código que criamos o primeiro container chamado widget1 e passamos como referência o container pai.

O frame master é o nosso top level, que é o elemento máximo da hierarquia, ou seja, é a nossa janela de aplicação, que contém o título, e botões de maximizar, minimizar e fechar.

Na linha 5 informamos o gerenciador de geometria pack e usamos um widget label para imprimir na tela as palavras "Primeiro widget" e informamos que o container pai é o widget1, que foi passado como parâmetro, conforme a linha 6.

Por fim, exibimos na tela mais uma vez, usamos o gerenciador pack (linha 7).

Agora, vamos adicionar outros widgets à nossa interface, conforme mostra a Listagem 3.

Listagem 3. Adicionando elemento do tipo button à interface.

  class Application:
      def __init__(self, master=None):
          self.widget1 = Frame(master)
          self.widget1.pack()
          self.msg = Label(self.widget1, text="Primeiro widget")
          self.msg["font"] = ("Verdana", "10", "italic", "bold")
          self.msg.pack ()
          self.sair = Button(self.widget1)
          self.sair["text"] = "Sair"
          self.sair["font"] = ("Calibri", "10")
          self.sair["width"] = 5
          self.sair["command"] = self.widget1.quit
          self.sair.pack ()
   
  root = Tk()
  Application(root)
  root.mainloop()

O código resultará na interface da Figura 5.

Adicionando um elemento
button
Figura 5. Adicionando um elemento button

Veja que adicionamos um widget do tipo Button e depois atribuímos os valores e estilização, como altura, largura e tipo da fonte a ser exibida.

Existem muitas outras configurações que podem ser usadas. Vamos ver mais algumas delas quando estivermos adicionando elementos à nossa interface.

Posicionando e atribuindo valores a elementos da tela

Quem já trabalha ou já trabalhou com CSS já está familiarizado com a maioria das configurações de estilo.

Vamos ver algumas configurações de estilo mais comuns que podemos definir:

  • Width – Largura do widget;
  • Height – Altura do widget;
  • Text – Texto a ser exibido no widget;
  • Font – Família da fonte do texto;
  • Fg – Cor do texto do widget;
  • Bg – Cor de fundo do widget;
  • Side – Define em que lado o widget se posicionará (Left, Right, Top, Bottom).

Por padrão, o side vem definido como Top, então vamos usá-lo para ver o que acontece.

Vamos modificar o último código, conforme mostra a Listagem 4.

Listagem 4. Usando o side para definir a localização do widget

  from tkinter import *
   
  class Application:
      def __init__(self, master=None):
          self.widget1 = Frame(master)
          self.widget1.pack(side=RIGHT)
          self.msg = Label(self.widget1, text="Primeiro widget")
          self.msg["font"] = ("Verdana", "10", "italic", "bold")
          self.msg.pack ()
          self.sair = Button(self.widget1)
          self.sair["text"] = "Sair"
          self.sair["font"] = ("Verdana", "10")
          self.sair["width"] = 5
          self.sair["command"] = self.widget1.quit
          self.sair.pack (side=RIGHT)
  root = Tk()
  Application(root)
  root.mainloop()

O resultado é o mesmo da Figura 6.

Posicionando widget à direita com o Side
Figura 6. Posicionando widget à direita com o Side

Adicionamos a configuração pack(side=RIGHT) no elemento de texto e ele se alinhou à direita, colocando o restante do conteúdo na área restante.

Aplicando o event handler

Os event handlers são ações que executadas como resposta a determinado evento. Sempre que um evento ocorre, o event loop o interpreta como uma string. Por exemplo, ao clicar com o botão esquerdo do mouse, o event loop interpreta esta ação pela string "<Button-1>": o botão ENTER é representado pela string "<Return>" e o botão direito do mouse pela string "<Button-3>".

Vamos começar a usar esses conceitos. Para adicionar um evento de clique devemos primeiro criar o método event handler e fazer o binding no botão, conforme mostra a Listagem 5.

Listagem 5. Usando binding e event handler

  from tkinter import *
   
  class Application:
      def __init__(self, master=None):
          self.widget1 = Frame(master)
          self.widget1.pack()
          self.msg = Label(self.widget1, text="Primeiro widget")
          self.msg["font"] = ("Calibri", "9", "italic")
          self.msg.pack ()
          self.sair = Button(self.widget1)
          self.sair["text"] = "Clique aqui"
          self.sair["font"] = ("Calibri", "9")
          self.sair["width"] = 10
          self.sair.bind("<Button-1>", self.mudarTexto)
          self.sair.pack ()
   
      def mudarTexto(self, event):
          if self.msg["text"] == "Primeiro widget":
              self.msg["text"] = "O botão recebeu um clique"
          else:
              self.msg["text"] = "Primeiro widget"
   
   
  root = Tk()
  Application(root)
  root.mainloop()

Quando executamos este código e o botão que foi criado recebe um clique, o texto é modificado na tela, graças ao event handler associado ao bind, como mostra a Figura 7.

Adicionando um event handler
Figura 7. Adicionando um event handler

Perceba que quando criamos o método mudarTexto() adicionamos dois parâmetros: o self e o event. Nesse caso eles são obrigatórios para o funcionamento e devem ser sempre os dois primeiros parâmetros do método.

Outra opção que temos é passar diretamente o comando como atributo do widget, conforme mostra a Listagem 6.

Listagem 6. Utilizando o command.

  from tkinter import *
   
  class Application:
      def __init__(self, master=None):
          self.widget1 = Frame(master)
          self.widget1.pack()
          self.msg = Label(self.widget1, text="Primeiro widget")
          self.msg["font"] = ("Calibri", "9", "italic")
          self.msg.pack ()
          self.sair = Button(self.widget1)
          self.sair["text"] = "Clique aqui"
          self.sair["font"] = ("Calibri", "9")
          self.sair["width"] = 10
          self.sair["command"] = self.mudarTexto
          self.sair.pack ()
   
      def mudarTexto(self):
          if self.msg["text"] == "Primeiro widget":
              self.msg["text"] = "O botão recebeu um clique"
          else:
              self.msg["text"] = "Primeiro widget"
   
   
   
  root = Tk()
  Application(root)
  root.mainloop()

No código não foi preciso passar o argumento event como parâmetro do método, já que passamos o evento como atributo de um widget e assim ele estará sempre associado ao clique do mouse, não sendo necessário passar a string <Button-1>.

Recebendo dados do usuário

Para receber dados do usuário vamos usar o widget Entry, onde os mesmos são capturados como string, de forma semelhante ao método input.

Vamos criar uma entrada de dados simples utilizando o Entry, como mostra a Listagem 7.

Listagem 7. Recebendo dados com o Entry.

  from tkinter import *
   
  class Application:
      def __init__(self, master=None):
          self.fontePadrao = ("Arial", "10")
          self.primeiroContainer = Frame(master)
          self.primeiroContainer["pady"] = 10
          self.primeiroContainer.pack()
   
          self.segundoContainer = Frame(master)
          self.segundoContainer["padx"] = 20
          self.segundoContainer.pack()
   
          self.terceiroContainer = Frame(master)
          self.terceiroContainer["padx"] = 20
          self.terceiroContainer.pack()
   
          self.quartoContainer = Frame(master)
          self.quartoContainer["pady"] = 20
          self.quartoContainer.pack()
   
          self.titulo = Label(self.primeiroContainer, text="Dados do usuário")
          self.titulo["font"] = ("Arial", "10", "bold")
          self.titulo.pack()
   
          self.nomeLabel = Label(self.segundoContainer,text="Nome", font=self.fontePadrao)
          self.nomeLabel.pack(side=LEFT)
   
          self.nome = Entry(self.segundoContainer)
          self.nome["width"] = 30
          self.nome["font"] = self.fontePadrao
          self.nome.pack(side=LEFT)
   
          self.senhaLabel = Label(self.terceiroContainer, text="Senha", font=self.fontePadrao)
          self.senhaLabel.pack(side=LEFT)
   
          self.senha = Entry(self.terceiroContainer)
          self.senha["width"] = 30
          self.senha["font"] = self.fontePadrao
          self.senha["show"] = "*"
          self.senha.pack(side=LEFT)
   
          self.autenticar = Button(self.quartoContainer)
          self.autenticar["text"] = "Autenticar"
          self.autenticar["font"] = ("Calibri", "8")
          self.autenticar["width"] = 12
          self.autenticar["command"] = self.verificaSenha
          self.autenticar.pack()
   
          self.mensagem = Label(self.quartoContainer, text="", font=self.fontePadrao)
          self.mensagem.pack()
   
      #Método verificar senha
      def verificaSenha(self):
          usuario = self.nome.get()
          senha = self.senha.get()
          if usuario == "usuariodevmedia" and senha == "dev":
              self.mensagem["text"] = "Autenticado"
          else:
              self.mensagem["text"] = "Erro na autenticação"
   
   
  root = Tk()
  Application(root)
  root.mainloop()
  

A execução do código resultará na Figura 8.

Utilizando o widget Entry para entrada de dados
Figura 8. Utilizando o widget Entry para entrada de dados

Veja no código que tudo que precisamos fazer para receber a entrada foi usar o widget Entry e informar o container em que foi aplicado.

Usamos também o método get() para recuperar o texto que foi digitado pelo usuário e atribuímos as variáveis usuario e senha.

Criando uma pequena aplicação com Banco de dados

Agora vamos criar uma pequena aplicação com os comandos já vistos até agora e mais alguns que veremos durante o desenvolvimento de nossa aplicação com acesso ao banco de dados.

Para acessarmos o mesmo usaremos o módulo DBI (DataBase Interface), que usa uma API para se comunicar com o banco de dados.

No exemplo usaremos o SQLite, que já vem incorporado ao módulo DBI. Então podemos acessá-lo sem necessidade de instalar módulos externos.

O SQLite cria um arquivo com extensão .db em disco, contendo todas as tabelas da aplicação.

Vamos à estrutura da nossa aplicação, onde criaremos três arquivos:

  1. App.py (Conterá os containeres da interface e executará a aplicação);
  2. Usuarios.py (Classe de modelo para usuários);
  3. Banco.py (Classe de banco de dados).

Começaremos pelo nosso arquivo Banco.py. Primeiro devemos importar o módulo do SQLite:

  #importando módulo do SQlite
  Import sqlite3

Após isso, seguimos com o restante do código do arquivo, conforme mostra a Listagem 8.

Listagem 8. Banco.py

  class Banco():
   
      def __init__(self):
          self.conexao = sqlite3.connect('banco.db')
          self.createTable()
   
      def createTable(self):
          c = self.conexao.cursor()
   
          c.execute("""create table if not exists usuarios (
                       idusuario integer primary key autoincrement ,
                       nome text,
                       telefone text,
                       email text,
                       usuario text,
                       senha text)""")
          self.conexao.commit()
          c.close()

Já criamos nosso arquivo de conexão com o banco de dados e agora criaremos o arquivo usuarios.py, conforme mostra a Listagem 9.

Listagem 9. Usuarios.py

  from Banco import Banco
   
  class Usuarios(object):
   
   
      def __init__(self, idusuario = 0, nome = "", telefone = "", email = "", usuario = "", senha = ""):
          self.info = {}
          self.idusuario = idusuario
          self.nome = nome
          self.telefone = telefone
          self.email = email
          self.usuario = usuario
          self.senha = senha
   
   
      def insertUser(self):
   
          banco = Banco()
          try:
   
              c = banco.conexao.cursor()
   
              c.execute("insert into usuarios (nome, telefone, email, usuario, senha) values ('" + self.nome + "', '" + self.telefone + "', '" + self.email + "', '" + self.usuario + "', '" + self.senha + "' )")
   
              banco.conexao.commit()
              c.close()
   
              return "Usuário cadastrado com sucesso!"
          except:
              return "Ocorreu um erro na inserção do usuário"
   
      def updateUser(self):
   
          banco = Banco()
          try:
   
              c = banco.conexao.cursor()
   
              c.execute("update usuarios set nome = '" + self.nome + "', telefone = '" + self.telefone + "', email = '" + self.email + "', usuario = '" + self.usuario + "', senha = '" + self.senha + "' where idusuario = " + self.idusuario + " ")
   
              banco.conexao.commit()
              c.close()
   
              return "Usuário atualizado com sucesso!"
          except:
              return "Ocorreu um erro na alteração do usuário"
   
      def deleteUser(self):
   
          banco = Banco()
          try:
   
              c = banco.conexao.cursor()
   
              c.execute("delete from usuarios where idusuario = " + self.idusuario + " ")
   
              banco.conexao.commit()
              c.close()
   
              return "Usuário excluído com sucesso!"
          except:
              return "Ocorreu um erro na exclusão do usuário"
   
      def selectUser(self, idusuario):
          banco = Banco()
          try:
   
              c = banco.conexao.cursor()
   
              c.execute("select * from usuarios where idusuario = " + idusuario + "  ")
   
              for linha in c:
                  self.idusuario = linha[0]
                  self.nome = linha[1]
                  self.telefone = linha[2]
                  self.email = linha[3]
                  self.usuario = linha[4]
                  self.senha = linha[5]
   
              c.close()
   
              return "Busca feita com sucesso!"
          except:
              return "Ocorreu um erro na busca do usuário"

Já temos a classe de conexão com o banco de dados e a classe que modela o usuário.

O próximo passo é utilizar os dados dessas duas classes no nosso arquivo de execução App.py, que terá a nossa interface, como mostra a Listagem 10.

Listagem 10. App.py (Interface)

  from Usuarios import Usuarios
  from tkinter import *
   
  class Application:
      def __init__(self, master=None):
          self.fonte = ("Verdana", "8")
   
          self.container1 = Frame(master)
          self.container1["pady"] = 10
          self.container1.pack()
          self.container2 = Frame(master)
          self.container2["padx"] = 20
          self.container2["pady"] = 5
          self.container2.pack()
          self.container3 = Frame(master)
          self.container3["padx"] = 20
          self.container3["pady"] = 5
          self.container3.pack()
          self.container4 = Frame(master)
          self.container4["padx"] = 20
          self.container4["pady"] = 5
          self.container4.pack()
          self.container5 = Frame(master)
          self.container5["padx"] = 20
          self.container5["pady"] = 5
          self.container5.pack()
          self.container6 = Frame(master)
          self.container6["padx"] = 20
          self.container6["pady"] = 5
          self.container6.pack()
          self.container7 = Frame(master)
          self.container7["padx"] = 20
          self.container7["pady"] = 5
          self.container7.pack()
          self.container8 = Frame(master)
          self.container8["padx"] = 20
          self.container8["pady"] = 10
          self.container8.pack()
          self.container9 = Frame(master)
          self.container9["pady"] = 15
          self.container9.pack()
   
          self.titulo = Label(self.container1, text="Informe os dados :")
          self.titulo["font"] = ("Calibri", "9", "bold")
          self.titulo.pack ()
   
          self.lblidusuario = Label(self.container2, text="idUsuario:", font=self.fonte, width=10)
          self.lblidusuario.pack(side=LEFT)
   
          self.txtidusuario = Entry(self.container2)
          self.txtidusuario["width"] = 10
          self.txtidusuario["font"] = self.fonte
          self.txtidusuario.pack(side=LEFT)
   
          self.btnBuscar = Button(self.container2, text="Buscar", font=self.fonte, width=10)
          self.btnBuscar["command"] = self.buscarUsuario
          self.btnBuscar.pack(side=RIGHT)
   
          self.lblnome = Label(self.container3, text="Nome:", font=self.fonte, width=10)
          self.lblnome.pack(side=LEFT)
   
          self.txtnome = Entry(self.container3)
          self.txtnome["width"] = 25
          self.txtnome["font"] = self.fonte
          self.txtnome.pack(side=LEFT)
   
          self.lbltelefone = Label(self.container4, text="Telefone:", font=self.fonte, width=10)
          self.lbltelefone.pack(side=LEFT)
   
          self.txttelefone = Entry(self.container4)
          self.txttelefone["width"] = 25
          self.txttelefone["font"] = self.fonte
          self.txttelefone.pack(side=LEFT)
   
          self.lblemail= Label(self.container5, text="E-mail:", font=self.fonte, width=10)
          self.lblemail.pack(side=LEFT)
   
          self.txtemail = Entry(self.container5)
          self.txtemail["width"] = 25
          self.txtemail["font"] = self.fonte
          self.txtemail.pack(side=LEFT)
   
          self.lblusuario= Label(self.container6, text="Usuário:", font=self.fonte, width=10)
          self.lblusuario.pack(side=LEFT)
   
          self.txtusuario = Entry(self.container6)
          self.txtusuario["width"] = 25
          self.txtusuario["font"] = self.fonte
          self.txtusuario.pack(side=LEFT)
   
          self.lblsenha= Label(self.container7, text="Senha:", font=self.fonte, width=10)
          self.lblsenha.pack(side=LEFT)
   
          self.txtsenha = Entry(self.container7)
          self.txtsenha["width"] = 25
          self.txtsenha["show"] = "*"
          self.txtsenha["font"] = self.fonte
          self.txtsenha.pack(side=LEFT)
   
          self.bntInsert = Button(self.container8, text="Inserir", font=self.fonte, width=12
          self.bntInsert["command"] = self.inserirUsuario
          self.bntInsert.pack (side=LEFT)
   
          self.bntAlterar = Button(self.container8, text="Alterar", font=self.fonte, width=12)
          self.bntAlterar["command"] = self.alterarUsuario
          self.bntAlterar.pack (side=LEFT)
   
          self.bntExcluir = Button(self.container8, text="Excluir", font=self.fonte, width=12)
          self.bntExcluir["command"] = self.excluirUsuario
          self.bntExcluir.pack(side=LEFT)
   
          self.lblmsg = Label(self.container9, text="")
          self.lblmsg["font"] = ("Verdana", "9", "italic")
          self.lblmsg.pack()
   
   
      def inserirUsuario(self):
          user = Usuarios()
   
          user.nome = self.txtnome.get()
          user.telefone = self.txttelefone.get()
          user.email = self.txtemail.get()
          user.usuario = self.txtusuario.get()
          user.senha = self.txtsenha.get()
   
          self.lblmsg["text"] = user.insertUser()
   
          self.txtidusuario.delete(0, END)
          self.txtnome.delete(0, END)
          self.txttelefone.delete(0, END)
          self.txtemail.delete(0, END)
          self.txtusuario.delete(0, END)
          self.txtsenha.delete(0, END)
   
   
   
      def alterarUsuario(self):
          user = Usuarios()
   
          user.idusuario = self.txtidusuario.get()
          user.nome = self.txtnome.get()
          user.telefone = self.txttelefone.get()
          user.email = self.txtemail.get()
          user.usuario = self.txtusuario.get()
          user.senha = self.txtsenha.get()
   
          self.lblmsg["text"] = user.updateUser()
   
          self.txtidusuario.delete(0, END)
          self.txtnome.delete(0, END)
          self.txttelefone.delete(0, END)
          self.txtemail.delete(0, END)
          self.txtusuario.delete(0, END)
          self.txtsenha.delete(0, END)
   
   
   
      def excluirUsuario(self):
          user = Usuarios()
   
          user.idusuario = self.txtidusuario.get()
   
          self.lblmsg["text"] = user.deleteUser()
   
          self.txtidusuario.delete(0, END)
          self.txtnome.delete(0, END)
          self.txttelefone.delete(0, END)
          self.txtemail.delete(0, END)
          self.txtusuario.delete(0, END)
          self.txtsenha.delete(0, END)
   
   
      def buscarUsuario(self):
          user = Usuarios()
   
          idusuario = self.txtidusuario.get()
   
          self.lblmsg["text"] = user.selectUser(idusuario)
   
          self.txtidusuario.delete(0, END)
          self.txtidusuario.insert(INSERT, user.idusuario)
   
          self.txtnome.delete(0, END)
          self.txtnome.insert(INSERT, user.nome)
   
          self.txttelefone.delete(0, END)
          self.txttelefone.insert(INSERT,user.telefone)
   
          self.txtemail.delete(0, END)
          self.txtemail.insert(INSERT, user.email)
   
          self.txtusuario.delete(0, END)
          self.txtusuario.insert(INSERT, user.usuario)
   
          self.txtsenha.delete(0, END)
          self.txtsenha.insert(INSERT,user.senha)
   
   
   
  root = Tk()
  Application(root)
  root.mainloop()

O resultado será a interface da Figura 9, que mostra basicamente um CRUD (Create – Read – Update - Delete).

Interface CRUD com Tkinter
Figura 9. Interface CRUD com Tkinter

No artigo foi mostrado uma introdução ao Tkinter, que foi escolhido justamente pela quantidade de recursos que oferece, por ser relativamente simples e por ser nativo no pacote de instalação do Python.

Links Úteis

Saiba mais sobre Python ;)

  • Python:
    Neste Guia de Referência você encontrará todo o conteúdo que precisa para começar a programar com a linguagem Python e a desenvolver aplicações.
  • Curso de Python:
    Afinal, o que é Python? O Python é uma linguagem que permite criar bons códigos e de fácil manutenção.
  • Cursos de Python:
    Aqui você encontra os cursos para você se tornar um programador Python completo. Aprenda a desenvolver aplicações web com o framework Django e o Django Admin. Confira!