Guia de Linguagem

Automação Comercial


Nesse guia veremos como a automação comercial agiliza os processos nas empresas, aumentando a sua competitividade no mercado. Se você quer aumentar a eficiência de processos manuais.

Introdução

Se você está iniciando no mundo da automação comercial, é essencial saber os requisitos para desenvolver um software com esse objetivo e como o mesmo funciona em nosso país. Para lhe ajudar nessa etapa sugerimos os conteúdos abaixo:

NF-e e NFC-e

NF-e e NFC-e são dois modelos de documentos fiscais eletrônicos para operações que envolvam a circulação de mercadorias e serviços taxadas e regulamentadas pela receita federal brasileira.

Com o curso a seguir você confere uma introdução sobre esses documentos fiscais:

Conforme vimos, NF-e (Nota Fiscal Eletrônica) é um documento digital emitido e armazenado eletronicamente. O objetivo é criar um histórico entre a circulação de uma mercadoria ou a prestação de um serviço entre as partes envolvidas.

Veja com os artigos a seguir como gerar, assinar e validar notas fiscais eletrônicas partindo do zero utilizando o Delphi:

Depois de dar os seus primeiros passos no mundo de automação você precisará conhecer a NFC-e (Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica), que veio para substituir o cupom fiscal emitido pela impressora fiscal (ECF) quando fazemos uma determinada compra numa farmácia, loja de conveniência, restaurantes, etc.). Confira mais com os DevCasts a seguir:

Tributação

Agora que você decidiu usar o Delphi para desenvolver suas aplicações, é importante conhecer a sintaxe e os recursos da linguagem. Nesta seção separamos alguns conteúdos que lhe ajudarão neste ponto:

Impressora Fiscal

A impressora fiscal, comumente conhecida como ECF (Emissor de Cupom Fiscal) substituiu aquelas notas fiscais manuais nos estabelecimentos comerciais:

CFOP

O CFOP é um código numérico que tem o objetivo de identificar a natureza de circulação de cada mercadoria ou prestação de serviço em nosso país. Veja na sequência um conteúdo que fará você entender melhor como funciona o CFOP:

Transparência Fiscal

Um dos principais requisitos para a criação de um software de automação comercial é a transparência fiscal. O objetivo é mostrar deixar claro ao consumidor o valor dos impostos que incidem em cada compra de mercadoria ou serviço que ele venha a adquirir:

Bases de dados de CEP e IBGE

Uma boa base de dados com códigos do IBGE dos municípios é de suma importância para um software de automação comercial, pois é com esse código que as notas fiscais são transmitidas. Da mesma forma a base de dados de CEPs do Brasil também é amplamente utilizada nesse e em outros cenários, pois nos permite preencher endereços automaticamente e ainda evitar que endereços inválidos sejam cadastrados no banco. Nos exemplos abaixo disponibilizamos para você essas duas bases de dados completas para download:

Mais sobre Automação Comercial

Além dos posts sugeridos nesse guia, a DevMedia publica com frequência novos conteúdos sobre automação comercial; você pode conferir todo o acervo sobre Automação Comercial clicando aqui.

Ficou com alguma dúvida?