como funciona o sistema de anuncios em sites

21/11/2014

10

Em sites, como funciona o sistema de anuncios, alguem nos contata, quais as formas?
Responder

Posts

Acompanhando..
Responder

25/11/2014

Fabricio Alves

Acompanhando..


tambem, desde então...
Responder

25/11/2014

Rob2014

qual segmento?
você deseja anunciar o que?
Responder

25/11/2014

Soeuseijothaz

Em sites, como funciona o sistema de anuncios, alguem nos contata, quais as formas?


Para alguém te contacta seu site teria em ficar evidência e ter muitas visitas únicas. Agora tudo é possível vai que algum anunciante veja o site goste e vá lhe procurar.

Você conhece o Google Analitics? Com esta ferramente você consegue analisar o site de forma completa o que pode ajudá-lo em definir uma estratégia para anúncios. Pois com ele você consegui visualizar de onde esta vindo (localização geográfica) os visitantes, quais palavras pesquisadas estão levando ao seu site, quais área do site esta sendo mais visitada e etc.

Agora você pode ir atrás de anunciantes e vender cotas para colocação de banners no seu site. Vou te dar um exemplo. Eu trabalhei com um pessoal que tinha um site de festas. Como era novidade e esta pessoal tinha um programa no rádio, tinha um canal enorme de propaganda, o site tinha muitos acessos. Então mostrando os dados dos acessos era possível vender a colocação de banners na página principal do site e cobrar uma grana. Exemplo banner simples 250,00 e o banner clicável 500,00.

Resumidamente depende do conteúdo do site e dos serviços disponíveis.
Responder
Como funciona o Google Adsense? Alguém de vocês utiliza?
Responder

26/11/2014

Soeuseijothaz

Como funciona o Google Adsense? Alguém de vocês utiliza?


O Google Adsense não é difícil, bem pelo contrário, é até uma das maneiras mais fáceis de se ganhar dinheiro. Você não ficara milionário da noite para o dia, mas o processo em si é fácil. Você simplesmente coloca lá um código que o Google lhe fornece e pronto! O resto é tudo feito pelo Google: achar anunciantes, mostrar os anúncios, etc. O difícil é manter o interesse e acesso ao site e gerar os cliques nos anúncios.

A diferença entre o Adwords seriam os links patrocinados que VOCÊ paga para o Google para direcionar pessoas para o seu site. Adsense seriam os links que você coloca em seu site que o GOOGLE LHE PAGA conforme o número de cliques que estes gerarem.

Agora tudo se resume a conteúdo, relevância nas pesquisas e serviços do site.

Para aumentar relevância do site nos mecanismo de pesquisa usá-se uma técnica chamada SEO (Search Engine Optimization) onde através de alguns ajustes o site será melhor indexado no google, bing e yahoo search. Esta técnica junto com Google Analitics e as Ferramentas Webmaster do Google, lhe dará subsídios para analisar como o site esta sendo visto na web e como os usuários estão chagando até ele.

As questões seriam: o que o site teria de atrativo para que usuários voltassem a visitá-lo? Quais atrativos para novos usuários? E como fazer os usuários clicar nas propagandas do Adsense.

Quanto mais conteúdo de boa qualidade melhor. pois gera um ciclo de visitas.

Deu uma esclarecida?
Responder

26/11/2014

Fabricio Alves

qual segmento?
você deseja anunciar o que?


Algo direcionado a tecnologia.
Responder

26/11/2014

Fabricio Alves

Jothaz, deve-se ir atras desses anuncios ou os anuncios vem atras do site/nós?

Sobre o Google Adsense, é facil confirgurar? pode ser utilizado em blogs?
Responder

26/11/2014

Soeuseijothaz

Jothaz, deve-se ir atras desses anuncios ou os anuncios vem atras do site/nós?

Sobre o Google Adsense, é facil confirgurar? pode ser utilizado em blogs?


No caso seu site é voltado para tecnologia então possuir muitos acessos de novos usuários e uma audiência cativa pode ser que algum interessado lhe procure para anunciar. Acho difícil alguém vir atrás, pode acontecer, mas não é garantido. Então uma abordagem prática é correr atrás de anunciantes e convencê-los que com o conteúdo do site você terá muitos visitantes e manterá o interesse do site para visitas posteriores. É vender seu peixe. Inclusive tem sites que não tem um qualidade tão expressiva e consegue anunciantes

A coisa é cíclica. Conteúdo de boa qualidade atrai visitantes. Mantendo o conteúdo sempre atualizado mantém o interesse e cativa os vistantes. Este visitantes voltam e fazem um propaganda boa a boca que gera novos visitantes.

Outra coisa que não deve ser negligenciada é dar relevância ao site nos mecanismos de buscas. Quando qualquer termo relacionado a tecnologia for digitado seu site aparacer na lista. Isto certamente vai agregar novas visitas ao site. Para isto existe o SEO, como falei o post anterior. Parece bobagem, contudo faz toda a diferença e realmente funciona. O Google Analitics e as Ferramentas par Webmastres do Google vão lhe dar uma visão de quais termos estão sendo usados para se chegar ao seu site o que vai ajudar. O Analitics lhe dará uma visão de acesso por região (geolocalização) podendo lhe ajudar a definir em qual região esta mais forte e vender anúncios para esta região.

O Google Adsense é tranquilo demais veja no link como proceder, não é garantido o ganho, porém a forma mais simples para tentar monetizar o site.
http://www.google.com.br/adsense/start/


Só com complemento um canal do Youtube é bem mais fácil monetizar, claro depende do conteúdo, pois além dos inscritos existes a contatem das views por vídeo. Então munido do destes dados fica fácil alguém vir lhe procurar ou mesmo vender os anúncios.
Responder

26/11/2014

Fabricio Alves

Percebo bastante, não somente em areas de tecnologia, mas sites e blogs de jogos, comercio eletronico, existem no minimo uns tres canais de comunicação: site/blog, redes sociais e um canal no youtube, que na minha opinião muitos profissionais da area de tecnologia estão usando.
Responder

26/11/2014

Soeuseijothaz

Percebo bastante, não somente em areas de tecnologia, mas sites e blogs de jogos, comercio eletronico, existem no minimo uns tres canais de comunicação: site/blog, redes sociais e um canal no youtube, que na minha opinião muitos profissionais da area de tecnologia estão usando.


Página no Facebook, twitter, blog (se o site não for um blog) e canal no youtube com site gera um conjunto formidável para agregar interesse para o site e consequentemente atrair anunciantes.

Só que você terá de manter conteúdo de interesse em todos os canais e isto é trabalhoso. Se não for implementado corretamente mais atrapalha que ajuda.

O canal youtube é a forma mais rápida por causa dos inscritos e das views. E qualquer bobagem pode se tornar viral e passar a monetizá-lo pelo próprio Youtube.

Agora nada é garantido, você pode ter o maior trabalho e gerar vídeos incríveis e com conteúdo técnico de primeira, mas se não atrair visitantes não fará diferença. Enquanto que um vídeo de um gatinho com um pão na cabeça vira febre. Nada contra os felinos.
Responder

26/11/2014

Fabricio Alves

Eu entendi perfeitamente o que quis dizer, conteudo tecnico não chama muita atenção por ser um assunto mais "seletivo", existem canais incriveis que oferecem cursos completos outros com tutoriais realmente ricos em informações porem, com poucos inscritos e poucos likes.
Responder

27/11/2014

Soeuseijothaz

Infelizmente nenhum conteúdo de boa qualidade, referente a qualquer assunto, teria audiência garantida.

A busca por audiência pode ser um assunto bem polêmico:

Twitch não quer que você sensualize nas transmissões
Responder

27/11/2014

Fabricio Alves

Deve ser dificil manter um site pensando em manter um renda extra, a nossa sorte é que existem pessoas que realmente gostam de compartilhar conhecimento e merecem todo o nosso respeito!
Responder

27/11/2014

Soeuseijothaz

´
É difícil e extremamente trabalhoso, mas não impossível.

Comece com o Google Adsense, use as ferramentas que sugeri acima para analisar e fazer um raio X do site e corra atrás de anunciantes.

Persistindo e mantendo a qualidade certamente você poderá ser reconhecido.
Responder

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais sobre o uso de cookies,
consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa política.

Aceitar