Quer ter acesso a todos os cursos desse Guia?

Programador PHP

Descubra o melhor caminho para aprender PHP, sem perder tempo. Acompanhe os cursos e conteúdos indicados nesse Guia na ordem em que são propostos e prepare-se para decolar sua carreira de programador PHP!

Por que aprender PHP

Existem muitas razões para usar o PHP para a programação de aplicações web. Em primeiro lugar, é uma linguagem livre, sem taxas de licenciamento, de modo que o custo de usá-la é mínimo. Além disso você tem a liberdade de escolha de sistema operacional e de servidor web. Para lhe ajudar a planejar seus estudos separamos aqui um DevCast em que demos algumas dicas para quem está iniciando:

E aí, curtiu o bate-papo? Então dê o start nos estudos sobre essa linguagem com o curso abaixo, que lhe apresentará seus conceitos iniciais e principais características:

Para prosseguir e começar a programar em PHP você precisará prepara seu ambiente de desenvolvimento, instalando o interpretador da linguagem, um servidor web e um banco de dados. Todo esse processo é demonstrado no curso a seguir:

Pronto para conhecer a linguagem mais a fundo? Então vamos lá. Abaixo separamos dois conteúdos bem rápidos que lhe apresentarão em poucos minutos como realizar duas tarefas comuns na programação web: como criar uma classe e como receber dados de formulários. Na sequência você pode ver o curso completão sobre a linguagem:

Já o curso a seguir lhe apresentará um conceito muito importante que é o tratamento de exceções, fundamental para todo programador PHP:

Acesso a banco de dados

Na sequência você pode aprender a trabalhar com bancos de dados. Para dar os primeiros passos, confira os conteúdos abaixo:

Para conhecer os principais conteúdos que você precisa estudar, como programador, para trabalhar com bancos de dados, acesse:

Arquitetura MVC

O padrão MVC é amplamente utilizado no desenvolvimento de aplicações web, e saber implementá-lo é importante para garantir uma melhor qualidade e manutenibilidade do software. O próximo passo na sua linha de aprendizado é implementar esse padrão em PHP utilizando apenas recursos básicos da linguagem, ou seja, sem empregar frameworks. Mas antes disso, entenda melhor o que é o MVC:

Agora que vimos como funciona a estrutura MVC, percebemos que é comum que tenhamos um arquivo para cada classe da aplicação, ou seja, o número de arquivos em uma aplicação real tende a ser tão grande quanto o escopo que ela visa atender.

Para auxiliar na utilização desses diversos arquivos, normalmente utilizamos a técnica de autoload e, mais especificamente, é comum fazer isso usando o Composer, que é o gerenciador de dependências do PHP. Sendo assim, confira nos cursos abaixo o que é o Composer e como implementar o autoload, pois esses conceitos serão fundamentais para prosseguir no aprendizado do PHP com MVC.

Neste ponto, em que você já conhece os conceitos iniciais, já pode criar as suas primeiras aplicações utilizando o padrão MVC:

Falhas de gravação é um dos piores cenários que podemos pensar durante o desenvolvimento de software e podemos minimizar esse problema com o padrão Mestre/Detalhe, que conheceremos melhor com o conteúdo a seguir:

Laravel

O Laravel é atualmente um dos frameworks PHP mais utilizados no mercado. Ele implementa o padrão MVC e conta com diversos recursos que aceleram o desenvolvimento de aplicações web em PHP. Para começar a utilizá-lo sugerimos os cursos abaixo:

Em seguida, já conhecendo o framework, você pode praticar com os seguintes cursos, que lhe guiarão no desenvolvimento de aplicações reais com o Laravel:

O Laravel conta também com uma API de autenticação que simplifica a implementação de controles de acesso em suas aplicações. Para aprender a utilizá-la, confira o seguinte curso:

Após desenvolver suas aplicações web, sejam elas de interface gráfica ou web services, é hora de publicá-las. Para isso, atualmente é e comum o uso de plataformas de computação em nuvem, que oferecem mecanismos de publicação eficientes e fáceis de usar. Uma dessas plataformas é o Heroku, a qual usamos no curso abaixo para fazer o deploy do seu projeto Laravel na nuvem:

Web services RESTful com Laravel

O uso de web services está cada vez mais comum, principalmente devido ao grande crescimento de desenvolvimento mobile nos últimos anos, e a necessidade de integrar esses apps com projetos já existentes e desenvolvidos em diferentes linguagens.

O padrão REST é utilizado na construção de web services (chamados RESTful) que se baseiam no protocolo HTTP e que independem de linguagem de programação e plataforma. Sendo assim, ao construir um serviço RESTful em PHP, Java, C#, etc, ele poderá ser consumido por aplicações clientes construídas com qualquer tecnologia.

Para saber mais sobre esse padrão, confira o curso abaixo:

E aí, entendeu o que é REST? Então, mãos à obra! Você já pode desenvolver seus primeiros web services RESTful com Laravel, que também possui recursos para a criação desse tipo de aplicação:

E da mesma forma que fazemos em aplicações web com interface do usuário, é fundamental garantir a segurança de nossas APIs. No Laravel, uma forma de fazer isso é usando a biblioteca Passport:

Lumen

Vimos como é fácil trabalhar com o Laravel, mas imagine uma versão menor desse framework para pequenos serviços? Ele existe e chama-se Lumen. É um micro-framework baseado em Laravel, voltado para o desenvolvimento de aplicações de microsserviços e APIs RESTful. A seguir aprenderemos mais sobre ele, bem como a sua instalação e execução.

Para vermos na prática como é simples trabalhar com o Lumen aprenderemos a seguir a criar uma API que fornece dados para uma aplicação mobile. Veja que é um pedaço de uma aplicação maior, não necessitando de todos os recursos do Laravel, por exemplo. Daí o porque de usarmos o Lumem para esses casos ;)

Padrões e boas práticas

Agora que você já conhece a linguagem PHP é uma boa ideia se aprofundar em técnicas que lhe ajudarão a escrever códigos consistentes e com maior qualidade.

Você já olhou para um código que parecia errado, mas não soube dizer de imediato por quê? Pode ser que você tenha se deparado com um Code Smell e, acredite, se você não se livrar dele, esse incômodo ficará cada vez pior. Aprenda no DevCast a seguir o que é um Code Smell e o que fazer em relação a ele.

Na prática

E para por em prática os conteúdos aprendidos até aqui, veja abaixo um exemplo de como construir uma aplicação de cadastro em PHP, com validações no front-end e back-end, usando o Bootstrap para gerar comportamento responsivo:

Ao avançar na criação de diferentes aplicações, certamente será necessário, em algum momento, que algumas páginas sejam públicas, enquanto outras possam ser acessadas apenas por um grupo de usuários. O primeiro passo para isso é permitir que estes usuários se cadastrem no site.

Muitos sites contem um mecanismo de cadastro dividido em dois passos. No primeiro o usuário envia seus dados pessoais e uma senha para o servidor, que gera uma URL de confirmação de cadastro, enviada para o e-mail informado durante esse processo. Somente após o usuário acessar este endereço é que ele pode acessar as áreas restritas do site. No curso abaixo apresentamos como implementar esse comportamento em PHP.

Independentemente dos tipos de programa que você vai desenvolver, existem alguns passos a serem dados antes da codificação. A reunião de levantamento de requisitos trata desse momento, no qual planejamos como será aplicação e conhecemos, assim, as particularidades de suas funções. Assista no curso abaixo como essa reunião é conduzida.

Mais sobre PHP

Além dos cursos e exemplos sugeridos nesse guia, a DevMedia publica com frequência novos conteúdos sobre PHP, os quais você pode conferir nos Guias de Consulta abaixo:

Você também pode conferir todo o conteúdo de PHP clicando aqui.

Veja esse ebook
Crie sua conta grátis e baixe o e-book
Dê um upgrade no início da sua jornada.

Perguntas frequentes

Quem somos?
A DevMedia é uma escola de formação de programadores com mais de 20 anos de mercado. Já formamos mais de 100 mil programadores. A DevMedia ensina programação web, (desenvolvimento de site e aplicativos para celulares). A programação web é a área que mais contrata programadores em todo o mundo, sendo a maior porta de entrada para a área da tecnologia.
Por que a programação se tornou a profissão mais promissora da atualidade?
Nunca o mundo necessitou tanto de programadores como atualmente. Com a quarentena estabelecida pela Covid-19, lojas, restaurantes, escritórios e escolas, que tiveram suas atividades paralisadas, perceberam a urgente necessidade de adaptar seus negócios para o mundo digital. Em contrapartida as empresas de tecnologias, durante esse período, cresceram como nunca tanto em faturamento quanto em número de usuários. Com isso a necessidade de programadores cresceu muito. Empresas de grande e pequeno porte estão com vagas abertas e não conseguem contratar por falta de profissionais qualificados. No momento estima-se que o número de oportunidades no Brasil seja acima de 200 mil!
Como faço para começar a estudar?
Programação é um universo amplo, existem muitos caminhos e por isso é muito fácil se perder. Nosso conselho é: NÃO ESTUDE SOZINHO. Infelizmente 78% das pessoas que começam a estudar sozinhas desistem da profissão por não conseguirem aprender. Com uma boa orientação elas teriam conseguido! Se você tomou a decisão de entrar nesse mercado, faça um investimento no seu futuro e busque aprender com quem sabe. Isso vai triplicar suas chances de dominar a programação e conquistar uma vaga no mercado.
Em quanto tempo de estudo vou me tornar um programador?
O tempo depende, claro, da dedicação de cada estudante. A DevMedia ensina programação há 20 anos e com toda essa experiência montamos uma metodologia que tem como objetivo principal acelerar os seus estudos. Você terá um Plano de Estudo para te orientar em todos os passos do aprendizado. Desenvolverá diversos projetos reais para colocar em prática os conhecimentos e contará com o melhor suporte ao aluno da web. Todas as suas dúvidas serão respondidas de imediato. Seguindo nossa metodologia e se dedicando, entre 6 meses e um ano você já estará programando.
Sim, você pode se tornar um programador e não precisa ter diploma de curso superior!
Ser programador é uma das maiores oportunidades que o Brasil oferece para quem não tem condições de fazer uma faculdade. Muitas empresas contratam sem fazer questão de diploma, o que importa para elas é que o candidato seja um bom técnico e consiga atender suas necessidades. Os salários iniciais para programadores são de R$2.500 mil, podendo chegar aos R$15 mil para aqueles que se dedicam. Com disciplina e um estudo correto, que não te faça perder tempo, é possível se tornar um programador em menos de um ano de estudo. Quando você já estiver empregado, aí sim você pode se aprimorar ainda mais fazendo uma faculdade na área.
O que eu irei aprender estudando pela DevMedia?
Nossas trilhas de estudo te permitem virar um programador Full Stack, que é aquele programador mais completo, ele domina o desenvolvimento Front-end, Back-end e Mobile. Você ficará apto para criar sistemas para computadores e aplicativos para celulares. Utilizamos como base a linguagem JavaScript que é a linguagem mais utilizada no mundo. Outra vantagem do JavaScript é a quantidade de oportunidades no mercado de trabalho. É sem dúvida a linguagem que mais possui vagas e a que mais dá oportunidade para os iniciantes.
Principais diferenciais da DevMedia
Suporte ao aluno - O aluno conta com a ajuda de professores para tirar dúvidas durante toda a jornada de ensino. As perguntas são respondidas em menos de uma hora por professores experientes e atuantes no mercado. Gamificação - A plataforma de ensino é divertida e motivante. É como se o aluno estivesse dentro de um game. Ele terá seu card pessoal, que poderá ser customizado utilizando as moedas que ele ganha quando acerta os exercícios. Ele poderá também trocar suas moedas por outros produtos dentro da plataforma. Além disso, seus acertos contam pontos no ranking mensal dos alunos. Tudo isso deixa os estudos mais leves e motivantes. Didática - A DevMedia já ensina programação há mais de 20 anos. Desenvolvemos ao longo desse tempo uma metodologia que ensina a programar de verdade, com menos aulas e mais prática, são dezenas de projetos e exercícios que desenvolvem a mente programadora no aluno. Projetos reais - Durante os estudos os alunos irão desenvolver dezenas de projetos em cada uma das carreira (front-end, back-end e mobile). Mas o principal é que os projetos da DevMedia não são “copia e cola” como se encontra por aí. Aqui o aluno vai desenvolver os projetos de forma autônoma, recebendo claro a nossa mentoria e suporte, mas o aluno terá condições para desenvolvê-los sozinho. Milhares de exercícios - Programação é prática, por isso a cada nova matéria o aluno passará por um bloco de exercícios para fixar o conteúdo e cada acerto será bonificado com pontos e moedas e valem uma posição no ranking dos alunos.
Qual o investimento financeiro que preciso fazer para me tornar um programador?
Na internet é possível encontrar cursos de todos os preços, desde 50,00 a R$15.000,00. Os cursos de 50,00 são cursos avulsos, que explicam apenas pedaços de uma determinada matéria. Para criar um conhecimento completo você precisaria comprar no mínimo de 15 a 20 cursos avulsos e correria o risco deles não se complementarem tão perfeitamente e seu conhecimento ficaria cheio de "buracos". Os cursos de R$15.000,00 não fazem nenhum sentido. Deixe para investir em cursos caros quando quiser se especializar. Por esse preço você pode inclusive estudar fora do pais. Na DevMedia, você terá um plano de estudo montado por quem já formou mais de 100 mil alunos, e já está nesse mercado há mais de 20 anos. Somos a única plataforma que oferece Suporte ao Aluno em tempo real e uma experiência de estudos gamificada para te manter motivado durante todo o período de estudo. E o melhor, nosso pagamento é recorrente, você não precisa usar o limite do seu cartão de crédito para investir no seu futuro. Aproveite para se matricular agora mesmo.
Como funciona a forma de pagamento da DevMedia?
Para que você possa investir nos seus estudos sem complicar sua vida financeira, a DevMedia cobra o valor da assinatura de forma recorrente, Igual o Netflix. Todos os meses debitamos o valor da parcela em seu cartão de crédito, sem comprometer o limite total do cartão. :) As primeiras 3 parcelas custam R$89,90 e a partir do 4o mês sua parcela diminui para R$49,90! Assim ela pesa cada vez manos no seu bolso! Nesse modelo, a gente te ajuda a pagar seus estudos, mas você precisa ajudar a gente a pagar nossos custos. Por isso a assinatura recorrente tem uma fidelidade de um ano. Essa fidelidade também vai te ajudar a se manter comprometido com os seus estudos. Temos um trato?

Que tal ter acesso a um e-book gratuito que vai te ajudar muito nesse momento decisivo?

Ver ebook

Recomendado pra quem ainda não iniciou o estudos.

Eu quero
Ver ebook

Recomendado para quem está passando por dificuldades nessa etapa inicial

Eu quero

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários, consulte nossa política de privacidade.

Aceitar