CSS, dentro ou fora???

09/03/2013

1

pessoal, o que vc acham melhor, o css no proprio arquivo html ou é melhor separado?
ou existem situações para isso???
Responder

Posts

09/03/2013

Danilo Gomes

Prefiro separado, acho mais "bonito" e organizado.

No HTML é mais performático, mas isso é para situações extremas em que existe necessidade de performance.

O mesmo vale para js.
Responder

09/03/2013

Joel Rodrigues

Eu também prefiro manter o CSS e JS em arquivos separados, para manter a divisão das "camadas" layout, estilo, script bem definida.
Responder
Prefiro separado, acho mais "bonito" e organizado.

No HTML é mais performático, mas isso é para situações extremas em que existe necessidade de performance.

O mesmo vale para js.



melhor perfomance, pra dentro ou pra fora?
Responder
Eu também prefiro manter o CSS e JS em arquivos separados, para manter a divisão das "camadas" layout, estilo, script bem definida.


ja que vc citou o JS, eu coloco numa pasta especifica? e o nome mais comum? seria js mesmo?
Responder

09/03/2013

José

Concordo com os amigos em manter em pastas separadas
e geralmente salvo como css.css ou js.js
Responder
Concordo com os amigos em manter em pastas separadas
e geralmente salvo como css.css ou js.js


entendido, obrigado
Responder

09/03/2013

Danilo Gomes

Melhor performance porque, quando o browser começar a renderizar a página e houver referências a arquivos, ele vai dar uma pausinha para carregá-los, incorporá-los à página, fazendo uma requisição aos arquivos CSS e JS.

Lembrando que arquivos CSS e JS são facilmente cacheáveis, e existem técnicas de compressão que auxiliam muito na redução de tráfego.

Por tudo isso, disse que somente em casos extremos a performance deve ser considerada nesta escolha.
Eu, sinceramente, nunca tive essa necessidade e a considero improvável, mas já li a respeito.
Responder

09/03/2013

Joel Rodrigues

Como o Danilo disse, dificilmente haverá uma diferença "vital" em termos de performance, mas não deixa de ser algo a se analisar.
Com relação à nomenclatura, para organizar mais ainda, vale criar pastas "css" ou "estilos" e "js" ou "scripts", por exemplo, mas isso é muito pessoal. Já os nomes dos arquivos, é interessante que sejam significativos e bem organizados. Porém, os exemplos "css.css" e "js.js" se aplicam a projetos bem pequenos, onde só há uma folha de estilos e um arquivo de script. Já em projetos maiores, pode ser necessário criar mais de um css e js, aí vale a pena nomeá-los conforme suas funções.
Responder
Melhor performance porque, quando o browser começar a renderizar a página e houver referências a arquivos, ele vai dar uma pausinha para carregá-los, incorporá-los à página, fazendo uma requisição aos arquivos CSS e JS.

Lembrando que arquivos CSS e JS são facilmente cacheáveis, e existem técnicas de compressão que auxiliam muito na redução de tráfego.

Por tudo isso, disse que somente em casos extremos a performance deve ser considerada nesta escolha.
Eu, sinceramente, nunca tive essa necessidade e a considero improvável, mas já li a respeito.


muito interessante, sem duvida serão consideradas.
Responder
Como o Danilo disse, dificilmente haverá uma diferença "vital" em termos de performance, mas não deixa de ser algo a se analisar.
Com relação à nomenclatura, para organizar mais ainda, vale criar pastas "css" ou "estilos" e "js" ou "scripts", por exemplo, mas isso é muito pessoal. Já os nomes dos arquivos, é interessante que sejam significativos e bem organizados. Porém, os exemplos "css.css" e "js.js" se aplicam a projetos bem pequenos, onde só há uma folha de estilos e um arquivo de script. Já em projetos maiores, pode ser necessário criar mais de um css e js, aí vale a pena nomeá-los conforme suas funções.


como assim em projetos pequenos???
Responder

11/03/2013

Joel Rodrigues

Uma coisa é você fazer um site que contém basicamente um layout com uma folha de estilos que serve pra tudo. Outra é você desenvolver um portal, por exemplo, composto por páginas diferentes, vários componentes, situações que necessitam de folhas de estilo para cada função. Por exemplo, você tem seu arquivo CSS padrão, depois importa o da jQuery UI, aí baixa um plugin que vem com um CSS, e por aí vai.
Responder
complexo isso hein!!! hehehe

obrigado
Responder

12/03/2013

Douglas

Prefiro fora do HTML.

o código fica mais limpo e

de maneira bem organizada.
Responder

31/03/2013

José

Com certeza Css fora do html deixa o código bem mais limpo
Responder

03/07/2013

José

Olá pessoal, podemos dar este tópico por concluído ?
Responder