PAF-ECF Artigo, dúvida

25/01/2016

1

Mais uma vez! Eu tenho de montar a rotina do Vendas do Período e está um pouco complicado de entender. Estou seguindo esse artigo:

[url]http://www.devmedia.com.br/criacao-dos-arquivos-de-vendas-do-periodo-do-paf-ecf/16307[/url]

No artigo, ele diz que, este requisito gera 2 arquivos. O primeiro com essas informações:




10 – Dados do estabelecimento, do período e o tipo de arquivo;
11 – Dados complementar do estabelecimento;
60M – Registro mestre com os totalizadores da redução Z;
60A – Registro palavra proibidaítico com totalizadores por alíquotas;
60D – Resumo diário com informações do registros de mercadorias;
60I – Itens dos documentos fiscais. Este não é de preenchimento obrigatório, devendo apenas se apresentado caso solicitado pelo fisco;
61 – Registro de Movimento manual, ou seja, aqueles que não foram emitidos pelo ECF. Este é o registro a que se refere o item “C” do requisito XVII do roteiro. Para atender o roteiro, deverá ser criada uma tabela no bando de dados com os dados necessários para preenchimento deste registro, e é claro, uma tela para cadastramento destas informações;
75 – Registro com informações dos produtos ou serviços;
90 – Registro totalizador do arquivo;



Alguém sabe do que se trata?



Bloco 0 – Bloco com registros de informações do estabelecimento, dos clientes, dos produtos e outros;
Bloco C – Bloco com dados de saídas (Vendas);
Bloco H – Bloco com informações do inventário do estabelecimento;
Bloco 9 – Bloco com os totalizadores dos blocos e do arquivo;



Qualquer ajuda é bem vinda.
Responder

Posts

25/01/2016

William

Ander vc é do estado de São Paulo?
Responder

25/01/2016

Ander Linus

Não William. Pq?
Responder

25/01/2016

William

A grande maioria do estados do Brasil está passando por um processo de mudança grande se tratando de PAF-ECF, alguns estados já estão estão operando com NFC-e (Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica), em São Paulo temos o SAT CF-e (Cupom Fiscal Eletrônico).

Alguns estados ainda tem cronograma mais estendido, outros já estão bem adiantados, não sei qual é o seu estado mas pense bem antes de perder meses desenvolvendo um PAF-ECF e depois ainda pagar algo em torno de R$ 3500,00 para homologar.

Eu desenvolvi um emissor de SAT CF-e, foram 6 meses de trabalho diário, finais de semana e feriados, li várias vezes a especificação do SEFAZ.

Tive que investir uma grana e comprar um impressora Não Fiscal R$ 650,00 + um aparelho SAT R$ 400,00 + certificado e-CNPJ R$ 380,00.

No seu caso é necessário no mínimo um ECF, gira em torno de R$ 1500,00.
Responder

25/01/2016

Ander Linus

Seria para estudar, mas se for perca de tempo posso deixar de lado, nesse caso, algum material para indicar?
Responder

25/01/2016

William

Estude NFE, NFS-E, NFC-E, mas aviso isso requer leitura dobrada e vc vai ter que possuir um mínimo de conhecimento em tributações, é um porre isso é muda direto no Brasil.
Responder

25/01/2016

Ander Linus

Aqui é carnaval! Obrigado.
Responder
×
+1 DevUP
Acesso diário, +1 DevUP
Parabéns, você está investindo na sua carreira