Preciso de conselho sobre compatibilidade Delphi Vs. Kilyx

16/01/2004

2

Estou com um grande dilema: faço programas em delphi e quando quiser mudar para Linux, como estes programas ficarão?

Quero uma maneira dos fontes poderem ser compilados tanto no Windows(Delphi) quanto no Kilyx(Linux)

Obrigado


Responder

Posts

17/01/2004

Mysys

moleza
e so voce criar aplicativos CLX no Delphi depois e so copilar no kylix 100¬

agora c voce ja tem os teus programas prontos voce vai ter que migrar tudo pra CLX
meu velho da um trabalho

pega o ConvertFiles que ele faz quase tudo .....( quase )...


Responder

27/01/2004

Elias Jr

Saudações,
estou nesse mesmo barco. Adquirimos o Suse 9.0 e programo com o Delphi 5.0 Pro. Como faço para passar para CLX ou para criar novos programas com o CLX?


Responder

27/01/2004

Mysys

[quote:ec75d9734d=´Elias Jr´]Saudações,
estou nesse mesmo barco. Adquirimos o Suse 9.0 e programo com o Delphi 5.0 Pro. Como faço para passar para CLX ou para criar novos programas com o CLX?[/quote:ec75d9734d]

pra voce que ja tem os programas prontos , vai ter que migrar tudo pra CLX meu velho da um trabalho
pega o ConvertFiles que ele faz quase tudo .....( quase )...


pra criar aplicativos em CLX primeiro voce vai ter que instalar
o delphi 6 ou 7
Files/New/Aplication CLX ---- e so voce criar aplicativos CLX no Delphi depois e so copilar no kylix 100¬


acho que é isso ... um abraco


Responder

28/01/2004

Jonnymarques

Olha pessoa lamentavelmente percebi algo:

Se eu tento fazer um programa em CLX o delphi além de ter alguns bugs não há muitos componentes assim como o VCL. Além disso o ambiente windows não favorece muito, pois não posso utilizar nada deste (ex.: manipular arquivo INI).

INFELIZMENTE cheguei a conclusão que farei os programas em Delphi e quando eu precisar migrar para Linux simplesmente farei no Kilyx.

É trabalhoso: SEM DÚVIDA pois farei tudo de novo.
A única vantagem é que já terei todas as rotinas prontas.

Para aliviar estou criando uma porção de Functions assim como evito o máximo possível utilizar recursos do windows.

Obs.:
tentei programar em CLX é simplesmente uma porcaria. ?Ele não tem quase recurso nenhum. O recurso mais faltoso foi o calendário.

Por causa disto estou procurando aprender Java.

Valeu


Responder

01/02/2004

Neoramza

Desculpem minha ignorancia, mas o que vem a ser vcl e clx?


Responder

02/02/2004

Pauloroger

Voces ja viram o que o Delphi 8 faz ? ele utiliza a frame .NET e existe o Projeto Mono que é uma frame .NET p/ linux, Mac e Unix ou seja aplicativos que eu fizer em Delhi 8 usaram a maquina virtual correspondente, é por isso que rolam boatos que a Borland vai abandonar o Kylix. Poderei desenvolver tranquilo sem me preocupar com a plataforma como Java.


Responder

02/02/2004

Jonnymarques

Voces ja viram o que o Delphi 8 faz ? ele utiliza a frame .NET e existe o Projeto Mono que é uma frame .NET p/ linux, Mac e Unix ou seja aplicativos que eu fizer em Delhi 8 usaram a maquina virtual correspondente, é por isso que rolam boatos que a Borland vai abandonar o Kylix. Poderei desenvolver tranquilo sem me preocupar com a plataforma como Java.


Deixa ver se entendi.

Os fontes do Delphi 8 poderão ser utilizados para plataforma Linux sem precisar fazer alteração? é isso?


Responder

02/02/2004

Beppe

Voces ja viram o que o Delphi 8 faz ? ele utiliza a frame .NET e existe o Projeto Mono que é uma frame .NET p/ linux, Mac e Unix ou seja aplicativos que eu fizer em Delhi 8 usaram a maquina virtual correspondente, é por isso que rolam boatos que a Borland vai abandonar o Kylix. Poderei desenvolver tranquilo sem me preocupar com a plataforma como Java.


Boatos?!?! Não é mais menciona o Kylix no Borland Development Network.

Deixa ver se entendi. Os fontes do Delphi 8 poderão ser utilizados para plataforma Linux sem precisar fazer alteração? é isso?


Alíás, não precisa recompilar, se o Mono seguir a risca e entender o formato PE+ do Windows.


Responder

02/02/2004

Mysys

eu recebi um email de um colega certificado,professor e dono cursos..


.:: fulano de tal da borland ::. Vou te dar a informação OFICIAL da própria
Borland: ´nem a Borland sabe ainda o que vai fazer!!! ´. Mas garantiram que não vão
deixar os usuários na mão. Estão analisando hipóteses como uma versão Open, colocar
o compilador junto com o Delphi e outras opções. O que tem de certo, é que eles não
irão COMERCIALIZAR mais o produto, mas não abandonar. Comercialmente o produto não é
viável para a Borland, pois o pessoal do Linux, não comprou praticamente nada nas 03
versões do produto. Qquer conversa diferente disso, por enquanto é mera especulação.


Fiquem Calmos meu povo do KYLIX...... nao vamos morrer nao...


Responder

04/02/2004

Pauloroger

Trabalho junto ao Comando Militar do Sudeste, temos 23 desenvolvedores Kylix, quase todos se especialilzaram na Borlando EUA e a Borland não pensa em abandonar o Kylix, com o Delhi 8 vai ser apenas uma questão de escolha.


Responder

04/02/2004

Jonnymarques

Trabalho junto ao Comando Militar do Sudeste, temos 23 desenvolvedores Kylix, quase todos se especialilzaram na Borlando EUA e a Borland não pensa em abandonar o Kylix, com o Delhi 8 vai ser apenas uma questão de escolha.


A dúvida é a seguinte:
Questão de escolha como? Os fontes tanto poderão ser compilados no windows como no linux? é isso?

Se eu tiver um programa feito em D7 será que poderei abrir no D8 sem problemas?


Responder

05/02/2004

Marcosalex

A dúvida é a seguinte: Questão de escolha como? Os fontes tanto poderão ser compilados no windows como no linux? é isso?

No Delphi 8 não, mas a Borland está pensando em fazer isso numa futura versão do Delphi. Mas como já disseram, nem a Borland sabe ainda.

Se eu tiver um programa feito em D7 será que poderei abrir no D8 sem problemas?


Sim. Voce pode programar na VCL no Delphi 8 que ele mesmo compila para .Net. Ou então voce programa direto com as ferramentas .NET
Na revista ClubeDelphi desse mes saiu uma matéria boa sobre isso.


Responder

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais sobre o uso de cookies,
consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa política.

Aceitar