Guia de Linguagem

ASP.NET MVC


Neste Guia de Referência você encontrará o conteúdo que precisa para aprender a desenvolver aplicações web com o framework ASP.NET MVC e a linguagem C#.

Introdução

O ASP.NET MVC é um framework para desenvolvimento de aplicações web no qual podemos empregar a linguagem de programação C#. Com ele é possível criar desde simples sites estáticos até grandes portais de e-commerce e outros projetos robustos. Neste Guia de Referência você encontrará diversos materiais que lhe auxiliarão no aprendizado sobre o ASP.NET MVC.

Antes de iniciar os estudos sobre uma determinada tecnologia é importante saber o que de fato ela é e para que serve. Isso lhe ajudará a decidir se ela é realmente adequada às suas necessidades. Então, que tal começar pelos cursos abaixo?

Aqui é importante perceber que o ASP.NET MVC, como o nome sugere, se baseia no padrão arquitetural MVC (Model View Controller), amplamente empregado no desenvolvimento web:

Diagrama do padrão MVC
Figura 1. Diagrama do padrão MVC

Caso você ainda não conheça bem o MVC, ou mesmo se desejar reforçar esse conceito, sugerimos que assista ao seguinte curso:

Primeiros passos com ASP.NET MVC

Uma vez que os conceitos estejam claros, você pode conferir os materiais abaixo, que lhe introduzirão ao framework ASP.NET MVC e aos seus recursos mais básicos e fundamentais:

Acesso a dados

Normalmente as aplicações que desenvolveremos precisarão persistir e consultar informações em um banco de dados, como o SQL Server. Em projetos ASP.NET MVC geralmente utilizamos o Entity Framework para essa tarefa, um framework de mapeamento objeto-relacional que nos permite lidar com o banco de dados apenas utilizando classes e coleções na aplicação, sem a necessidade de escrever código SQL. Caso você ainda não conheça o Entity Framework, uma boa ideia é dar uma olhada no curso abaixo para que você compreenda como esse framework ORM funciona e possa utilizá-lo em seus projetos:

Já no curso abaixo você aprenderá a implementar um cadastro completo no ASP.NET MVC com Entity Framework e SQL Server. A partir do conhecimento adquirido você poderá então implementar outras funcionalidades que envolvam persistência de dados:

Razor

O Razor é o view engine do ASP.NET MVC. Com ele podemos escrever código C# nas views a fim de estruturar as páginas que serão exibidas para o usuário. Para conhecer o Razor, sugerimos a leitura do seguinte artigo:

Você deve ter percebido que o Razor é composto por diversos helpers, métodos em C# que podem ser chamados nas views e que resultam em código HTML. Para conhecer melhor o Razor você pode conferir os conteúdos abaixo, que vão lhe apresentar desde os helpers mais básicos, até a customização desses métodos:

Outro conceito importante no Razor é o de templates, que simplificam a geração do código HTML para um determinado contexto, com métodos que podem ser reutilizados sempre que um bloco de elementos HTML for necessário. Quer saber mais? É só conferir o artigo abaixo:

Validações

Aplicações web normalmente precisam lidar com a entrada de dados pelo usuário, o que normalmente ocorre por meio de formulários. Para garantir melhor usabilidade e segurança à aplicação, é importante que validações sejam realizadas. Isso impedirá que dados incorretos sejam submetidos, assim como evita a ação de usuários mal intencionados.

Esse é um assunto que levanta muitas dúvidas entre os programadores. A melhor opção é fazer validação no back-end, no front-end ou em ambos? Para abordar esse assunto, gravamos alguns DevCasts, listados a seguir:

No ASP.NET MVC essas validações normalmente são feitas por meio de Data Annotations e no front-end é empregada a biblioteca jQuery Validate, o que você poderá ver em mais detalhes nos links abaixo:

Autenticação e segurança

A autenticação é importante para assegurar que apenas usuários autorizados consigam acessar recursos restritos da aplicação. No ASP.NET MVC você pode implementar seu próprio método de autenticação ou pode utilizar o Microsoft Identity, uma biblioteca destinada a esse fim, como pode ver nos links abaixo:

Mas segurança não se resume a autenticação. Existem técnicas adicionais, como o uso de certificados SSL, que atualmente são muito importantes quando sua aplicação for publicada. Para saber mais, confira o link abaixo:

Praticando

Praticar é a melhor forma de aprender e fixar o conhecimento. Então, que tal desenvolver algumas aplicações na prática para exercitar os conceitos aprendidos? Os seguintes artigos e curso vão lhe ajudar nessa etapa:

Conteúdo extra

Aqui separamos um conteúdo adicional para que você possa aprofundar seus estudos no ASP.NET MVC. Por exemplo, os artigos abaixo lhe ajudarão no desenvolvimento de aplicações web com foco em dispositivos móveis:

Já os links a seguir trazem conteúdos ensinando a integrar o recurso de mapas em suas aplicações:

Se você trabalha com ASP.NET Core, então vai curtir o artigo abaixo, que apresenta uma biblioteca de componentes visuais que promete acelerar o desenvolvimento das suas aplicações web:

Mais sobre ASP.NET

O ASP.NET MVC é atualmente a opção sugerida para o desenvolvimento de aplicações web. No entanto, o ASP.NET contém outros "subframeworks" que você pode precisar usar na sua carreira profissional.

Nos cursos abaixo você poderá conhecer melhor o ASP.NET Web Forms e o ASP.NET SignalR. O primeiro era a solução mais adotada antes do ASP.NET MVC para criação de aplicações web, porém não implementava o padrão MVC por padrão e adotava a abordagem RAD (Rapid Application Development). Já o SignalR destina-se à construção de aplicações com funcionalidade de comunicação em tempo real, em que a comunicação entre o cliente e o servidor é bidirecional.

Ficou com alguma dúvida?