Por que eu devo ler este artigo:Este artigo apresenta o Android Studio, uma IDE muito interessante para apoiar o desenvolvimento de aplicativos para a plataforma Android. Conhecer esta IDE é interessante uma vez que ela traz uma série de facilidades disponibilizadas pela Google que irá facilitar o desenvolvimento de Apps Android, aumentando também sua produtividade.

O Eclipse foi até pouco tempo atrás o ambiente mais utilizado para o desenvolvimento de aplicativos para a plataforma Android, destacando-se pela facilidade de gerenciamento de plug-ins. Entretanto, uma nova ferramenta vem recebendo destaque e ganha adeptos a cada dia: o Android Studio.

O Android Studio é um ambiente específico para o desenvolvimento de aplicativos para a plataforma Android. Tem como base a IDE IntelliJ Community Version, dessa forma, programadores que vêm da plataforma Eclipse sentem um pouco de dificuldade para se familiarizar com o ambiente, principalmente pelas diferenças de estruturas visuais, de desenvolvimento e de teclas de atalho. Entretanto, para quem está iniciando no desenvolvimento Android, a IDE Android Studio se mostra mais didática, necessitando de menos configurações e aumentando significativamente a produtividade.

A IDE foi lançada oficialmente no evento Google I/O 2013. No final de 2014 a Google lançou a versão 1.0 do ambiente, o que incentivou seu uso até mesmo entre programadores adeptos do Eclipse.

As vantagens do Android Studio sobre outras IDEs são muitas. Por exemplo, sua interface é atraente, trazendo inúmeros recursos específicos para a plataforma Android (lembrando que ela é específica para o desenvolvimento para essa plataforma). Temos também que os recursos de autocomplete do código são um dos mais completos, pois foram agrupados os recursos do IntelliJ com os do Eclipse. Não existe a necessidade de pressionar “CTRL+Espaço” para a sugestão de preenchimento. No Android Studio a sugestão é apresentada automaticamente.

Além disso, o Android Studio é fácil de ser integrado com sistemas de controle de versão como Git e Subversion e possui um preview de layout mais robusto e rápido que o utilizado pelo Eclipse. Por fim, a IDE do Google permite a Injection Language, possibilitando que strings de outras linguagens sejam validadas pela IDE.

Para a instalação, é necessário apenas ter o Kit de Desenvolvimento Java Padrão (JDK) instalado. Para instalá-lo, caso o desenvolvedor ainda não possua, deve-se acessar a url apresentada na seção Links, clicando sobre o link referente ao JDK. Após o download do arquivo, basta proceder com a instalação padrão de acordo com o sistema operacional utilizado.

O ambiente de desenvolvimento Android é multiplataforma, ou seja, além de gratuito (o que é um ótimo diferencial para programadores e empresas que estão iniciando na plataforma), é possível baixar o ambiente para diferentes sistemas operacionais tais como Windows, Linux ou MacOS, sendo que o processo de desenvolvimento é praticamente o mesmo, independente do sistema operacional escolhido.

Instalando o Android Studio

O processo de instalação do Android Studio é muito simples. O instalador já possui todas as ferramentas necessárias. Caso seja necessária mais alguma funcionalidade, o download pode ser realizado de dentro da IDE, ...

Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo