Imprimir

 

Revista .NET Magazine 42 - Já nas bancas!

capanet42.gif

Veja o Indíce desta edição:

- Artigo: Mini-curso de AJAX – Parte 1
- Artigo: LINQ - A revolução do .NET 3.0
- Artigo: Componentes de terceiros para ASP.NET
- Artigo: Preenchendo formulários Web programaticamente
- Artigo: Criando Templates e StarterKit de projetos
- Artigo: Utilizando o Code Analysis do Visual Studio
- Artigo: Microsoft Solutions Framework
- Artigo: Dicas de GridView
- Vídeo-aula brinde: Mini curso de C# - Parte I.
- Vídeo-aula brinde: Mini curso de C# - Parte II.
- Vídeo-aula brinde: Mini curso de C# - Parte III.
- Vídeo-aula brinde: Mini curso de C# - Parte IV.
- Vídeo-aula brinde: Mini curso de C# - Parte V.
- Vídeo-aula brinde: Mini curso de C# - Parte VI.
- Vídeo-aula brinde: Mini curso de C# - Parte VII.
- Vídeo-aula brinde: Mini curso de C# - Parte VIII.
- Vídeo-aula brinde: Mini curso de C# - Parte IX.
- Vídeo-aula brinde: Mini curso de C# - Parte X.
- Vídeo-aula brinde: Mini curso de C# - Parte XI.

Se você gostou clique aqui e assine já!

Confira abaixo o resumo detalhado desta edição:

.NET Brasil

Visual Studio Orcas

Rodrigo Sendin

No último mês de maio foi lançada a primeira versão Beta do Orcas. Para quem ainda não sabe, Orcas é o codinome da nova versão do Visual Studio, que está em desenvolvimento. Caso tenha interesse em testar essa versão Beta, dê uma olhada no seguinte link: msdn2.microsoft.com/en-us/vstudio/aa700831.aspx. Nesta edição comento um pouco sobre o Orcas, incluindo o suporte ao Windows Vista, VSTO e Office 2007, LINQ e ASP.NET AJAX.

Encarando o Desenvolvedor

Eu vejo a Luz

Mauro Sant’Anna (mas_mauro@hotmail.com) é um crente de primeira hora na tecnologia SmartClient, mas que foi repetidamente traído por ela.

Na coluna deste mês, Mauro comenta sobre o SilverLight, que promete entregar as promessas do Smart Client, unindo a distribuição e alcance da Web com uma interface com usuário bem mais rica e semelhante aos aplicativos "GUI".

Mini-Curso - AJAX

Mini-curso de AJAX – Parte 1

Rogério Moraes de Carvalho

Este é o primeiro de uma série de artigos sobre ASP.NET AJAX. O objetivo deste primeiro artigo é apresentar os bastidores do AJAX, independente do framework ASP.NET AJAX da Microsoft. A idéia é fornecer uma base consistente de como trabalhar com várias das tecnologias usadas no AJAX para desenvolver uma infra-estrutura que permita criar aplicações Web mais interativas. Os artigos posteriores estarão focados nas funcionalidades do framework gratuito ASP.NET AJAX, que foi disponibilizado pela Microsoft como uma extensão ao ASP.NET 2.0. Os leitores que entenderem os conceitos apresentados neste artigo, terão um domínio maior sobre o que acontece nos bastidores do framework ASP.NET AJAX, como em qualquer outro framework AJAX. Esse conhecimento é muito importante para um maior domínio do assunto, principalmente para aqueles desenvolvedores Web que pretendem criar componentes não visuais do lado do cliente ou controles ASP.NET AJAX personalizados.

img1.jpg

.NET 3.0

LINQ - A revolução do .NET 3.0

Diego Dias

A linguagem LINQ é basicamente uma forma de unificar querys de consultas a bancos de dados, a documentos XML e consultas a coleções utilizando uma sintaxe única e muito flexível. Isso com certeza facilita muito o dia a dia do desenvolvedor, pois não é difícil encontrar pessoas que já tiveram problemas para manipular, por exemplo, um documento XML no qual alguns nodes específicos deveriam ser capturados, por não conhecerem a XPATH. O mesmo acontece com as consultas ao banco de dados e a coleções de objetos, devido não haver uma sintaxe padrão que possibilite um resultado idêntico em situações bem distintas, como nos casos mencionados. Este artigo vai abordar a LINQ em detalhes.

img2.jpg

ASP.NET

Componentes de terceiros para ASP.NET

Rodrigo Sendin

Uma frase muito dita no meio do desenvolvimento de software é Não Reinventar a Roda. É uma máxima que prega essencialmente a reutilização. Ou seja: Se alguém já fez isso e eu posso reutilizar, por que vou perder meu tempo fazendo de novo? Neste artigo exploraremos alguns componentes ASP.NET oferecidos por outras empresas (não Microsoft). Existem várias empresas que vendem (e até oferecem gratuitamente) componentes para ASP.NET. São componentes que obviamente realizam funções que não temos nos componentes nativos da plataforma. Entre eles veremos o ASPNetVideo, FreeTextBox e ASPxGrid.

img3.jpg

img4.jpg

img5.jpg

Boa Idéia

Preenchendo formulários Web programaticamente

Guinther Pauli

É muito fácil usar SOAP para trocar dados em XML ou usar serviços de sistemas rodando em diferentes plataformas. Mas e quando o XML e SOAP ficam de fora, como você faria para obter informações e trocar dados com um sistema baseado somente em páginas? No artigo que o autor preparou para esta edição, mostra uma interessante técnica para permitir a obtenção de dados a partir de páginas Web, fazendo requisições HTTP programaticamente.

img6.jpg

img7.jpg

Visual Studio

Criando Templates e StarterKit de projetos

Thiago Miranda

Os desenvolvedores de software deparam-se frequentemente com o termo "produtividade". A maioria das empresas, objetivando satisfazer bem seus clientes, busca agilizar o desenvolvimento reduzindo sempre que possível o tempo de produção, sem perder é claro a qualidade. Diante desse cenário, venho demonstrar como podemos criar nossos próprios templates e StarterKits de projetos, usando o Visual Studio 2005, favorecendo a rapidez, no que tange o desenvolvimento de novas soluções. Antes de começar nosso exemplo, vou descrever os conceitos sobre os objetos de trabalho que aprenderemos neste artigo.

img8.jpg

Visual Studio

Utilizando o Code Analysis do Visual Studio

Penihel Roosewelt

O Visual Studio Code Analysis é uma ferramenta que verifica o código validando a conformidade com o Microsoft .NET Framework Design GuideLines (msdn2.microsoft.com/en-us/library/ms229042.aspx). É uma ferramenta que permite fazer um "check-up" no seu código-fonte, verificando regras de design, uso correto de padrões, detecta ainda problemas como performance, segurança e outros. Este artigo mostra o CA na prática.

img9.jpg

Projeto/Análise

Microsoft Solutions Framework

Fábio Camara

Neste artigo, veremos o que é Microsoft Solutions Framework (MSF), faremos um comparativo do MSF vs 3 e 4 os princípios de desenvolvimento Ágil.

Mão na Massa

Dicas de GridView

Luciano Pimenta

Desde a minha primeira experiência com o ASP.NET, um dos controles que mais utilizei foi o Grid, pela sua facilidade em mostrar os dados no formato de tabela. Primeiramente, usei o DataGrid da versão 1.x do .NET Framework e agora o GridView para o .NET 2.0. A primeira idéia de quem começa com ASP.NET é fazer aplicações Web iguais a aplicações Desktop, mas claro nem tudo é possível. Especificamente, em relação ao Grid, adicionar imagens, controles e formatações de acordo com determinado campo, são as primeiras funcionalidades que desejamos. O DataGrid é muito customizável, mas o GridView trouxe muito mais facilidades ao desenvolvedor, como inserção, atualização, exclusão e seleção de dados, de forma muito simples. Neste artigo, veremos algumas dicas úteis para a utilização desse controle para customizá-lo em suas aplicações Web.

img10.jpg

Autor: Pedro Bajotto Filho
Título: Mini curso de C# - Parte I.
Tempo: 12:06 min
Mini Resumo: Esta video-aula traz um mini-curso de C#, tratando das funções básicas da linguagem.
Tecnologias utilizadas: Visual Studio 2005 e C#.
Exemplos construídos: Aplicação ConsoleApp.
Palavras chaves: C#, mini curso, Visual Studio 2005.

img11.jpg

Autor: Pedro Filho
Título: Curso de C# - Parte II.
Tempo: 11:01 min.
Mini resumo: Neste vídeo o autor apresenta mais uma aula sobre a introdução a linguagem C#.
Tecnologias utilizadas: Visual Studio 2005 e C#.
Exemplos construídos: Atribuição e leitura de váriaveis.
Palavras chaves: C#, váriaveis, Visual Studio 2005.

img12.jpg

Autor: Pedro Filho
Título: Curso de C# - Parte III.
Tempo: 12:10 min.
Mini resumo: Esta video aula traz um mini-curso de C#, tratando das funções básicas da linguagem. O autor mostra como trabalhar com rotinas de condição (if).
Tecnologias utilizadas: Visual Studio 2005 e C#.
Exemplos construídos: Aplicação ConsoleApp.
Palavras chaves: C#, váriaveis, Visual Studio 2005, if.

img13.jpg

Autor: Pedro Filho
Título: Curso de C# - Parte IV.
Tempo: 11:29 min.
Mini resumo: Esta video aula traz um mini-curso de C#, tratando das funções básicas da linguagem. O autor mostra como trabalhar com rotinas switch.
Tecnologias utilizadas: Visual Studio 2005 e C#.
Exemplos construídos: Aplicação ConsoleApp.
Palavras chaves: C#, Váriaveis, Visual Studio 2005, switch.

img14.jpg

Autor: Pedro Filho
Título: Curso de C# - Parte V.
Tempo: 12:39 min.
Mini resumo: Esta video aula traz um mini-curso de C#, tratando das funções básicas da linguagem. O autor mostra como trabalhar com rotinas com laços (for).
Tecnologias utilizadas: Visual Studio 2005 e C#.
Exemplos construídos: Aplicação ConsoleApp.
Palavras chaves: C#, for, Visual Studio 2005, laço.

img15.jpg

Autor: Pedro Filho
Título: Curso de C# - Parte VI.
Tempo: 13:14 min.
Mini resumo: Esta video-aula traz um mini-curso de C#, tratando das funções básicas da linguagem. Nesta aula, demonstrando o uso básico de tratamento de exceções (Exception).
Tecnologias utilizadas: Visual Studio 2005 e C#.
Exemplos construídos: Aplicação ConsoleApp.
Palavras chaves: C#, for, Visual Studio 2005, exception.

img16.jpg

Autor: Pedro Filho
Título: Curso de C# - Parte VII.
Tempo: 16:52 min.
Mini resumo: Esta video-aula traz um mini-curso de C#, tratando das funções básicas da linguagem. Nesta aula, demonstrando o uso de arrays e ArrayList.
Tecnologias utilizadas: Visual Studio 2005 e C#.
Exemplos construídos: Aplicação ConsoleApp.
Palavras chaves: C#, array, Visual Studio 2005, ArrayList.

img17.jpg

Autor: Pedro Bajotto Filho
Título: Curso de C# - Parte VIII.
Tempo: 11:18 min.
Mini resumo: Esta video-aula traz um mini-curso de C#, tratando das funções básicas da linguagem. Nesta aula, demonstrando o uso de Listas (List<>).
Tecnologias utilizadas: C#, Visual Studio 2005 e .NET 2.0..
Exemplos construídos: Aplicação ConsoleApp.
Palavras chaves: Flash, ASP.NET 2.0, Visual Studio 2005, User Control.

img18.jpg

Autor: Pedro Bajotto Filho
Título: Curso de C# - Parte IX.
Tempo: 11:23
Mini resumo: Esta video-aula traz um mini-curso de C#, tratando das funções básicas da linguagem. Nesta aula, demonstrando o uso de Cast e Boxing.
Tecnologias utilizadas: C#, Visual Studio 2005 e .NET 2.0.
Exemplos construídos: Aplicação ConsoleApp.
Palavras chaves: Flash, ASP.NET 2.0, Visual Studio 2005, User Control.

img19.jpg

Autor: Pedro Bajotto Filho
Título: Curso de C# - Parte X.
Tempo: 14:44
Mini resumo: Esta video aula traz um mini-curso de C#, tratando das funções básicas da linguagem. Nesta aula, é demonstrando a criação de classes para posterior instanciamento.
Tecnologias utilizadas: C#, Visual Studio 2005 e .NET 2.0.
Exemplos construídos: Aplicação ConsoleApp.
Palavras chaves: C#, Visual Studio 2005, classes, tutorial.

img20.jpg

Autor: Pedro Bajotto Filho
Título: Curso de C# - Parte XI.
Tempo: 18:19
Mini resumo: Esta video aula traz um mini-curso de C#, tratando das funções básicas da linguagem. Nesta aula é demonstrando o instanciamento e conceitos básicos de Orientação a Objetos.
Tecnologias utilizadas: C#, Visual Studio 2005 e .NET 2.0.
Exemplos construídos: Aplicação ConsoleApp.
Palavras chaves: C#, Visual Studio 2005, classes, tutorial.

img21.jpg