De que se trata o artigo:

Nesta segunda parte do artigo sobre o Eclipse RCP, passaremos à implementação do autômato celular Jogo da Vida. Para isso, descreveremos todas as etapas da construção desse programa-exemplo, e a partir dos passos mostrados aqui, o leitor será capaz de criar uma aplicação desktop com o uso desta rica plataforma.

Em que situação o tema útil:

No desenvolvimento de aplicações RCP em linguagem Java e com suporte nativo aos componentes de interface com o usuário. Isso permite o desenvolvimento de aplicações mais rápidas e com desempenho superior.

Resumo DevMan:

Este artigo guiará o leitor em todas as fases de codificação e configuração de uma aplicação exemplo utilizando a plataforma Eclipse RCP. O programa a ser criado é o autômato celular Jogo da Vida. Trata-se de um simulador baseado em um modelo matemático comentado na primeira parte deste artigo. Ao finalizar a leitura, você será capaz de criar uma aplicação desktop através do Eclipse RCP.
Autores: José Pinto de Oliveira Jr e Welington Matias

Na Easy Java Magazine de número 11, onde publicamos a primeira parte deste artigo, apresentamos alguns conceitos a respeito das ferramentas de desenvolvimento RCP. Naquele texto, mostramos ao leitor um pouco do histórico e das características desse tipo de plataforma, tendo como foco o mais poderoso deles, o Eclipse RCP. Assim, procuramos descrever todos os aspectos relacionados à estrutura e criação de um plugin através dessa plataforma.

Nesta segunda parte prosseguiremos o desenvolvimento de nossa aplicação exemplo, o autômato celular Jogo da Vida, cujas características também foram abordadas no primeiro artigo. Agora, trataremos de sua construção propriamente dita.

Neste contexto, vamos orientar o leitor em cada etapa da criação de seu primeiro programa gerado a partir do Eclipse RCP. Analisaremos desde as listagens de código até as configurações finais, que permitirão ao autômato celular ser executado dentro e fora do ambiente de desenvolvimento.

A Construção

Para construirmos o nosso autômato celular, precisamos incluir o arquivo AutomatoView.java, apresentado na Listagem 1. Esse arquivo implementa a interface org.eclipse.ui.IViewPart, responsável por definir qualquer visualizador (view) que viermos a criar no Eclipse RCP. Além da implementação da interface, usamos o ponto de extensão org.eclipse.ui.views. Assim procedemos para fazer o registro (no arquivo plugin.xml) da implementação da view, para que ela possa estar integrada ao ambiente de execução da aplicação RCP. Se esse registro não for feito, o visualizador criado não estará disponível na execução da aplicação. Esse visualizador mostrará, graficamente (ou seja, em uma janela de exibição), o autômato celular sendo simulado.

...
Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo