Artigo do tipo Teórico
Recursos especiais neste artigo:
Conteúdo sobre Planejamento.
Gestão Ágil de Projetos com RUP e SCRUM
A escolha do ciclo de vida é a questão mais importante para o desenvolvimento de projetos, talvez escolher simplesmente a abordagem e não explorar o modelo de ciclo de vida adequadamente pode colocar tudo a perder dentro de um projeto de desenvolvimento de software.

Este artigo traz justamente esta discussão entre o RUP (Rational Unified Process) e o SCRUM, demonstrando o potencial das duas abordagens e como é possível trabalhar com os mesmos em conjunto, explorando ainda mais os benefícios de cada um e aumentando a chance de sucesso nos projetos de desenvolvimento de software.

Em que situação o tema útil
Este artigo útil no momento em que uma equipe de desenvolvimento de software se encontra em dúvida em escolher qual a melhor abordagem a ser trabalhada para um projeto desta natureza, se é melhor uma abordagem formal ou uma abordagem ágil, ou se é melhor utilizar as duas abordagens de forma complementar.

A indústria de software brasileira é uma referência global, exportando produtos e recursos humanos de altíssima qualidade para países do mundo inteiro. Entretanto, desenvolver software ainda é um grande desafio, mesmo com a engenharia de software com seus mais de 30 anos de existência. Ainda assim, nos deparamos com sérios problemas, os quais vão desde mudanças dos requisitos ao longo do desenvolvimento até a escolha da melhor estratégia de desenvolvimento a partir da definição do melhor modelo de ciclo de vida a ser adotado para o desenvolvimento do projeto.

A área de tecnologia, apesar de sua posição estratégica, ainda é bastante criticada pelas áreas usuárias, principalmente pelo atraso em projetos, estouro em orçamentos e escopos mal definidos, coexistindo, portanto um abismo entre estes dois mundos, dificultando ainda mais o adequado alinhamento dos projetos de software com o negócio das organizações. Os gráficos que serão analisados aqui demonstram claramente o quanto o desenvolvimento de software ainda está longe da excelência e que uma das maiores causas do fracasso em projetos de software está nas mudanças de requisitos, algo que nos remete imediatamente também à escolha inadequada da estratégia de desenvolvimento para execução dos projetos.

Segundo pesquisa realizada pelo Standish Group em diversas empresas do mundo, apenas 37% dos projetos de software atendem as expectativas dos envolvidos, 42% dos sistemas não funcionam como planejado e 21% fracassam totalmente, 57% dos sistemas são entregues com defeitos conhecidos, 68% dos projetos são entregues com atraso e 50% custam mais do que o planejado (ver Figuras 1 e 2).

Figura 1. Gráfico de avaliação do sucesso em projetos de Software.

Figura 2. Gráfico de avaliação do sucesso em projetos de TI.

Já em pesquisa realizada no Brasil pela Maturity Research, a mesma demonstra que 46% dos projetos de TI são completamente ou parcialmente fracassados e que a maior causa de falha encontra-se em mudança de escopo e falta de comprometimento das áreas envolvidas, conforme podem ser visto na Figura 3.

Figura 3. Gráfico de causas de fracasso em projetos.

...
Quer ler esse conteúdo completo? Seja um assinante e descubra as vantagens.
  • 473 Cursos
  • 10K Artigos
  • 100 DevCasts
  • 30 Projetos
  • 80 Guias
Tenha acesso completo